Gender, Work and Organization: a South American Workshop

Gender, Work and Organization: a South American Workshop

presencial Av. Nove de Julho, 2029 - São Paulo - São Paulo - Brasil

The event has already ended

You might also like

XVIII Brazilian Congress of Plant Physiology and I Ibero-latinoamerican Congress of Plant Biology

September 6, 2022
Porto Alegre
Evento online

ICMA/COGECONT 2022

October 17, 2022

SIMELP - Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa

October 4, 2022
São Paulo
Evento online

11º Congresso de Geriatria e Gerontologia do Estado do Rio de Janeiro - GeriatRio 2022

October 17, 2022


Gender, Work and the [Invisible Feminist] Organizations

In recent years gender and feminism issues have gained new insights, involving various configurations of labor relations, aspects related to masculinities and femininities in the organizational world, convergence with the problematization of neocolonialism, intersectionality involving gender, race and class, and age, the impact of domestic violence on organizations, the organization of women's practices seeking for new settings and configurations in the world of work. Finally, the visions are multidisciplinary, and the lenses are full of perspectives and audiences not yet examined.

However, the discussion of these issues in Brazil and in the other countries of South America still needs to advance and gain density, especially in their intersection with the world of work and business. An example of this is that only recently disciplines related to gender studies were introduced in undergraduate courses of Brazilian Business Schools. From this perspective, Brazil and its sister countries need to boost their participation in gender discussions within organizational studies.

Considering this context, the Workshop Gender, Work and the [Invisible Feminist] Organizations aims to be a new space for a rich interaction of diverse audiences, perspectives, understandings and resistances.

The proposed central theme highlights the important role of very small sized organizations or, still, in the informal sector, of invisible feminist organizations, not as a segregator, but as a bridge, a mention so that they will not be forgotten. The invisibility situation of women in self-employment and informality, in the context of their intersections with gender, lacks new and broad lenses, towards the large contingent of women entrepreneurs. Only in Brazil, we are 24.8 million according to the GEM report (2017).

Many women support their families in environments where poverty and patriarchal machismo, existing in Brazilian society, are very conspicuously present. Today in Brazil, for example, 40% of families are headed by women.


Gênero, Trabalho e as Organizações [Invisíveis Feministas]

Nos anos recentes as questões de gênero e feminismo ganharam novos olhares, envolvendo as diversas configurações das relações de trabalho, os aspectos relacionados a masculinidades e feminilidades no mundo organizacional, a convergência com a problematização do neocolonialismo, a interseccionalidade envolvendo gênero, raça e classe e idade o impacto da violência doméstica nas organizações, o organizar das práticas das mulheres buscando novas configurações no mundo do trabalho. Enfim, as visões são multidisciplinares e os olhares são repletos de perspectivas e públicos ainda não examinados.

No entanto, a discussão dessas temáticas no Brasil e nos demais países da América do Sul precisa ainda avançar e ganhar densidade, notadamente na intersecção com o mundo do trabalho e dos negócios. Exemplo disso é que apenas recentemente disciplinas relacionadas a estudos de gênero foram introduzidas nos cursos de graduação de escolas de negócios brasileiras. Sob essa ótica, o Brasil e os países irmãos necessitam impulsionar sua participação nas discussões sobre gênero no âmbito dos estudos organizacionais.

Assim, considerando esse contexto, o Workshop Gênero, Trabalho e as Organizações [Invisíveis Feministas] se propõe a ser um novo espaço para uma rica interação de públicos, olhares, compreensões e resistências.

O destaque proposto para as organizações de porte muito pequeno ou, ainda, pela informalidade, as organizações [feministas invisíveis], funciona não como um segregador, mas como uma ponte, uma menção para que elas não sejam esquecidas. A situação de invisibilidade da mulher no autoemprego e na informalidade, no âmbito nas suas interseções com gênero, carece de novos e amplos olhares, diante do grande contingente de mulheres empreendedoras no Brasil: somos 24,8 milhões de acordo com o relatório GEM (2017). 

Muitas mulheres sustentam suas famílias em ambientes nos quais a pobreza e o machismo patriarcal, presente na sociedade brasileira, se fazem presentes de forma muito ostensiva. Hoje no Brasil, por exemplo, 40% das famílias são chefiadas por mulheres.


Género, Trabajo y las Organizaciones [Feministas Invisibles]

En los últimos años, los temas de género y feminismo han adquirido nuevos conocimientos, que involucran diversas configuraciones de relaciones laborales, aspectos relacionados con las masculinidades y feminidades en el mundo organizacional, la convergencia con la problematización del neocolonialismo, la interseccionalidad entre género, raza y clase, y la edad, el impacto. de la violencia doméstica en las organizaciones, las prácticas de mujeres que buscan nuevos entornos y configuraciones en el mundo del trabajo. Finalmente, las visiones son multidisciplinares y las lentes están llenas de perspectivas y audiencias que aún no se han examinado.


Sin embargo, la discusión de estos temas en Brasil y en los otros países de América del Sur todavía necesita avanzar e incrementar en número de investigaciones, especialmente en su intersección con el mundo laboral y empresarial. Un ejemplo de esto es que solo recientemente se introdujeron disciplinas relacionadas con los estudios de género en los cursos de pregrado de las Escuelas de Negocios de Brasil. Desde esta perspectiva, Brasil y sus países hermanos deben aumentar su participación en las discusiones de género dentro de los estudios organizacionales.

Teniendo en cuenta este contexto, el Taller de Género, Trabajo y las Organizaciones [Feministas Invisibles] pretende ser un nuevo espacio para una nutrida interacción de diversas audiencias, perspectivas, entendimientos y resistencias.

El tema central propuesto destaca el importante papel de las organizaciones de tamaño muy pequeño o, aún, en el sector informal, de las organizaciones feministas invisibles, no como segregador, sino como un puente, una mención para que no sean olvidadas. La situación de invisibilidad de las mujeres en el trabajo por cuenta propia y la informalidad, en el contexto de sus intersecciones con el género, carece de lentes nuevos y amplios, hacia el gran contingente de mujeres empresarias. Solo en Brasil, somos 24.8 millones según el informe GEM (2017).

Muchas mujeres apoyan a sus familias en entornos donde la pobreza y el machismo patriarcal, que existen en la sociedad brasileña, están muy presentes. Hoy en Brasil, por ejemplo, el 40% de las familias están encabezadas por mujeres.


*Keynote speakers

Local organizers

{{item.nome}}



Material complementar - extra material

Durante o "Opening Panel - Gender Studies: Where are we? Where are we going?", contamos com a participação da Profª Drª Renata Gonçalves. Neste sentido, a título de complementar a discussão, divulgamos tanto material citado durante a fala, como conteúdo extra. Bons estudos!

During the "Opening Panel - Gender Studies: Where are we? Where are we going?", we had the participation of professor Renata Gonçalves, Ph.D. In this sense, as a complement to the discussion, we disclose both material cited during the speech, as well as extra content. 

Durante el "Panel de Apertura - Estudios de Género: ¿Dónde estamos? A dónde vamos", tuvimos la participación de la Profª Drª Renata Gonçalves. En este sentido, como complemento a la discusión, divulgamos tanto el material citado durante el discurso, como el contenido extra.

Alex Ratts - Eu sou atlântica
Bell Hooks - Intelectuais negras
Bianca Santana - Vozes insurgentes de mulheres negras
Lélia Gonzales - Racismo e sexismo na cultura brasileira
Luiza Bairros - Nossos feminismos revisitados
Patricia Hill Collins - Aprendendo com a outsider within
Sueli Carneiro - Mulheres em movimento


Anais - Gender, Work and Organization: A South American Workshop

Criando Aproximações Teórico Metodológicas entre Estudos Organizacionais e Autoetnografia: A Criança Viada Bafônica Foi Para As Organizações

Gender Diversity: The School of Economics, Business, and Accounting of the University of São Paulo (FEA/USP) in Numbers

A feminização no Jornalismo e as transformações no mercado de trabalho:  inovação tecnológica, dissimetrias estruturais e avanço

Intelectuais negras saindo da invisibilidade: contribuições do feminismo negro?

A Sub-representatividade Feminina no Poder Legislativo Municipal

Highly skilled migrant women in workplaces: Filling up the gaps and increasing intersectional understandings within Swedish Organizations

Protocolos de Acoso Sexual en Universidades Chilenas y su Impacto Institucional, ¿Cambio en las Prácticas de Género?

BREAKING THE CYCLE OF HARASSEMENT: FROM RATIONALIZATION TO MORAL ENGAGEMENT

DIRTY WORK AND IDENTITY: FEMALE PRISON GUARD DEALING WITH VIOLENT JOB ENVIRONMENT

Determinants of companies’ board composition in emerging markets

“Barreiras? Nunca vi, nem senti. Eu só ouço falar”: A docência feminina na contabilidade.

Telling the story differently: understanding the discourses on female entrepreneurship from a critical perspective

Mulheres na gestão universitária: trajetória profissional, vivências e desafios

IN THE WEST I AM QUEER, AT HOME I AM NOT SO SURE: A discussion about the researchers’ gender non-conformity and the negotiations between Western and Non-Western gender identities.

 LIDERANÇA FEMININA EM ORGANIZAÇÕES NO NOROESTE PAULISTA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS  TRAJETÓRIAS DE MULHERES A FRENTE DE CARGOS DE LIDERANÇAS

Representatividade feminina em cargos de liderança: uma análise bibliométrica

NOVOS PAPÉIS FEMININOS NA GESTÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Padecendo no paraíso: maternidade, interrupção da carreira e suas consequências

"The mirror you give me does not reflect my beauty": contesting aesthetic hegemony in Brazil

Estilhaçando o Teto de Vidro: As Artes de Fazer de Mulheres nas Organizações

GETÚLIO  E  AS  GARÇONETES. O Decreto n. 21.417-A e a regulação do trabalho das mulheres (Brasil, primeiro governo de Vargas)

O empreendedorismo feminino na mídia brasileira

Rupturas e continuidades na construção das identidades de empresárias e faccionistas na cadeia 

produtiva de moda íntima de MG

TODA VOZ IMPORTA? AS PRÁTICAS DE DIVERSIDADE SEXUAL NO AMBIENTE DE TRABALHO

 E SUA RELAÇÃO COM A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

Mulheres e o extrativismo no Cerrado, restaurando a savana e comunidades

Gênero, interseccionalidade e organizações: uma análise das publicações do EnANPAD

The younger interviewer and the older women in high management positions in Brazil:  Interrelated roles, narratives and the construction of age

Women in Colombian accounting academy: from marginalization to affective solidarity through networking

“Little Miss Teacher”: an autobiographical narrative on gender,  lesbian and gay representativeness and faculty identity.

Gender as a category of study in accounting academic research

O “corte” é para elas: uma discussão sobre o Glass Ceiling no telejornalismo brasileiro

 “É você nadar com tubarões e não poder sangrar”: O processo de socialização profissional de mulheres na Polícia Militar do Rio de Janeiro

Vamos Incluir Mais Rosa no Arco-Íris?  Oportunidades na Agenda de Pesquisa Sobre Travestis e Transexuais no Mundo do Trabalho

A Identidade Narrativa como Lente Interpretativa para a Diversidade Trans

Entre o Gerencial e o Crítico: Uma Terceira Via Para a Diversidade é Possível?

DESCOLONIZANDO SABERES EM UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA: MOBILIZAÇÕES DE COLETIVOS FEMINISTAS SOB A ÓTICA DECOLONIAL

Gênero, sexualidade, raça e classe: Intersecções e turbulências em espaços de trabalho generificados

MUITO ALÉM DA CAPITÃ MARVEL: A SOCIALIZAÇÃO PROFISSIONAL DE MULHERES POLICIAIS FEDERAIS

“Cadê o tatuador?” Construção da identidade profissional e estigma de mulheres na profissão tatuadora.

Black women Professional Path in the multinational companies  in São Paulo

PRÁTICAS DE DIVERSIDADE VOLTADAS A MULHERES DO SETOR DE TECNOLOGIA: UM ESTUDO MULTICASO NA “ILHA DO SILÍCIO BRASILEIRO”

Multiple Identities: towards a intersecional road to equality.

“SOMOS TODAS CLANDESTINAS”: CARTOGRAFIA DOS DISCURSOS SOBRE O ABORTO ILEGAL EM UM CONTEXTO DE COLONIALIDADE DOS CORPOS

“Por que não consigo chegar lá?”: Reflexões sobre o impacto dos estereótipos de gênero para o alcance de

 posições na alta liderança pelas mulheres.

As influências raciais nas práticas de organização de espaços de sociabilidades: um estudo com mulheres negras na cidade de Cerqueira César, São Paulo, Brasil

Remote work to working mothers in business settings: perceptions about their careers

MULHERES NEGRAS EMPREENDEDORAS NO MUNICÍPIO DE CAXIAS - MARANHÃO

Repensando a relação entre gênero e direito desde a zona do não ser

Muro de concreto, Teto de vidro e Labirinto: Metáforas que revelam obstáculos invisíveis para ascensão de executivas brasileiras

Entre Bisturis e Desafios de Carreira: Socialização Profissional de Médicas Cirurgiãs

METODOLOGIAS EM PESQUISAS FEMINISTAS: PERSPECTIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA CONTABILIDADE ENQUANTO CIÊNCIA SOCIAL

Um Olhar para as Práticas Empreendedoras a Partir da Solidariedade Feminista

É possível uma historiografia em gestão sob a perspectiva da maioria?

The Organizing of Feminist Intellectual Activism in the Brazilian Academia

The Dehumanised Organization of Colonial Violence, Misogyny & Freak Shows against Latin American Black, Mestizo and Indigenous Women

Feminism in Brazil: a brief history and recent developments

(re)writing possibilities for women in the accounting profession: the female presidents of Brazilian Accounting Regionals Councils

“Como mãe, você é uma ótima contadora”: histórias de vida de profissionais da contabilidade

 A Volta ao Mercado de Trabalho de Mulheres que Interromperam suas Carreiras após a Maternidade

PROGRAMAS DE DIVERSIDADE E COUNTER ACCOUNTING: UM ESTUDO ORGANIZACIONAL

DIVERSIDADE E DIFERENÇA: INTEGRAÇÃO DAS RECUPERANDAS COM A SOCIEDADE POR MEIO DA APAC

ANÁLISE DO USO DO TEMPO DE MULHERES INSERIDAS NO MERCADO DE TRABALHO FORMAL

Reverberações do imaginário social escravocrata para a mulher negra na atualidade

O IMPACTO DO CHINA SHOCK SOBRE A SEGREGAÇÃO OCUPACIONAL ENTRE HOMENS E MULHERES NO BRASIL

A mulher negra no mercado de trabalho e a construção de uma arquitetura social imaginária

Double Journey: Implications of Time Inequalities in the Health and Well-Being of Brazilian Women

‘This is Brazil, Don't Catch You Slipping up!’: The (Symbolic) Violence of Social Inclusion of a Black Accounting Professor

Com a cruz nos ombros: os dispositivos organizacionais na construção discursiva de corpos de travestis brasileiras

 A velha morfologia do trabalho: o trabalho doméstico

Os Ecos do Feminismo na Perspectiva da Dual Career

 “What are you some kind of ‘bra burning feminist’!?” : Researching gender in accounting

Congresso da lacração: doentes de feminismo ou antifeminismo doente?

UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR: DIFERENÇAS DE GÊNERO NOS ASPECTOS TANGÍVEIS E INTANGÍVEIS DO LOCAL DE TRABALHO

Bichas também batem continência? Uma revisão bibliográfica acerca da experiência gay em organizações militares

A interseccionalidade nas organizações – Relato de Experiência Acadêmica e Organizacional

Role of Microfinance in Empowering Islamic Women

“Not worth the effort”? An experienced female social entrepreneur’s assessment of her lifework

CREACIÓN DEL ECOSISTEMA MUJER A PARTIR DE UN PROGRAMADE MENTORING PARA EMPRESARIAS EN VALPARAÍSO Y BOGOTÁ


Registration

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Atividades

{{item.titulo}}
{{item.horaInicio}}-{{item.horaFim}}
Calendar

About the workshop

About the workshop

Goals:

One of the main objectives of the conference is to stimulate the discussion and the production of research in the themes of gender, work and organizations in the Portuguese and Spanish speaking countries of South America.

The aim is to connect researchers who are involved with these issues and provide a friendly, contributory and combative environment for building partnerships and an interdisciplinary and inter-institutional network.

It is also an objective of the conference to initiate a process of international dissemination of the research conducted in the South American context.


Historical background and motivation:

The proposal of organizing this event arose during discussions at the 10th Biennial Gender, Work & Organization Conference, held in 2018, hosted by Professor Alison Pullen at Macquarie University, Sydney. The GWO Conference is organized by the academic journal of the same name, launched in 1994, which was the first to offer an arena dedicated to the debate and analysis of gender relations, gender organization and the gendering of organizations. The event has been attracting more than 400 scholars and international researchers from more than 30 countries every two years. The next conference will take place in 2020 at the University of Kent, UK.

With the motivation to bring more scope and representativeness to the discussion, we were enthusiastically encouraged to propose the GWO workshop which offers the opportunity to meet in between the bi-annual conferences. Also, this smaller event adds important new voices from South America to the conversation and builds the GWO community in South America.

With the GWO South America Workshop, we intend to bring together about 50 scholars from the South American community with a group of scholars from other parts of the world and start a promising dialogue.


Organization:

This is the first Gender, Work and Organization workshop to be held in São Paulo, Brazil. Previous workshops have been held in Perth, Australia and Amsterdam, Netherlands. These workshops offer a national opportunity to develop research that has the potential to be published in the Gender, Work and Organization Journal edited by Alison Pullen, Patricia Lewis and Banu Ozkazanc-Pan.


Format:

Academic conference: submission of 500-word abstract 

Panels with academy, organizations and activists


Preliminary Schedule

November 21, morning: Welcome coffee and opening lecture

November 21, afternoon: Parallel sessions with presentation of papers

November 21, late afternoon: Panel "Organizing actions for women" and "Actions related to domestic violence" with support of Avon Institute


November 22, morning: Welcome coffee and lecture "Gender and Entrepreneurship in Brazil"

November 22, afternoon: Parallel sessions with presentation of papers

November 22, late afternoon: Panels "Gender, feminism and neocolonialism", “Harassment at the Academy", with participation of Rede Não Cala USP and COMPA – Comunidade de Mulheres Pesquisadoras em Administração, and “Diversity in the workplace: Organizational Practices in Brazil” 


November 23, morning: Parent in Science and GWO South America Workshop


November 23, afternoon: Workshop on Writing, with Alison Pullen [additional activity, with specific registration and submission]



Sobre o workshop

Objetivos:

Um dos principais objetivos do Workshop é estimular a discussão e produção de pesquisa em temas de gênero, trabalho e organizações em países de lingua portuguesa e espanhola da América do Sul.

O propósito é conectar pesquisadores que estão envolvidos com estas questões e prover um ambiente amigável, contributivo e combativo para construção de parcerias e uma rede interdisciplinar e interinstitucional.

Histórico e Motivação:

A proposta de organizar este evento nasceu durante as discussões na 10ª Conferência Bienal Gender, Work & Organization - GWO, ocorrida em 2018, na Macquarie University, em Sydney, Austrália. A GWO Conference é organizada pelo periódico acadêmico de mesmo nome, lançado em 1994, que foi o primeiro a oferecer um espaço dedicado ao debate e análise das relações, a organização e as construções de gênero nas organizações. O evento tem atraído mais de 400 acadêmicos e pesquisadores internacionais de mais de 30 países a cada dois anos. A próxima conferência vai acontecer em 2020, na Universidade de Kent, Reino Unido.

Com a motivação de trazer um escopo maior e mais representatividade para a discussão, nós estamos entusiasticamente encorajadas a propor um GWO Workshop, que oferece uma oportunidade para encontros entre as conferências bi-anuais. Este evento menor também adiciona novas e importantes vozes do Brasil e da América do Sul na conversação e constrói uma comunidade sul-americana.

Com o Workshop GWO Sul-americano nós pretendemos reunir cerca de 50 pesquisadores da comunidade da América do Sul com um grupo de pesquisadores de outras partes do mundo e começar um diálogo promissor.

Organização:

Este é o primeiro Gender, Work and Organization Workshop a ser realizado em São Paulo, Brasil. Eventos anteriores ocorreram em Perth, Australia e Amsterdam, Holanda. Estes workshops oferecem uma oportunidade para o desenvolvimento de pesquisas que tenham o potencial de ser publicas no periódico Gender, Work and Organization Journal editado por Alison Pullen, Patricia Lewis e Banu Ozkazanc-Pan.

 

Formato:

Workshop acadêmico com submissão de Resumos com até 500 palavras.

Painéis com academia, organizações e ativistas.

Agenda Preliminar

21 de Novembro, Manhã: Café de boas-vindas e Palestra de abertura

21 de Novembro, Tarde: Sessões paralelas de apresentação de trabalhos 

21 de Novembro, Final da tarde: Painel “Organizando ações para mulheres” e “Ações relacionadas a Violência Doméstica”


22 de NovembroManhã: Painel “Gênero e empreendedorismo no Brasil”

22 de NovembroTarde: Sessões paralelas de apresentação de trabalhos, 

22 de Novembro, Final da Tarde: Painel “Gênero, feminismo e neocolonialismo”, “Assédio na academia”, e “Diversidade nas organizações: Práticas no Brasil”


23 de NovembroManhã: Parent in Science e Encerramento do GWO South America Workshop.

23 de NovembroTarde: Workshop Writing com a Prof. Alison Pullen, editora da Gender, Work e Organization [Atividade adicional com inscrição e submissão específicas]


Metas:

Uno de los principales objetivos de la conferencia es estimular la discusión y la producción de investigación en temas de género, trabajo y organizaciones en los países de habla portuguesa y española de América del Sur.

El objetivo es conectar a los investigadores que están involucrados en estos temas y proporcionar un entorno amistoso, contributivo y combativo para crear asociaciones y una red interdisciplinaria e interinstitucional.

También es un objetivo de la conferencia iniciar un proceso de difusión internacional de la investigación realizada en el contexto sudamericano.

Antecedentes históricos y motivación:

La propuesta de organización de este evento surgió durante las discusiones en la 10ª Bienal de Género, Conferencia de Trabajo y Organización, celebrada en 2018, organizada por la profesora Alison Pullen en la Universidad Macquarie, Sydney. La Conferencia GWO está organizada por la revista académica del mismo nombre, lanzada en 1994, que fue la primera en ofrecer un espacio dedicado al debate y análisis de las relaciones de género, el género y la organización. El evento ha atraído a más de 400 académicos e investigadores internacionales de más de 30 países cada dos años. La próxima conferencia tendrá lugar en 2020 en la Universidad de Kent, Reino Unido.

Con la motivación de aportar con mayor alcance y representatividad a la discusión, se nos alentó con entusiasmo a proponer el taller de GWO que ofrece la oportunidad de reunirse entre las conferencias bianuales. Además, este evento más pequeño agrega nuevas voces importantes de América del Sur a la conversación y crea la comunidad GWO en América del Sur.

Con el Taller de GWO Sudamérica, tenemos la intención de reunir a unos 50 académicos de la comunidad sudamericana con un grupo de académicos de otras partes del mundo y comenzar un diálogo prometedor.

Organización:

Este es el primer taller de la revista Género, Trabajo y Organización que se realizará en São Paulo, Brasil. Talleres anteriores se han llevado a cabo en Perth, Australia y Amsterdam, Países Bajos. Estos talleres ofrecen una oportunidad nacional para desarrollar investigaciones que tienen el potencial de ser publicadas en la Revista de Género, Trabajo y Organización editada por Alison Pullen, Patricia Lewis y Banu Ozkazanc-Pan.

Formato:

Conferencia académica: presentación de resúmenes de 500 palabras.

Paneles con academia, organizaciones y activistas.

 

Agenda preliminar

 

21 de noviembre, mañana: café de bienvenida y conferencia inaugural.

21 de noviembre, tarde: Sesiones paralelas con presentación de ponencias.

21 de noviembre, a última hora de la tarde: Panel "Organizando acciones para mujeres" y "Acciones relacionadas con la violencia doméstica" con el apoyo del Instituto Avon.


22 de noviembre por la mañana: Café de bienvenida y conferencia "Género y emprendimiento en Brasil".

22 de noviembre por la tarde: Sesiones paralelas con presentación de ponencias.

22 de noviembre, a última hora de la tarde: paneles "Género, feminismo y neocolonialismo", "Hostigamiento en la Academia", con participación de Rede Não Cala USP y COMPA - Comunidade de Mulheres Pesquisadoras em Administração, y "Diversidad en el lugar de trabajo: prácticas organizativas en Brasil"


23 de noviembre por la mañana: Taller de Padres en la Ciencia y GWO en Sudamérica

23 de noviembre, por la tarde: Taller de escritura, con Alison Pullen [actividad adicional con registro y presentación]


Patrocinadores

Apoiadores

Key dates

Relevant deadlines and dates:

Submission period (abstracts): from June to August 2019

Deadline for submission: August 15, 2019

Acceptance decision: August 30, 2019

Registration process: from August 30 to October 31, 2019

GWO Brazil Workshop: November 21-23, 2019


Prazos e datas relevantes:

Período de submissão: junho a agosto de 2019

Prazo final para submissão: 15 de agosto  de 2019

Decisão de aceite: até 30 de agosto de 2019

Período de inscrição: de 30 de agosto a 31 de outubro de 2019

GWO América do Sul Workshop: 21 a 23 de novembro de 2019


Fechas claves

Plazos y fechas relevantes:

Periodo de envío (resúmenes): de junio a julio de 2019.

Fecha límite de presentación: 15 de agosto de 2019.

Decisión de aceptación: 30 de agosto de 2019.

Proceso de inscripción: del 30 de agosto al 31 de octobre de 2019.

Taller de GWO Sudamérica: 21-23 de noviembre de 2019

Registration infos

Registration, participation and practical aspects:

The registration fee will cost 50 euros for faculty members and 20 euros for doctoral and master’s students.

Participation in the opening lecture and in the panels will be free upon prior registration.

All other activities are subject to registration and submission of papers. Registration can be released without submission of papers if there are remaining vacancies.


Registro, participação e aspectos práticos:

A taxa de inscrição custará R$ 200,00 reais para professores e R$ 80,00 para estudantes de mestrado e doutorado.

A participação na palestra de abertura e nos painéis será gratuita mediante inscrição prévia. Todas as outras atividades estão sujeitas a registro e submissão de artigos.

A inscrição pode ser liberada sem submissão de trabalhos, se houver vagas remanescentes.


Inscripción, participación y aspectos prácticos:

La cuota de inscripción tendrá un costo de 50 euros para los profesores y 20 euros para los estudiantes de doctorado y maestría.

La participación en la conferencia de apertura y en los paneles será gratuita previa inscripción.

Todas las demás actividades están sujetas a registro y presentación de trabajos. El registro puede obtenerse sin la presentación de documentos si quedan vacantes.

Submissions

{{areaSiteEvento.jsonObj.configuracaoSubmissao.dataInicioSubmissao}} - {{areaSiteEvento.jsonObj.configuracaoSubmissao.dataLimiteSubmissao}}

{{item.denominacao}}
{{item.denominacao}}
{{item.denominacao}}

{{areaSiteEvento.titulo}}

Venue

{{areaSiteEvento.titulo}}

{{areaSiteEvento.subtitulo}}

{{viewModel.evento.dataInicio}} {{viewModel.evento.dataFim}}
{{viewModel.evento.local}}
{{'Label_ObterDirecoes' | translate}}

Important Information

ATMs available at:


Bradesco: 4th floor


Santander: 1st and 10th floor


Itaú: 8th floor


If you need medical assistance, go to the 5th floor, from Monday to Friday (6 am to 10 pm) and on Saturdays (8 am to 6 pm)


Bookshop FGV EAESP - 7th floor - from Monday to Friday (9 am to 9 pm) and on Saturdays (9 am to 2 pm)


Bus stop


9 de Julho Avenue - bus stop: Getúlio Vargas


Subway


Trianon-Masp station


Taxi

Itapeva street, 636 - Phone number: 3289-7623



Full Schedule - Programação Completa







Dúvidas sobre a programação? Entre em contato com a organização (silvianova@usp.br)














{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}