COLÓQUIO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E TERRITÓRIOS NEGROS (2021)

COLÓQUIO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E TERRITÓRIOS NEGROS (2021)

online Este é um evento online

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

Evento online

III Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

29 de Agosto de 2022

XVIII Brazilian Congress of Plant Physiology and I Ibero-latinoamerican Congress of Plant Biology

6 de Setembro de 2022
Porto Alegre

SIMELP - Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa

4 de Outubro de 2022
São Paulo
Evento online

11º Congresso de Geriatria e Gerontologia do Estado do Rio de Janeiro - GeriatRio 2022

17 de Outubro de 2022

Apresentação do Evento

O Colóquio de Mudanças Climáticas e Territórios Negros é uma atividade que integra o projeto piloto “Mudanças Climáticas em face do Reconhecimento dos Territórios Negros” realizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) – ABPN, em parceria com o Instituto de Clima e Sociedade (ICS).

Uma das principais atividades do projeto é o fomento da pesquisa com bolsas de iniciação cientifica, para estudantes da educação básica e graduação quilombolas, vinculados aos Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF), com sede na região semiárido nos campus: Penedo (Alagoas); Feira de Santana, Itaberaba e Seabra (Bahia); e Pau dos Ferros (Rio Grande do Norte).

As ações do projeto têm como objeto a análise das dimensões climáticas, ambientais, políticas e econômicas, assumida pelo Estado Brasileiro com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Dessa maneira, o Colóquio de Mudanças Climáticas e Territórios Negros é uma atividade gratuita e objetiva ampliar os diálogos com as pesquisadoras (es) negras associadas (os) e não-associadas (os) à ABPN, quanto as mudanças climáticas e os impactos nos territórios negros em realidades como a do semiárido nordestino, tendo em vista, a criação da Área Acadêmica de Mudanças Climáticas e Territórios Negros da associação. 

Organizado em formato remoto webinário o colóquio acontece no período de 09 de fevereiro à 02 de março de 2021, com nove Rodas Temáticas e três Mostras de Iniciação Cientifica Quilombola, com uma carga horária total de 48 horas, se dividi em três semanas: Semana 01 – Rodas Temáticas (Mudanças Climáticas, População Negra e Terras Ancestrais) e Mostra de Iniciação Cientifica Quilombola; Semana 02 – Rodas Temáticas (Territórios Negros, Soberania Energética e Racismo Ambiental) e Mostra de Iniciação Cientifica Quilombola; Semana 03 – Rodas Temáticas (Clima, Quilombos e Soberania Alimentar) e Mostra de Iniciação Cientifica Quilombola.

O público convidado para o Colóquio de Mudanças Climáticas e Territórios Negros, são professoras(es), estudantes, pesquisadoras(es), ativistas de direitos humanos, gestoras(es) pública, membros dos NEAB e NEABI, grupos correlatos, consorciados ao Conneab. Todas que tenham interesse em contribuir com os diálogos sobre Mudanças Climáticas em face do conflito e do reconhecimento de Territórios Negros. 

#MudançasClimaticasABPN

Em caso de dúvidas, entre em contato através do nosso e-mail:  mudanca.clima.abpn@gmail.com  



MUDANÇAS CLIMÁTICAS E TERRITÓRIOS NEGROS


Carta de Apoio a Criação da Área Acadêmica da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as – ABPN

 

 

  Nesse momento o mundo é pensando pela pandemia COVID-19, é o mundo que construímos nos últimos 520 anos como humanidade, olhado pela lente global, um mundo perverso, desigual, da não esperança, da não inclusão, não sustentável, não humano.

  Mas, se pensamos o mundo em escalas da vida em formas diferentes do viver, sentimos esse mesmo mundo como esperançoso, capaz de uma sociedade global, como diria o professor Milton Santos, um mundo da possibilidade.

  A sociedade global só é possível se todas as pessoas são reconhecidas no direito de viver. E não será construída pelos representantes do capital ocupante das esferas de poder global, formuladores de políticas que aprofundam as vidas humanas em desigualdades. A sociedade global nasce das escalas da igualdade e por isso nós pesquisadoras(es) nos movemos pela criação da Área Acadêmica de Mudanças Climáticas e Territórios Negros da Associação Brasileira de Pesquisadores/os Negros/as (ABPN).

 Uma área de conhecimento, ciência e fomento de pesquisas, que tem na Declaração da Conferência Mundial Contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata da Organização das Nações Unidas – ONU (Durban, 2001), sua base teórica política em respeito aos povos da África e Diásporas Africana, que à desenvolveu pelo princípio de humanidade nesse milênio.

  As recomendações e medidas da Declaração de Durban - 2001, são bases para o conhecimento em escala nacional e internacional das políticas de adaptação, mitigação e redução dos impactos das  Mudanças Climáticas, na vida da população negra e povos indígenas, diante dos compromissos do Estado Brasileiro com a: Conferência das Nações Unidas sobre Desertificação (1977); Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima -UNFCCC (1992); Convenção Sobre Diversidade Biológica – CDB (1992); Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas – Acordo de Paris (2015); Plano de Ação da Década Internacional do Povos Afrodescendentes (2015-2024); e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

 A Área Acadêmica será regulamentada conforme o Regimento da APBN e se desenvolverá pela interdisciplinaridade do conhecimento em alcance dos territórios negro e indígena, na contemporânea da vida nos biomas Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pantanal e Pampas.

 Diante do exposto, as participantes do Colóquio de Mudanças Climáticas e Territórios Negros 2021, reunidas(os) entre 09 de fevereiro e 03 de março de 2021, assinam essa Carta de Apoio pela Aprovação em Assembleia da ABPN, da Área Acadêmica de Mudanças Climáticas e Territórios Negros da Associação.

Contato

E-mail: mudanca.clima.abpn@gmail.com

 

               CLICK AQUI E ASSINE A CARTA DE APOIO 

Acesso a Programação e Transmissão do Colóquio

TRANSMISSÃO AQUI


Inscrições

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Palestrantes

{{item.nome}}



Organização do Evento

Alyne Barbosa Lima – ABPN/UFU

Diosmar M. Santana Filho – ABPN/UFF

Maria Malcher – ABPN/IFPA

Matheus de Castro Borsato – ABPN/UFU

Nicéa Quintino Amauro – ABPN/UFU


Diretoria da ABPN

Presidente - Prof. Dr. Cleber Santos Viera

Secretária Executiva - Profa. Dra.  Silvani Valentim

Diretor de Relações Institucionais - Prof. Dr. Delton Aparecido Felipe

Diretora de Relações Institucionais - Profa. Dra. Maria Malcher

Diretora de Áreas Acadêmicas - Profa. Dra. Vera Rodrigues

ASSOCIE-SE A ABPN

Prezadas, Prezados e Prezades


    A Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (APBN) tem como finalidade congregar pesquisadores visando desenvolver, integrar, divulgar e promover a pesquisa, a educação e a aplicação responsável do conhecimento, como forma de impulsionar o desenvolvimento humano e socioeconômico sustentável do País e do mundo. A sintonia entre movimento social, educação básica, ciência e saberes tradicionais é responsável por atribuir característica peculiar a esta associação. A ABPN tem maturidade e respeito junto à sociedade civil; junto às outras sociedades científicas, incluindo as coirmãs do exterior ASOCIACIÓN DE INVESTIGADORES/AS NEGROS/AS DE AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE –AINALC e a World Education Research Association (WERA). Junte-se a nós! Ao associar-se à ABPN, você estará contribuindo para a manutenção e ampliação das várias atividades da Associação.


ASSOCIE-SE AQUI


Endereço da ABPN: Estrada do Caminho Velho, n° 333 - Jd. Nova Cidade - Guarulhos - SP - CEP: 07252-312

Comissão Cientifica

Ana Carla Lima Portela - IFBA

Anna M. Canavarro Benite – ABPN/UFG

Azamor Coelho Guedes – IFBA

Diosmar M. Santana Filho – ABPN/UFF

Eliza da Silva Vianna– IFAL

Gilson José Rodrigues Junior - IFRN

Givânia Maria da Silva – ABPN/UNB

Henrique Oliveira de Andrade – IFBA

Israel Oliveira Junior – UEFS

Jorge Augusto de Jesus Silva – IFBaiano

Joyce Cristina da Silva Holanda – IFBA

Leonildes Nazar Chaves - UERJ

Lívia Brenda da Silva Barbosa -IFRN

Lucas Suassuna de Albuquerque Wanderley – IFAL

Maira Egito Alves de Lima – IFAL

Maria Malcher – ABPN/IFPA

Nicéa Quintino Amauro - ABPN/UFU

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}