IX Simpósio Internacional de Música na Amazônia SIMA 2023 - Práticas Musicais do Sul Global suas Ecologias

IX Simpósio Internacional de Música na Amazônia SIMA 2023 - Práticas Musicais do Sul Global suas Ecologias

online UFMT - Cuiabá - Mato Grosso - Brasil
presencial Com transmissão online

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

Evento online

II Simpósio Brasileiro de Biogeografia

Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

V CIHPN

Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Brasília, DF

20º Congresso Brasileiro de Bioinformática: X-Meeting 2024

Terça-Feira, 11 de Junho de 2024

Salvador, BA

Ayla Schafer - Tour Brasil - São Paulo - 21/12

Quinta-Feira, 21 de Dezembro

São Paulo, SP

{{'Receba_os_melhores_eventos_da_sua_area' | translate}}

{{'Receber_eventos' | translate}}

AVISOS IMPORTANTES!!!
1 - Após realizar sua inscrição, vá a sua página do Even3 e realize a inscrição no minicurso de sua preferência para obtenção de certificado que será gerado após o evento;
        2 - HORÁRIO DE CUIABÁ - GMT-4

IX Simpósio Internacional de Música na Amazônia SIMA 2023

Práticas Musicais do Sul Global suas Ecologias

Convidamos pesquisadores e alunos a participarem da nova edição do Simpósio Internacional de Música na Amazônia (SIMA). O SIMA é realizado desde 2010 em universidades brasileiras da região amazônica. As edições anteriores ocorreram na Universidade Federal do Acre e Instituto Federal do Acre (2010 e 2013), Universidade Federal do Amazonas e Universidade do Estado do Amazonas (2014), Universidade Federal de Rondônia (2015), Universidade Federal do Pará (2016), Universidade Estadual do Amapá (2017), Instituto Federal do Acre e Universidade Federal do Acre (2019) e Universidade Federal de Roraima (2021). O IX SIMA ocorrerá entre 03 e 05 de outubro de 2023, em formato presencial, sendo organizado e sediado pelo Departamento de Artes da Universidade Federal de Mato Grosso.

O evento será gratuito para os participantes. Não será cobrada taxa de inscrição. A grande maioria das atividades será presencial. Haverá uma seção remota de trabalhos e apresentações artísticas em vídeo pré-gravado para os(as) inscritos(as) que não puderem comparecer presencialmente a Cuiabá durante o evento.

Para esta edição do SIMA a temática escolhida é Práticas Musicais do Sul Global e suas Ecologias. O SIMA tem como característica de sempre ser um evento sediado dentro da Amazônia Legal e, por esta razão, a ênfase em questões de ecologia e especificamente sobre ecologia sonora, tema que está constantemente em debate na nossa sociedade e na sociedade internacional. As questões relacionadas ao Sul Global refletem a ênfase do evento nas questões locais.

Nos tempos atuais presenciamos uma tensão entre o “global” e o “local”, que coexistem simultaneamente e nos mesmos espaços. O global está relacionado aos fluxos e projetado pela virtualidade e conexões em rede, enquanto os lugares remetem à experiência local das pessoas, enraizadas em sua cultura e história (Castells, 2017). Enquanto o fluxo é “atemporal” e não localizado em nenhum lugar específico, o local é temporal e espacial, pessoal e político, coberto de camadas de histórias humanas e memórias, possuindo tanto largura quanto profundidade em relação a conexões, envolvimentos e acontecimentos (Lippard, 1997).

A exploração desta temática nas propostas deste ano é desejada, ainda que serão aceitas propostas ligadas a outros temas dentro das subáreas do evento.

Nesta edição, o SIMA contará com sessões específicas do Sepem (Seminários de Práticas de Ensino em Música). O Sepem é um evento anual realizado pela UFMT e organizado pela Coordenação de Estágio Supervisionado em Educação Musical, com enfoque em conceitos da pedagogia musical e no trabalho realizado durante o Estágio Curricular Supervisionado.

Inscrições

{{'Label_CodigoPromocionalAplicadoComSucesso' | translate}}
{{'Label_Presencial' | translate}} {{'Label_Online' | translate}} {{'Label_PresencialEOnline' | translate}}

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}} {{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}  

{{entrada.valorComDesconto | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Cronograma

Envios dos trabalhos – 20 de março a 16 de julho de 2023

Resultado – 14 de agosto de 2023

Envio da versão final pelos autores e inscrições – até 11 de setembro de 2023

Publicação da programação – a partir de 11 de setembro de 2023

Data do evento – 03 a 05 de outubro de 2023

Atividades (Sujeito a alterações)

{{item.titulo}}
{{item.horaInicio}}-{{item.horaFim}}
Calendar

Arquivos para Download

Programação

Tabela resumida


Programas dos Concertos

Concerto 1 (online) - 03 de outubro de 2023 - 19h - Link do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=pB-zOIWoF54&ab_channel=Artes-UFMT

Concerto 2 (presencial) - 04 de outubro de 2023 - 19h (FCA AUDITÓRIO 2 BD)

Concerto 3 (presencial) - 05 de outubro de 2023 - 19h (FCA AUDITÓRIO 2 BD)


Lista de Comunicações - SIMA e Sepem

Comunicações - SIMA e Spem

Comunicações

SIMA 2023


Terça-feira 03/10 13h - Mediação: Marcello Messina

1. Asthmatour (1971) de Gilberto Mendes (1922-2016): história, práticas interpretativas e percurso de preparação da obra em contexto de ensino de performance na Universidade. Ana Paula Gabriel - performance musical

2. À DERIVA de Marisa Rezende: relato do estudo de primeira obra contemporânea. Bárbara Sales de Holanda - performance musical

3. O desenho como ferramenta de construção da performance musical: interpretação como processo criativo. Giovanna Lellis Airoldi - performance musical


Quarta-feira 04/10 13h - Mediação: Anselmo Guerra

1. A aplicação do pensamento transdutivo na atividade composicional. Leon Steidle - práticas criativas

2. Graus de indeterminação na peça Construção II. Ícaro Aranguez Sleifer - práticas criativas

3. Ela não é a mesma esta noite: Uma análise de Not myself tonight de Christina Aguilera. Ramon Souza Farias - etnomusicologia


Quinta-feira 05/10 13h - Mediação: Ana Paula Gabriel

1. Música sintrópica: ecologia e valorização do local. Sergio Leal - musicologia

2. As negociações discursivas da viola de cocho na hiperculturalidade: Justaposições, profanações e hibridismos. Sidnei Duarte - etnomusicologia

3. Percursos e Problemas da Arte-Educação no Brasil. Fernando Vieira da Cruz - educação musical



SEPEM 2023 - Seminários de Práticas de Ensino em Música da UFMT


04/10/2023 17:30 Mediação: Samuel Barros

1. Composição de peças didáticas para o estudo da música pós-tonal no trompete - Jader Evangelista

2. Ensino de editoração de partituras: Projeto de extensão trilhas para vídeos - Chrystian Matos Gomes

3. Cisão entre mente e corpo na performance musical e suas consequências práticas - Ana Campos

4. Mudança na forma da música erudita europeia durante o século XX e suas implicações na análise musical - Danimar da Silva


05/10/2023 17:30 Mediação: Sidnei Duarte

1. Prática de ensino de música no ciclo estadual do ensino médio - Jair Filho

2. Estágio docência no projeto de extensão Música com Crianças da UFMT - Basílio Lopes e Taís Helena Palhares

3. Relato de experiência: ensino de piano em grupo no projeto de extensão Emus - Queila Guimarães e Carlos Tanasi

4. Análise musical do espetáculo Encardidos - Lysabeth Alencar

Palestrantes

{{item.nome}}

{{item.nome}}



Submissões

PUBLICAÇÃO DOS TRABALHOS


Serão publicados os trabalhos que forem apresentados durante o evento, com ao menos um dos autores inscrito no evento.

 

Formato dos trabalhos escritos

Os textos devem ser escritos em português ou espanhol, conforme o modelo disponível no portal do evento (https://eventosacademicos.ufmt.br/index.php/sima/). Os artigos deverão ter de 5 a 10 páginas, incluindo as referências e as ilustrações. As pesquisas em andamento ou em fase inicial devem ser submetidas como resumos (2500 caracteres incluindo espaços), conforme o modelo disponível no portal do evento (https://eventosacademicos.ufmt.br/index.php/sima/). Todas as submissões de texto devem ser feitas como documento Word.

Modelos para submissões e outras informações disponíveis no Portal SIMA: https://eventosacademicos.ufmt.br/index.php/sima/

Para as submissões, primeiramente é necessário fazer cadastro no Portal SIMA através deste link: https://eventosacademicos.ufmt.br/index.php/sima/ixsima/login

 

Subáreas
As submissões devem ser anônimas e podem ser enviadas dentro das cinco subáreas propostas no IX SIMA 2023. A chamada contempla pesquisas concluídas ou em andamento, relatos de casos e discussão das práticas musicais em múltiplos contextos culturais. Os trabalhos deverão trazer contribuições novas e devem incluir revisões de práticas já desenvolvidas. Os textos podem focar a descrição, a discussão e a análise de metodologias do fazer musical; incluindo abordagens técnico-interpretativas ou pedagógico-musicais, aspectos teóricos e práticos dos processos criativos ou a preservação da memória cultural.

1 - Educação Musical: a subárea de educação musical abarca a descrição, a discussão e a análise de metodologias, processos e métodos de ensino; as abordagens técnico-interpretativas e pedagógico-musicais; as discussões sobre aspectos teóricos e práticos de diversas metodologias e didáticas aplicadas nos diversos contextos de ensino; além de textos que buscam preservar as memórias e biografias de educadores musicais da região amazônica. Recomenda-se que os textos sobre abordagens com base tecnológica sejam encaminhados à subárea Práticas Criativas.

2 - Etnomusicologia: os trabalhos cujo interesse primeiro seja a produção musical de grupos ou das populações de tradição oral, tradicionais, populares ou de nichos/guetos contra-hegemônicos - com uso de ferramentas metodológicas que transcendam a partitura, tais como análises sociológicas, antropológicas ou etnológicas - serão encaminhados à subárea Etnomusicologia.

3 - Musicologia: Contempla trabalhos de cunho musicológico que tenham por objeto: (a) obras de compositores outros que não o autor da comunicação; (b) sistemas teóricos em música, e/ou; (c) técnicas e procedimentos de análise. Compreende estudos históricos ou historiográficos, teóricos e analíticos, epistemológicos, filológicos, arquivísticos, lexicográficos, organológicos, iconográficos, estéticos, filosóficos e afins. Sugere-se que trabalhos cujo objeto sejam obras de autoria do proponente sejam encaminhados à subárea de Práticas Criativas; que trabalhos de análise que objetivem um enriquecimento do processo de interpretação musical sejam encaminhados à subárea de Performance Musical; e que abordagens de cunho sobretudo sociológico, antropológico ou etnográfico sejam encaminhadas à subárea de Etnomusicologia.

4 - Performance Musical: trabalhos na subárea de performance musical deverão abordar questões relativas à interpretação musical, ensino e/ou ensino-aprendizagem de performance, o espaço da performance na universidade, performance musical como investigação artística, relação entre performance e apreciação, ou relações entre performance e o corpo (p. ex., cinesiologia).

5 - Práticas Criativas: esta área abrange duas possibilidades:

a)   Trabalhos sobre as diversas manifestações criativas, incluindo composição instrumental e eletroacústica, arte multimídia e outros formatos envolvendo áudio, música ubíqua, computação musical.

b)  Propostas que envolvam tecnologia em outros campos da prática musical como musicologia, educação musical ou performance. Nesses casos, as propostas devem focar no estudo e apresentação do(s) objeto(s) (ferramenta) elaborado(s) e não prioritariamente nos dados, discussões ou conclusões das análises musicológicas, estratégias de ensino e interpretações musicais realizadas por meio das ferramentas.

  


SUBMISSÕES ARTÍSTICAS

  

As propostas encaminhadas poderão ser de obras autorais (inéditas ou não) ou de terceiros, independentemente da data de criação (ver, adiante, critérios de avaliação). As apresentações artísticas terão no máximo 10 minutos. Eventualmente podem ser consideradas propostas de maior duração quando devidamente justificadas. As obras selecionadas serão divulgadas no portal do SIMA e nos anais do evento. O texto a ser publicado nos anais incluirá uma nota de programa, e uma descrição técnica sobre a obra de até 2 páginas.

Haverá um grupo instrumental (ensemble) residente no IX SIMA 2023, com a seguinte instrumentação:

5 flautas doce, Clarinete em Sib, Violão, Violoncelo, Piano e Vibrafone.

No caso de submissão de obras para o ensemble, serão aceitas peças inéditas ou compostas a partir de 2020 para qualquer combinação dentro da instrumentação informada. As submissões deverão ser anônimas serão avaliadas pela comissão artística do evento. 

  

Formato de Submissão de Propostas Artísticas

As propostas artísticas devem ser enviadas através do sistema de submissão e devem conter as seguintes informações:

 
01. Título da proposta

02. Intérpretes

03. Autoria da obra (caso haja autor)

04. Ano de elaboração da obra. (indicar se a proposta já foi executada anteriormente e em que circunstâncias).

05. Formação e meios de execução (instrumentos e equipamentos necessários)

06. Duração da obra

07. Partitura (em pdf, quando disponível)

08. Áudio e/ou vídeo da obra, quando disponível (link para GoogleDrive, Dropbox, WeTransfer, etc.). O link deve estar ativo até a data de término do período de avaliação de propostas.

09. Nota de programa (até 150 palavras).

10. Descrição técnica do trabalho, para compor os anais do evento (até 2 páginas).

11. Duração máxima das obras de 10 minutos.  

 

Detalhes técnicos

Mídias: vídeo: formatos .mp4 ou .mov, com resolução máxima Full HD (1920 × 1080). Não há resolução mínima, mas o vídeo deve apresentar ao menos qualidade razoável de gravação.

Áudio: formatos mp3 (igual ou acima de 256kbps).


Para baixar a chamada de trabalhos completa, clique aqui.

Para baixar o template, clique aqui.

Para baixar o template das submissões artísticas, clique aqui.

Local do Evento

Organização

Comissão Organizadora do IX SIMA (UFMT)

 

Coordenação Geral: Bibiana Bragagnolo e Danilo Rossetti 

 

Coordenação Local

Eduardo Santos

Leonardo Borne

Luciana Hamond

Sérgio Ribeiro

Sidnei Duarte

 

Práticas criativas: Anselmo Guerra (UFG), Damián Keller (UFAC), Danilo Rossetti (UFMT)

Apresentações artísticas: Luzilei Aliel (USP), Marcello Messina (UFPB), Sérgio Ribeiro (UFMT),  Roberto Victorio (UFMT)

Educação Musical: Leonardo Borne (UFMT)

Etnomusicologia: Marcello Messina (UFPB)

Musicologia: Francisco Oliveira (UNICAMP), Humberto Amorim (UFRJ), Sidnei Duarte (UFMT)

Performance: Bibiana Bragagnolo (UFMT), Carlos Gomez (UFAC), Eduardo Santos (UFMT),  Luciana Hamond (UFMT)

 

Coordenação dos Sites: Eduardo Santos (UFMT) e Leonardo Borne (UFMT)


Divulgação: Brendah Freitas (UFAC)

 

Núcleo SIMA

Anselmo Guerra (UFG)

Brendah Freitas (UFAC)

Carlos Gomez (UFAC)

Damián Keller (UFAC)

Francisco Zmekol Oliveira (UNICAMP)

Ivan Simurra (UFAC)

Luzilei Aliel (USP)

Marcello Messina (UFPB)

Marcos Célio Filho (UFAC)


{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}