Polarização e retrocesso democrático na América Latina

Polarização e retrocesso democrático na América Latina

online Este é um evento online

Sobre o evento

Ementa: Nos anos recentes, diferentes países da região têm vivenciando crescente polarização política e social. Ainda que tenham origens distintas em cada país, esse cenário favorece o surgimento de práticas não democráticas e pode levar ao retrocesso democrático ou até mesmo autocratização. Brasil, Chile, Peru, Colômbia, Venezuela, Nicarágua, Bolívia e México passam por processos de polarização distintos, mas correm o risco de enfrentar consequências semelhantes. Assim, este curso tem por objetivo introduzir o conceito de polarização perniciosa, observar suas causas, e entender riscos à democracia em cada país.

Objetivos: Entender as causas e os processos de polarização recentes e as consequentes crises das democracias em países da região como Brasil, Chile, Peru, Colômbia, Venezuela, Nicarágua, Bolívia, México. Analisar em que medida sistemas democráticos vêm sendo erosionados pela crescente polarização e qual o papel das instituições em conter esse processo. Pensar possíveis cenários para cada um desses países.

Formato: Seis aulas realizadas por plataforma online – duração de duas horas cada. Aulas expositivas sobre o conteúdo selecionado para cada seção – com bibliografia selecionada e enviada com antecedência à turma. Realização de debate aberto, ao final de cada aula, incentivando a participação e reflexão por parte dos alunos. Na última aula, palestra sobre visão de dentro do Estado sobre as consequências da polarização e do processo de ruptura democrática no funcionamento das organizações.

Marsílea Gombata é pesquisadora de pós-doutorado no Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI-USP), onde investiga em que circunstâncias a polarização leva ao retrocesso democrático no Brasil, Peru e Chile. É pesquisadora do Centro de Pesquisa em Relações Internacionais (NUPRI) da Universidade de São Paulo, onde é responsável pela área de pesquisa sobre América Latina. Ela concluiu seu doutorado em 2020 no Departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo. Como parte de sua tese, realizou um extenso trabalho de campo na Venezuela sobre a evolução do sistema político sob o chavismo (os governos de Hugo Chávez e Nícolás Maduro). Juntamente com colegas do Peru e do Canadá, realiza pesquisas sobre a resposta à crise da covid-19 no Brasil e no Peru.

Para mais informações sobre este curso e outras atividades do Laboratório Social, acesse: https://laboratoriosocial.com.br

Inscrições

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}