Seminário Internacional “As Mulheres e suas bibliotecas pessoais no contexto do patrimônio bibliográfico"

Seminário Internacional “As Mulheres e suas bibliotecas pessoais no contexto do patrimônio bibliográfico"

presencial Museu Carlos Costa Pinto - Salvador - Bahia - Brasil

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

20º Congresso Brasileiro de Bioinformática: X-Meeting 2024

Terça-Feira, 11 de Junho

Salvador, BA

Evento online

III Fórum Online de Educação, Meio Ambiente e Sustentabilidade

Quarta-Feira, 8 de Maio

1º Congresso Multidisciplinar de Saúde e Bem-Estar

Quarta-Feira, 28 de Agosto

São Luís, MA

XX Congresso Brasileiro de Nefrologia Pediatrica

Quarta-Feira, 1 de Maio

Cuiabá, MT

{{'Receba_os_melhores_eventos_da_sua_area' | translate}}

{{'Receber_eventos' | translate}}

Sobre o evento

A Bibliofilia possui uma definição muito simples e singela: amor aos livros. O que variará são algumas das formas como são constituídas as bibliotecas, o que dependerá fundamentalmente do bolso do(a) titular. Pelo menos desde o século XVII esses personagens, ou seja, os bibliófilos, são documentados, embora Petrarca (1304-1374) tenha sido um deles. Seja como for, ainda hoje é um campo associado ao homem. As mulheres, mormente no século XIX, passaram a ser objeto de construções narrativas negativas, muitas vezes associadas ao conjunto de pragas que poderiam atacar uma coleção. Uma pesquisa rápida e meramente empírica demonstra a escassez de pesquisas sobre mulheres e suas bibliotecas pessoais, que, quando muito, estão associadas à curiosidade, no sentido mais simples possível. Essa imagem precisa mudar na mesma proporção que o papel da mulher tem mudado na sociedade ocidental nos últimos dez anos. 


Se nos estudos prosopográficos sobre escritores, para tomar um exemplo, estudar suas bibliotecas é quase condição sine qua non, para compreender suas trajetórias de vida e/ou perfil de suas obras, isso ocorre ainda de forma tímida com as mulheres. Ainda que sendo ou não personalidades públicas, o mergulho num conjunto bibliográfico formado por uma mulher pode revelar diversos aspectos desconhecidos, até mesmo de uma micro-história pouco explorada. 


Esse Seminário Internacional visa lançar luz sobre um assunto que raramente vemos posto na academia, ou seja, as bibliotecas de mulheres. O tema será tratado sob três eixos: no primeiro eixo teremos a apresentação de Margarida Ballalai de Carvalho Costa Pinto (1895 - 1979); o segundo eixo refere-se à abordagem de bibliotecas cujas titulares são mulheres; já o terceiro eixo, refletirá sobre a importância da preservação, incluindo a não dispersão, desse patrimônio bibliográfico para pesquisas em determinadas áreas do conhecimento, como Letras e História. 


Qual tem sido o destino dessas coleções? Será que estão recebendo o devido valor? Como uma biblioteca pode ser estudada como conjunto e a partir de um item? Qual o perfil das titulares e de suas bibliotecas?  Essas e outras questões serão o mote de debate ao longo de três dias, nos quais vamos reunir pesquisadores e pesquisadoras que abordarão a trajetória de algumas mulheres e as peculiaridades de suas bibliotecas; a história e o perfil da biblioteca de Dona Margarida Costa Pinto e, por fim, a necessidade e importância da preservação de bibliotecas de mulheres nos sentidos lato e strictu.

Modalidade de evento

O evento será híbrido.

O que isso quer dizer?

Alguns palestrantes estarão presencialmente e outros não.

O público poderá participar, ao vivo, mediante inscrição, no local ou remotamente.



Todo ele será gravado e disponibilizado integralmente no canal do Youtube do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Patrimônio Bibliográfico e Documental. Clique aqui para conhecer o canal. Se inscreva no canal e ative o sininho para ser avisado.


Período

Dia 1 de dezembro de 2022: das 08h00 às 19h00.

Dia 2 de dezembro de 2022: das 09h00 às 13h00.

Dia 3 de dezembro de 2022: das 09h00 às 19h00.

Sobre o fruto das inscrições

O valor das inscrições e doações serão destinados à criação do Centro de Memória Dona Margarida Costa Pinto.

Para outros valores além dos indicados abaixo, 

favor contatar: museuccp@gmail.com 

Agradecemos.


Inscrições

{{'Label_CodigoPromocionalAplicadoComSucesso' | translate}}
{{'Label_Presencial' | translate}} {{'Label_Online' | translate}} {{'Label_PresencialEOnline' | translate}}

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}} {{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}  

{{entrada.valorComDesconto | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Formulário de interação público-palestrantes

Clique aqui.

Programa Preliminar.

Conheça aqui.

Organização e realização

       


  












Apoio



.          




















Apoio Financeiro


Comissão Organizadora




Fabiano Cataldo de Azevedo 

(Bibliotecário. Doutor em História Política.

Líder do GEPPBD/UFBA/ICI/DDI/CERL)



Mabel Meira Mota 

(Arquivista. Doutora em Letras. UFBA/ICI/DFPI/GEPPBD)



Simone Trindade 

(Museóloga. Doutora em História da Arte.

Museu Carlos Costa Pinto/GEPPBD)

Conheçam nossos Instagram's

.                            

               

                          @patrimoniobibdoc                                                    @museucostapinto

Material Gráfico


Marli Gaspar Bibas (GEPPBD)

Local do Evento

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}