XV ENCONTRO NACIONAL DE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUIDO

XV ENCONTRO NACIONAL DE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUIDO

presencial Instituto de Educação Superior da Paraíba - João Pessoa - Paraíba - Brasil

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

Evento online

II Simpósio Brasileiro de Biogeografia

Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

20º Congresso Brasileiro de Bioinformática: X-Meeting 2024

Terça-Feira, 11 de Junho de 2024

Salvador, BA

V CIHPN

Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Brasília, DF

Ayla Schafer - Tour Brasil - São Paulo - 21/12

Quinta-Feira, 21 de Dezembro

São Paulo, SP

{{'Receba_os_melhores_eventos_da_sua_area' | translate}}

{{'Receber_eventos' | translate}}

Anais XV ENCAC / XI ELACAC

Comunicamos que estão disponíveis os Anais do XV ENCAC / XI ELACAC 
(ISBN: 978-85-89478-45-8)

Os Anais podem ser acessados através do link abaixo:


Programação + Palestras


LOCAL


Cronograma

Cronogramas de Apresentação 

Artigos completos e Comunicações técnicas


XV ENCONTRO NACIONAL DE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO

O ENCAC é um encontro bienal destinado a docentes, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, construtores, projetistas, consultores, técnicos de órgãos públicos e profissionais atuantes nas áreas de construção civil, arquitetura, habitação e outros temas correlatos ao Conforto Ambiental no ambiente construído. O evento é um fórum de discussão para promover a consciência e a responsabilidade ecológica e ambiental no desenho urbano e na arquitetura. Objetiva contribuir na disseminação, no desenvolvimento, na documentação e na difusão dos princípios da arquitetura bioclimática e da aplicação de estratégias passivas e inovadoras de aquecimento, resfriamento, tratamento acústico e iluminação no ambiente construído.

O primeiro Encac ocorreu em 1990, assim, no ano de 2019, com o 15° ENCAC, são 30 anos de história. Iniciado em âmbito nacional, a partir de 1995 o evento ampliou sua abrangência para a América Latina, com a incorporação do Encontro Latino-Americano de Conforto no Ambiente Construído - ELACAC, que ocorre concomitantemente ao ENCAC. Simultaneamente ao ENCAC e ao ELACAC, ocorre também, desde 1999, a Bienal de Arquitetura Bioclimática "José Miguel Aroztegui", Concurso Latino-Americano de Projetos Estudantis de Arquitetura Bioclimática. No XV ENCAC que ocorre concomitantemente com o XI ELACAC e a Bienal de Arquitetura Bioclimática José Miguel Aroztegui, as temáticas escolhidas para conduzir o evento são: Mudanças climáticas, concentração urbana e novas tecnologias, temas emergentes que afetam o conforto e o bem-estar das populações.



The National Meeting of Comfort in the Built Environment (ENCAC) is a biennial meeting of professors, researchers, undergraduate and postgraduate students, builders, designers, consultants, government agencies and professionals in the areas of civil construction, architecture, housing and other issues concerning Environmental Comfort in a built environment. The event is a discussion forum to promoting awareness and responsibility for the environment in urban design and architecture. Its aim is to contribute to the dissemination and development of bioclimatic architectural principles, with the application of passive and innovative strategies for heating, cooling, lighting, and acoustic in the built environment.

The meeting started in 1990, and in the current year, the XV ENCAC celebrates 30 years of history. Since 1995, the event has broadened its scope for Latin-America, with the incorporation of ELACAC (The Latin-American Meeting of Comfort in the Built Environment), occurringconcomitantly with ENCAC. Simultaneously with both ENCAC and ELACAC, the "José Miguel Aroztegui" Bioclimatic Architecture Competition, a Latin-American Student Projects in Bioclimatic Architecture Competition also occurs. 
The themes chosen for the event are: Climate change, Urban concentration and New technologies, emerging issues that affects the comfort and well-being of the population.


El ENCAC es un encuentro bianual destinado a docentes, investigadores, alumnos de grado  y postgrado, constructores, proyectistas, consultores, técnicos de organismos públicos y profesionales actuantes en las áreas de construcción civil, arquitectura, vivienda y otros temas relacionados con el Confort Ambiental en el ambiente construido. El evento es un foro de discusión para promover la conciencia y la responsabilidad ecológica y ambiental en el diseño urbano y la arquitectura. Pretende contribuir en la diseminación, el desarrollo, la documentación y la difusión de los principios de la arquitectura bioclimática y la aplicación de estrategias pasivas e innovadoras de calefacción, enfriamiento, tratamiento acústico e iluminación en el ambiente construido.

Tuvo su inicio en 1990 y, en 2019, con el 15 ° ENCAC, son 30 años de historia. Comenzó a nivel nacional, a partir de 1995 el evento amplió su alcance para América Latina, con la incorporación del Encuentro Latinoamericano de Confort en el Ambiente Construido - ELACAC, que ocurre concomitantemente al ENCAC. Simultáneamente al ENCAC y al ELACAC, ocurre desde 1999 la Bienal de Arquitectura Bioclimática "José Miguel Aroztegui", Concurso Latinoamericano de Proyectos Estudiantiles de Arquitectura Bioclimática. En el XV ENCAC que ocurre concomitantemente con el XI ELACAC y la Bienal de Arquitectura Bioclimática José Miguel Aroztegui, las temáticas elegidas para conducir el evento son: Cambios climáticos, concentración urbana y nuevas tecnologías, temas emergentes que afectan el confort y el bienestar de las poblaciones.



Mudanças climáticas, concentração urbana e novas tecnologias

Temática

No último quarto de século, a concentração de dióxido de carbono na atmosfera juntamente com outros gases de efeito estufa, impulsiona as mudanças climáticas decorrentes do aumento das temperaturas. As consequências negativas são diversas, como a elevação das temperaturas máximas, o aumento dos períodos de seca, a elevação do nível do mar, a acidificação do oceano e o aumento dos eventos extremos como tempestades, enxurradas, ciclones, etc. A temperatura média global em 2017 foi de aproximadamente 1,1 °C acima dos níveis registrados na era pré-industrial (WMO,2018). O aquecimento global atinge grande parte da população, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 20-40% do total da população humana vive em regiões que, na década de 2006-2015, já haviam experimentado o aquecimento de mais de 1,5 °C acima do período pré-industrial em pelo menos uma temporada. A expectativa da Organização é de que entre 2030 e 2050 ocorram 250.000 mortes adicionais por ano, em consequência das mudanças climática. As temperaturas extremas contribuem diretamente no aumento das mortes por problemas cardiovasculares e respiratórios, particularmente entre pessoas idosas. As altas temperaturas também elevam os níveis de poluição e alergênicos do ar, ampliando a ocorrência e riscos de doenças.

Mais da metade da população mundial reside nos centros urbanos, que concentram agentes do efeito estufa. As cidades são atraentes por seus aspectos positivos, como a ampla oferta de comércio e de serviços, a possibilidade de maior crescimento econômico, o maior acesso à educação, à infraestrutura e a outros serviços governamentais. Muitos aspectos positivos presentes nos centros urbanos, contudo, se contrapõem às suas vantagens, como a ascensão econômica que resulta no aumento de veículos automotores, e assim, o aumento da poluição do ar, da poluição sonora e do congestionamento das vias. No Brasil o crescimento urbano nas últimas décadas foi intenso, acentuando precariedades urbanas como a pouca oferta de áreas verdes, o esgotamento da infraestrutura, o aumento da poluição, além dos problemas sociais. As cidades possuem grande responsabilidade no combate ao aquecimento global, estratégias para a redução da poluição e do consumo de energia devem ser desenvolvidas e implementadas.

As novas tecnologias são possíveis atenuadoras das problemáticas decorrentes do aquecimento global e da concentração urbana. Contudo, podem ser também a origem de novos problemas. Assim, na XV edição do ENCAC, nos propomos a colocar em pauta duas problemáticas centrais no cenário atual: Mudanças climáticas e a concentração Urbana em contraponto com as novas tecnologias, que potencialmente podem ser solução, assim como podem ser causas de problemas.  


Climate change, urban concentration and new technologies

In the last quarter-century, the concentration of carbon dioxide in the atmosphere along with other greenhouse gases, has driven climate change as a result of rising temperatures. The negative consequences are diverse, such as elevation of the maximum temperatures, increasing droughts, rising sea level, ocean acidification and the increase of extreme events such as storms, flash floods, and cyclones, etc. The average global temperature in 2017 was approximately 1.1 °C above the levels recorded in the pre-industrial era (WMO, 2018). Global warming reaches a large part of the population. According to data from the World Health Organization, 20-40% of the total human population lives in regions that in the decade from 2006-2015, have already experienced (in at least one season) heat higher than 1.5 °C above the pre-industrial period. The expectation is that between 2030 and 2050, 250,000 additional deaths will occur annually as a result of climate changes. Extreme temperatures contribute directly to the increase in deaths from cardiovascular and respiratory problems, particularly among the elderly. High temperatures also increase the levels of pollution and allergens in the air, increasing the occurrence and risk of disease.

More than half of the world's population resides in urban centers that concentrate greenhouse agents. Cities are attractive because of their positive aspects, such as a wide range of commerce and services, the possibility for greater economic growth, and larger access to education, infrastructure and other government services. However, many positive aspects present in urban centers, remain in opposition to their advantages. For instance: economic ascension - resulting in an increase in motor vehicles, and thus, to increasing air and noise pollution and congestion on the roads. In Brazil urban growth in recent decades has been intense, accentuating urban problems such as the short supply of green area, infrastructure breakdown, increased pollution, and social problems. Cities have huge responsibility in combating global warming; and strategies for reducing pollution and energy consumption should be developed and implemented.

New technologies have the potential to attenuate the problems that come with global warming and urban concentration. However, they can also become a source of new problems. Thus, in the 15th ENCAC Meeting we propose to place into discussion for the current scenario two central issues: Climate change and Urban concentration, in counterpoint with new technologies, which can potentially become solutions, as well as cause problems.  


 

Cambios climáticos, concentración urbana y nuevas tecnologías


En el último cuarto de siglo, la concentración de dióxido de carbono en la atmósfera junto con otros gases de efecto invernadero, impulsa el cambio climático debido al aumento de las temperaturas. Las consecuencias negativas son diversas, como la elevación de las temperaturas máximas, el aumento de los períodos de sequía, la elevación del nivel del mar, la acidificación del océano y el aumento de los desastres naturales como tormentas, sequías, ciclones, etc. La temperatura media global en 2017 fue de aproximadamente 1,1 °C por encima de los niveles registrados en la era preindustrial (WMO, 2018). El calentamiento global alcanza gran parte de la población, según datos de la Organización Mundial de la Salud, el 20-40% del total de la población humana vive en regiones que, en la década de 2006-2015, ya habían experimentado el calentamiento de más de 1,5 °C por encima del período preindustrial en al menos una temporada. La expectativa de la Organización es que entre 2030 y 2050 ocurran 250.000 muertes adicionales por año, como consecuencia del cambio climático. Las temperaturas extremas contribuyen directamente al aumento de las muertes por problemas cardiovasculares y respiratorios, particularmente entre personas mayores. Las altas temperaturas también elevan los niveles de contaminación y alergénicos del aire, ampliando la ocurrencia y riesgos de enfermedades.

 

Más de la mitad de la población mundial reside en los centros urbanos, que concentran agentes del efecto invernadero. Las ciudades son atractivas por sus aspectos positivos, como la amplia oferta de comercio y servicios, la posibilidad de un mayor crecimiento económico, el mayor acceso a la educación, la infraestructura y otros servicios gubernamentales. Muchos aspectos positivos presentes en los centros urbanos, sin embargo, se contraponen a sus ventajas, como el crecimiento económico que resulta en el aumento de vehículos automotores, y así el aumento de la contaminación del aire, la contaminación acústica y la congestión de las vías. En Brasil el crecimiento urbano en las últimas décadas ha sido intenso, acentuando precariedades urbanas como la poca oferta de áreas verdes, el agotamiento de la infraestructura, el aumento de la contaminación, además de los problemas sociales. Las ciudades tienen una gran responsabilidad en la lucha contra el calentamiento global, estrategias para la reducción de la contaminación y el consumo de energía deben ser desarrolladas e implementadas.

Las nuevas tecnologías son posibles atenuantes a las problemáticas derivadas del calentamiento global y de la concentración urbana. Sin embargo, pueden ser también el origen de nuevos problemas. Así, en la XV edición del ENCAC nos proponemos colocar en pauta dos problemáticas centrales en el escenario actual: Cambios climáticos y la concentración Urbana en contrapunto con las nuevas tecnologías, que potencialmente pueden ser solución, así como, pueden ser causas de problemas.

Regras para apresentações dos artigos

As sessões estão organizadas de acordo com o tema, e ajustadas para minimizar as sessões paralelas, de acordo com a programação do evento. 


Artigos completos:

08 minutos para cada apresentação + 07 minutos para perguntas e comentários.

 

Comunicações técnicas:

04 minutos para cada apresentação + 03 minutos para perguntas e comentários.

 

A lista de artigos a serem apresentadas em cada modalidade estará disponível em breve.


Opcional:  Em breve disponibilizaremos o template para as apresentações (artigo completo e comunicação técnica).


Recomendações:

  • ·         Objetividade e destaque para as contribuições do trabalho;
  • ·         As apresentações devem ser compatíveis com o sistema Windows apresentados no formato Adobe Acrobat Reader (PDF);
  • ·        O arquivo digital deve ser identificado pelo tópico e número, tal qual a identificação na programação;
  • ·         As apresentações devem ser entregues ao coordenador (em cada sala) 15 minutos antes do início das sessões técnicas em pendrive (por precaução, reservem uma cópia na "nuvem").


Boa apresentação a todos!


Reglas para presentación de artículos

Las sesiones se organizan según el tema y se ajustan para minimizar las sesiones paralelas, de acuerdo con el calendario del evento.

Artículos completos:
08 minutos para cada presentación + 07 minutos para preguntas y comentarios.

Comunicaciones técnicas:
04 minutos para cada presentación. Después de 03 presentaciones seguidas, se reserva 10 minutos para preguntas y comentarios.

La lista de artículos que se presentarán en cada modalidad estará disponible próximamente.

Opcional: Pronto pondremos a disposición el template para las presentaciones (artículo completo y comunicación técnica).

Recomendaciones:

  • Objetividad y énfasis en las contribuciones del trabajo;
  • Las presentaciones deben ser compatibles con el sistema Windows presentado en formato Adobe Acrobat Reader (PDF);
  • El archivo digital debe identificarse por el tema y el número, como la identificación en la programación;
  • Las presentaciones deben entregarse al coordinador (en cada aula) 15 minutos antes del inicio de las sesiones técnicas en pendrive (como precaución, reserve una copia en la "nube").

Buena presentación para todos!

Jantar de confraternização

Link do formulário: Reserva - Jantar de confraternização do XV ENCAC



Inscrições

{{'Label_CodigoPromocionalAplicadoComSucesso' | translate}}
{{'Label_Presencial' | translate}} {{'Label_Online' | translate}} {{'Label_PresencialEOnline' | translate}}

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}} {{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}  

{{entrada.valorComDesconto | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Regras para pagamento de inscrições através de nota de empenho

(EXCLUSIVO PARA INSTITUIÇÕES PÚBLICAS)

Para as inscrições por empenho, será cobrado o valor de inscrição de acordo com a categoria. O participante deverá enviar a Nota de Empenho até 18 de setembro de 2019 em formato digitalizado para o e-mail encacempenho@gmail.com.


O faturamento do empenho deverá ser efetuado em nome de:


Instituição: Associação para Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia - Scientec

CNPJ/MF: 08.331.902/0001-12

Av. Dr. Apolônio da Nóbrega, 263 - Sala 205/206 - Castelo Branco - João pessoa - Paraíba.


Dados Bancários:

 

Banco do Brasil 

Agência: 0011-6

Conta Corrente: 114.010-8


Atenção: 

1. As inscrições por meio de NOTA DE EMPENHO serão recebidas até a data de 18 de setembro 2019.

2. Para a inscrição ser confirmada, a Instituição pagadora deverá enviar à secretaria do evento a Nota de Empenho mencionando o nome da instituição pagadora, contato do Departamento Financeiro (telefone, e-mail), endereço completo, nome (s) do (s) participante (s) com seus respectivos CPF.

3. Mediante o recebimento da Nota de Empenho, a (s) inscrição (ões) será (ão) confirmada (s)..

4. Após o pagamento da nota de empenho, a entidade pagadora deverá enviar o comprovante do pagamento, por e-mail, para que seja efetuada a baixa do débito junto a mesma (e-mail: encacempenho@gmail.com). 

5. Não havendo o envio da Nota de Empenho até a data estipulada, nos termos do item 1 e 2, o inscrito deverá fazer o respectivo pagamento no momento do seu credenciamento na secretaria local do evento, de acordo com a sua categoria e valor vigente no momento. 

6. Não serão consideradas Notas de Empenho que não estiverem condizentes com as orientações acima.

Regras para emissão de nota fiscal


Para solicitar nota fiscal, será necessário o envio de alguns dados para iniciar o processo de emissão. O participante deverá enviar as informações abaixo para o e-mail encacempenho@gmail.com:


- Dados pessoais do solicitante (Nome completo e CPF)

- Dados da empresa (Nome da empresa, CNPJ e Endereço completo) 


Logo após o envio dos dados acima, a nota fiscal será encaminhada para que o solicitante efetue o pagamento.

Datas Importantes

 10 de maio de 2019_ Prazo Final para a submissão de artigos completos e comunicação técnica. 

07 de julho de 2019_ Divulgação do primeiro parecer sobre os trabalhos submetidos.

14 de julho de 2019_ Submissão da nova versão dos artigos, de acordo com o parecer inicial

21 de julho de 2019_ Divulgação dos artigos aceitos

PRORROGADO 23 de agosto de 2019_ Data limite para a inscrição para publicação

18 a 21 de setembro de 2019_ XV ENCAC  XI ELACAC


FECHAS CLAVE

10 de mayo de 2019 - Fecha limite de recepción de comunicaciones completas y comunicaciones técnicas

07 de Julio de 2019- Notificación de la primera revisión de comunicaciones completas  y comunicaciones técnicas

14 de Julio 2019 - Fecha limite de recepción final de los comunicaciones completas  y comunicaciones técnicas

21 de Julio de 2019 - Notificación de aceptación de comunicaciones completas  y comunicaciones técnicas

23 de agosto de 2019 - Fecha límite de inscripción para publicación

18 a 21 de Septiembre de 2019 - XV ENCAC XI ELACAC (Fecha de realización del Congreso)


KEY DATES

 May 10, 2019 - Full paper and short paper submission deadline

July 07, 2019 First review with comments

July 14, 2019 - Final full paper submission deadline

July 21, 2019 - Full papers acceptance notification

Aug 23, 2019 - Deadline for inscription of accepted full papers

September 18-21, 2019 - XV ENCAC XI ELACAC (Conference date)


Submissões

{{areaSiteEvento.jsonObj.configuracaoSubmissao.dataInicioSubmissao}} - {{areaSiteEvento.jsonObj.configuracaoSubmissao.dataLimiteSubmissao}}

{{item.denominacao}}
{{item.denominacao}}
{{item.denominacao}}

{{areaSiteEvento.titulo}}

Instruções para submissão de artigos

O Comitê Científico do XV ENCAC/XI ELACAC convida a comunidade de pesquisadores, professores, pós-graduandos, estudantes de graduação e profissionais da área a submeterem trabalhos com resultados de suas pesquisas, de acordo com o calendário estabelecido. Os trabalhos deverão ser submetidos para os seguintes tópicos:

Tópico 1. Acústica Arquitetônica e Urbana

Tópico 2. Clima e Planejamento Urbano

Tópico 3. Conforto Térmico no Ambiente Construído

Tópico 4. Desempenho Térmico do Ambiente Construído

Tópico 5. Eficiência Energética

Tópico 6. Iluminação Natural e Artificial

Tópico 7. Avaliação Pós-Ocupação aplicada ao Conforto Ambiental e à Ergonomia

Serão aceitos artigos em português, espanhol e inglês.

Poderão ser submetidos trabalhos em duas categorias:

1.      Artigo Completo, de até dez (10) páginas - referente à pesquisa concluída ou em fase final e, portanto, com efetivas contribuições para a área de conhecimento em Conforto Ambiental e Eficiência Energética no Ambiente Construído

2.      Comunicação Técnica, de quatro (04) à seis (06) páginas – para relatos de pesquisas em andamento, já iniciadas, que ainda não configurem resultados conclusivos, mas cujo conteúdo possa ser discutido no Evento.

Cada inscrição da direito a no máximo duas publicações, sejam elas dois artigos completos ou um artigo e uma comunicação técnica.

Devem ser respeitadas a formatação e estrutura exemplificadas nos modelos aqui apresentados [Fonte: (Padrão) Times New Roman 11 pt.], lembrando que esses equivalem aos modelos específicos do ENCAC/ ELACAC. 

O arquivo disponibilizado está dividido em duas partes:

a) a primeira parte contempla as instruções gerais de formatação do artigo; 

b) na segunda parte apresenta-se um modelo de artigo formatado seguindo as recomendações.

A apresentação do trabalho e publicação nos Anais do Encontro está condicionada à aprovação do seu conteúdo por dois integrantes da Comissão Científica. Os artigos completos aceitos terão espaço para apresentação oral. As comunicações técnicas serão apresentadas em forma de pôster, ou outra forma, dependendo do número de publicações aceitas nessa modalidade.


Instrucciones para envío de artículos

El comité científico del XV ENCAC/XI ELACAC invita a la comunidad de investigadores, profesores, alumnos de postgrado, graduación y profesionales del área a enviar artículo con resultados de sus investigaciones, de acuerdo con el calendario establecido. los trabajos deberán someterse a los seguintes temas:


Tópico 1. Acústica Arquitectónica y Urbana

Tópico 2. Clima y Planificación Urbana

Tópico 3. Confort Térmico en el Ambiente Construido

Tópico 4. Desempeño Térmico del Ambiente Construído

Tópico 5. Eficiencia Energética

Tópico 6. Iluminación  Natural y Artificial

Tópico 7. Avaliação Post-Ocupación aplicada al Confort Ambiental ya la Ergonomia

Se aceptarán artículos en portugués, español e inglés.

Se podrán realizar trabajos en dos categorías:

  Artículo Completo, de hasta diez (10) páginas - referente a la investigación concluida o en fase final y, por lo tanto, con efectivas contribuciones al área de conocimiento en Confort Ambiental y Eficiencia Energética en el Ambiente Construido.

Comunicación Técnica, con hasta seis (06) páginas - para relatos de investigaciones en marcha, ya iniciadas, que aún no configuren resultados concluyentes, pero cuyo contenido pueda ser discutido en el evento.

Cada entrada del derecho a un máximo de dos publicaciones, ya sean dos artículos completos o un artículo y una comunicación técnica.

Se debe respetar el formato y la estructura ejemplificados en los modelos aquí presentados [Fuente: (estándar) Times New Roman 11 pt.], recordando que estos equivalen a los modelos específicos de ENCAC/ELACAC. 

El archivo disponible está dividido en dos partes:

a) la parte principal contempla los cambios generales de artículo;

b) en la segunda parte presenta un modelo de artículo formateado siguiendo las recomendaciones.

La presentación del trabajo y publicación en los Anales del encuentro está condicionada a la aprobacíon de su contenido por dos integrantes de la Comisión Científica. los artículos completos aceptados tendrán espacio para presentación oral. Las comunicaciones técnicas se presentarán en forma de póster, u otra forma, depensiendo del número de publicaciones aceptadas en esa modalidad.


Guideline for submit papers

The Scientific Committee of the XV ENCAC / XI ELACAC invites the community of researchers, professors, graduate students, undergraduate students and professionals to submit research papers, according to the established schedule. 

Papers should be submitted following the topics:

Topic 1. Architectural and Urban Acoustics

Topic 2. Climate and Urban Planning

Topic 3. Thermal Comfort in the Built Environment

Topic 4. Thermal Performance of the Built Environment

Topic 5. Energy Efficiency

Topic 6. Daylight and Artificial Lighting

Topic 7. Post-Occupancy Assessment Applied to Environmental Comfort and Ergonomics


We will accept papers in Portuguese, Spanish and English.

Papers may be submitted in two categories:

1. Full Paper, up to 10 (ten) pages - The full paper should address a completed research or a research in an advanced stage, with effective contributions to knowledge of Environmental Comfort and Energy Efficiency in the Built Environment.

2. Short paper, up to six (06) pages – The short paper should address an ongoing research, already begun or at proposal stage, which content can be discussed in the Event, with some contributions to knowledge of Environmental Comfort and Energy Efficiency in the Built Environment.


If multiple papers are accepted for publication by the same author, each two (02) papers requires a registration fee to be included in the proceedings (these two papers could be two full papers or one full paper plus one short paper).


The paper must be following the ENCAC/ELACAC style guideline.

The ENCAC/ELACAC style guideline, downloaded below, is divided into two parts:

a) the first part contains the general style guidelines for paper submission;

b) the second part consists of a Manuscript template. 


Papers will be analyzed by at least two reviewers. Accepted full paper will be invited to give the oral presentation and be published in the proceedings. Accepted short paper will be invited to give the poster presentation (or other presentation, depending on the number of accepted short papers) and be published in the proceedings.



IESP

João Pessoa

Comissão Organizadora



Comitê Executivo

 

Coordenador Geral 

Prof. Solange Leder (UFPB)


Vice-coordenador

Prof. Lucila Chebel Labaki (UFPB/UNICAMP)

Coordenador Científico

Prof. Eduardo Kruger (UTFPR)


Coordenador Bienal Aroztegui

Prof. Fernando Oscar Ruttkay Pereira (UFSC)


Coordenador Local Bienal Aroztegui

Prof. Juliana Magna da Silva Costa Morais (UFPB)

Prof. Angelina Dias Leão Costa (UFPB)



Comitê Científico - Subcoordenadores


Tópico 1. Acústica Arquitetônica e Urbana

Elisabeth Gonçalves (UFAL)

Tópico 2. Clima e Planejamento Urbano

Erico Masiero (UFSCAR)

Tópico 3. Conforto Térmico no Ambiente Construído

Raquel Diniz Oliveira (CEFET-MG)

Tópico 4. Desempenho Térmico do Ambiente Construído

Deivis Marinoski (UFSC)

Tópico 5. Eficiência Energética

Antonio Cesar Silveira Baptista Da Silva (UFPel)

Tópico 6. Iluminação Natural e Artificial

Cláudia Naves David Amorim (UNB)

Tópico 7. Avaliação Pós-Ocupação aplicada ao Conforto Ambiental e à Ergonomia

Rosaria Ono (USP)






Bienal



A temática da XI Bienal José Miguel Aroztegui será: ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE. 

Confira mais informações no site: bienalaroztegui.arq.ufsc.br

Promoção e Organização



Idioma

Perguntas Frequentes

{{item.resposta}}

Hotel Parceiro

Hotel Manaíra é nosso parceiro e disponibilizou um cupom de desconto para os participantes do XV ENCAC 2019. 

Para usar o cupom você pode entrar no site do Hotel Manaíra, escolher as datas e na área "cupom" inserir "ENCAC19".

Hotel Manaíra

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}