1ª Mostra "Cariri, aqui tem SUS"

1ª Mostra "Cariri, aqui tem SUS"

presencial URCA - Universidade Regional do Cariri - Crato - Ceará - Brasil

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

20º Congresso Brasileiro de Bioinformática: X-Meeting 2024

Terça-Feira, 11 de Junho

Salvador, BA

Evento online

I Congresso Brasileiro de Saúde Física, Mental e Social (On-line)

Sábado, 30 de Março

5º SIMPÓSIO NACIONAL DE GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA & 2º SIMPÓSIO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO E SAÚDE

Terça-Feira, 23 de Abril

Gurupi, TO

V Congresso Internacional de Ciência, Saúde e Espiritualidade

Quinta-Feira, 11 de Abril

Juiz de Fora, MG

{{'Receba_os_melhores_eventos_da_sua_area' | translate}}

{{'Receber_eventos' | translate}}

RELAÇÃO FINAL DE TRABALHOS AVALIADOS E APROVADOS

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail.

PÔSTER

(avaliação concluída)

  1.  Declare seu amor por você mesmo: aprenda a prevenir o câncer do colo do útero.
  2.  A importância do grupo terapêutico no processo de inserção e acompanhamento das atendidas.
  3.  Monitoramento das coberturas vacinas do município de Jardim-CE.
  4.  Desinstitucionalização na Rede de Atenção Psicossocial: relato de experiência.
  5.  A atuação do Serviço Social na Policlínica de Iguatu e a viabilização dos direitos à Pessoa Com Deficiência.
  6.  A Concessão de Órtese, Prótese e Meios Auxiliares de Locomoção na Policlínica de Iguatu.
  7.  A Reterritorialização como Estratégia de Transformação no Município de Aurora, Ceará.
  8.  Varal solidário: doe o que puder, pegue o que precisar.
  9.  Surto da síndrome de mão-pé-boca no município de Jardim-CE.
  10.  Incentivo ao aleitamento materno: a importância da intervenção da equipe multiprofissional da Policlinica Regional de Iguatu.
  11.  Outubro rosa em Penaforte: ampliando horizontes na saúde feminina.
  12.  Visão para todos: mutirão oftalmológico em penaforte.
  13.  Atuação do Agente Comunitário de Saúde na vigilância e acompanhamento da vacinação em crianças.
  14.  Incentivo ao aleitamento materno: a importância da intervenção da equipe multiprofissional da Policlinica Regional de Iguatu
  15.  Atenção farmacêutica dispensada ao paciente com doença crônica por medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica: uma amostragem da Farmácia Básica do município de Porteiras-CE.
  16. Avaliação do estado de saúde mental em mães de crianças com deficiência utilizando a escala Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS) no SUS.
  17.  Análise da Implementação de Serviços para Pé diabéticos na Policlínica Barbara Pereira de Alencar, Campos Sales, CE.
  18.  A Concessão de Órtese, Prótese e Meios Auxiliares de Locomoção (OPM) na Policlínica Bárbara Pereira de Alencar – Campos Sales.
  19.  Compromisso e Prevenção: Estratégias de Detecção Precoce do Câncer de Mama.
  20. O Impacto Positivo da Ouvidoria na Policlínica Regional de Brejo Santo.
  21.  Rosa que Transforma: A Crescente Procura pela Mamografia Impulsionada pelo Outubro Rosa.
  22.  A importância da equipe multidisciplinar na intervenção precoce de uma criança com hidrocefalia: Estudo de caso.
  23.  Terapia alimentar como forma de melhorar a seletividade alimentar em crianças autistas.
  24.  A importância das orientações viabilizadas pelo assistente social: um estudo na Policlínica Aderson Tavares Bezerra/ CER IV em Crato-CE.
  25.  Pré-natal de alto risco: a integralidade do cuidado.
  26.  Fortalecimento Pedagógico na Residência em Cirurgia Geral: Relatório de Intervenção e Reflexões.
  27.  Monitoramento dos atendimentos na linha de cuidado de pré-natal de alto risco na atenção secundária.
  28.  Vigilância da doença de Chagas aguda, sensibilização dos profissionais da atenção primária quanto a prevenção e diagnóstico.
  29.  Autismo e suporte familiar: relações afetivas estabelecidas entre crianças com autismo.
  30.  Avaliação do estado de saúde mental em mães de crianças com deficiência utilizando a escala Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS) no SUS.
  31.  Atuação da psicologia na abordagem centrada na família em grupos de mães de crianças com diagnóstico de microcefalia no SUS.


APRESENTAÇÃO ORAL

(avaliação concluída)

  1.  Avaliação Nutricional de escolares da Zona Rural do município de Crato-CE: Um relato de experiência.
  2.  Projeto Acompanhando o Risco Para Combater o AVC: A Prevenção é Sempre o Melhor Caminho
  3.  O Cuidado a Criança Inicia Desde o Pré-Natal
  4.  Matriz SWOT como estratégia para melhoria da assistência à usuários com doenças crônicas não transmissíveis em uma estratégia de saúde da família no município de Jardim, Ceará.
  5.  Educação popular como prática emancipatória em saúde mental para população do campo.
  6. Territorialização com uso de georreferenciamento e estratificação de vulnerabilidade familiar na atenção primária à saúde com ênfase ao portador de hipertensão e população do campo.
  7. Educação em saúde sobre violência obstétrica na estratégia de saúde da família: um relato de experiência.
  8.  Atuação da equipe multiprofissional na promoção do cuidado integral a gestantes.
  9. Práticas integrativas e complementares em saúde (pics) ofertadas na atenção básica.
  10.  Estratificação de vulnerabilidade social familiar e individual em gestantes no pré-natal: um relato de experiência.
  11.  Relato de experiência: Georreferenciamento na Atenção Primária à Saúde.
  12.  A Harmonia da Musicoterapia nos Tratamentos Odontológicos na Atenção Primária à Saúde
  13. Processo de informatização como melhoria da assistência as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.
  14. O cuidado das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e redução de complicações neurológicas e cardiológicas dos pacientes cadastrados de uma ESF no município de Porteiras – CE.
  15. Ação educativa em saúde: reorganização do programa HIPERDIA na ESF do município de Porteiras – CE.
  16. Avaliação motora em crianças de 0 a 2 anos de idade na atenção primária à saúde.
  17. Primeiros socorros para crianças e adolescentes em uma escola de ensino fundamental: relato de experiência.
  18.  Assistência de enfermagem ao pré-natal na atenção básica: um relato de experiência.
  19.  Incentivo ao aleitamento materno exclusivo por meio da detecção precoce do frênulo lingual através da realização do teste da linguinha durante a visita puerperal na atenção primária.
  20. Abordagem das práticas integrativas na redução da dor muscular em gestantes.
  21. Residência multiprofissional em saúde coletiva como estratégia de fortalecimento das redes de atenção à saúde.
  22.  Residência multiprofissional em saúde coletiva como estratégia de fortalecimento das redes de atenção à saúde.
  23.  Grupo terapêutico “mães atípicas”: a importância do suporte psicossocial no acolhimento das vivências familiares. 
  24. Uso do perfil de estilo de vida individual e plano de autocuidado apoiado na assistência de enfermagem frente à hipertensão arterial e diabetes mellitus.
  25. Nascer Bem Mauriti: Projeto para promoção de cuidados materno-infantil do município de Mauriti, Ceará.
  26.  Desafios da Rede de Atenção Psicossocial no processo de Desinstitucionalização: Relato de Experiência.
  27.  Construção do protocolo de vinculação da gestante: relato de experiencia.
  28.  Planejamento das Ações Preventivas das Arboviroses com Utilização da Matriz SWOT.
  29.  Fortalecendo o cuidado em saúde mental através do trabalho colaborativo: relato de experiência.
  30.  Atuação do enfermeiro no acolhimento com classificação de risco em urgência e emergência: um relato de experiência.
  31.  Adolescentes que querem chamar atenção: percepção do profissional da Estratégia Saúde da Família-ESF sobre comportamento autolesivo.
  32.   Intervenções em grupo, multidisciplinaridade e interação parental: atividades orgânicas no centro especializado em reabilitação – IV em Crato-CE.
  33.  Grupo Viver Bem em Orós: Promovendo o Envelhecimento Saudável.
  34. Nascer Bem Mauriti: Projeto de qualificação a atenção à saúde da mulher no ciclo da gestação, do parto e do puerpério na Rede de Atenção Materno Infantil no município de Mauriti, Ceará.
  35.  Inclusão aquática: o Projeto Tibuum transformando vidas de crianças com necessidades especiais.
  36. Telenfermagem na assistência a bebês e crianças com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor durante a pandemia da COVID - 19.
  37.  Estratificação de Risco Cardiovascular através da iniciativa Hearts no município de Cedro-CE
  38.  Método Baby-Led Weaning (BLW) de introdução alimentar: uma experiência exitosa realizada na Atenção Primária a Saúde na cidade de Santana do Cariri – CE.
  39.  Conexões vivas: trilhando caminhos de saúde mental e cultural em Milagres, Ceará.
  40.  Prevenção de gravidez na adolescência: estratégias integradas e resultados significativos na saúde da mulher em Abaiara, Ceará.
  41. Atuação do nutricionista em sala de espera como um espaço de promoção da saúde e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis na Policlínica Aderson Tavares Bezerra, no município de Crato, estado do Ceará, Brasil.
  42.  Competências e habilidades da reabilitação: relato de caso Policlínica Bárbara Pereira de Alencar – Campos Sales.
  43.  Impacto da campanha outubro rosa no rastreamento do câncer de mama.
  44.  Sala de espera como espaço acolhedor no cuidado em saúde mental: relato de experiência.
  45.  A importância do centro especializado em reabilitação tipo IV para microrregião do Crato.
  46.  Uso de tecnologia para o monitoramento de indicadores materno e infantil dentro na rede de atenção à saúde.
  47.  Educação permanente em saúde: uma estratégia para a redução do risco cardiovascular.
  48. Resgatando esperança e construindo novas manhãs com o Centro de Atendimento Multidisciplinar Especializado.
  49. Saúde e trabalho: construindo intervenções e promovendo saúde para os colaboradores da secretaria municipal de infraestrutura de Mauriti.
  50. Projeto “acolhendo com afeto de quem cuida” - uma rede de apoio, cuidado e partilha no CER IV da Policlínica Aderson Tavares Bezerra, Região do Cariri: um relato de experiência sobre o acolhimento às crianças com autismo e seus cuidadores.
  51. Pré-natal familiar humanizado: vivência única e estratégia de adesão ao autocuidado em saúde preventiva.
  52. Vigilantes da vacina: estratégia de ampliação da cobertura vacinal através da gamificação.
  53. PlayTea: tecnologia mHealth para Orientação de Pais e Cuidadores de Crianças com Transtorno do Espectro Autista.
  54. Mutirões de saúde: PSF Vieira na vanguarda do Cuidado.
  55. Uso do WhatsApp como ferramenta de comunicação entre Atenção Primária e Regulação: Uma experiência exitosa na qualificação dos encaminhamentos e agendamentos das gestantes em Cedro-CE.
  56. Atuação do Profissional de Educação Física no Centro Especializado em Reabilitação CER – IV na cidade de Crato - CE

A ordem dos trabalhos é aleatória e não representa nenhum tipo de classificação. Última atualização: 11/12/2023, 13h00.

Sobre o evento

A Mostra "Cariri, aqui tem SUS" é um evento gratuito, que tem como objetivo oportunizar a troca de experiências bem-sucedidas no SUS nos 45 municípios da região do Cariri.

Inscrições

{{'Label_CodigoPromocionalAplicadoComSucesso' | translate}}
{{'Label_Presencial' | translate}} {{'Label_Online' | translate}} {{'Label_PresencialEOnline' | translate}}

{{item.titulo}}

{{'Label_DoacaoAPartir' | translate}} {{item.valores[0].valor | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{item.descricao}}
{{'Titulo_Gratis' |translate}} {{viewModel.configuracaoInscricaoEvento.descricaoEntradaGratis}}
{{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}} {{entrada.valor | currency:viewModel.evento.moeda}}  

{{entrada.valorComDesconto | currency:viewModel.evento.moeda}}

{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Titulo_Ate' | translate}} {{entrada.validoAte |date: viewModel.evento.cultura.formatoData}}
{{'Label_APartirDe' | translate}} {{entrada.validoDe | date:viewModel.evento.cultura.formatoData}}
Calendar

{{'Titulo_NaoDisponivel' | translate}}

Edital 01/2023 - Chamada para Apresentação de Trabalhos

EDITAL 01/2023

1ª MOSTRA “CARIRI, AQUI TEM SUS”

CHAMADA PARA TRABALHOS


A Superintendência da Região de Saúde do Cariri torna pública a abertura das inscrições e estabelece critérios para a seleção, avaliação e premiação de experiências na 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS: inovação e redes de atenção em saúde”, a ser realizada no período de 07 a 08 de dezembro de 2023, em formato presencial, com inscrição gratuita.

 

1.  DOS OBJETIVOS

1.1 Constituem objetivos da 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”:

a.    Propiciar o intercâmbio de experiências municipais e estaduais bem-sucedidas nos niveis de atenção à saúde do Sistema Único de Saúde (SUS);

b.    Estimular, fortalecer e divulgar as ações desenvolvidas nos territórios visando à garantia do direito à saúde;

c.    Dar visibilidade às práticas de saúde na abrangência da gestão municipal e estadual segundo a realidade dos territórios;

d.    Promover um espaço para a troca de experiências e reflexões sobre a gestão e organização de serviços de saúde;

 

2.  DOS PARTICIPANTES

2.1  A apresentação de experiências é aberta a profissionais e trabalhadores de saúde que atuam no Sistema Único de Saúde da Região de Saúde do Cariri.

 

3.  DOS TRABALHOS

3.1  O resumo deve ser redigido de acordo com a norma culta e a nova ortografia da língua portuguesa, com o corpo do texto contendo entre 250 e 500 palavras, em uma única página, conforme a NBR 6028/2021.

3.2  Deverá ser utilizada a fonte Times New Roman, tamanho 12, justificado, sem parágrafo, com espaçamento simples (12pt) entre linhas, páginas tamanho A4, com margens superior e esquerda de 3,0 cm e inferior e direita de 2,0 cm do texto.

3.3  O texto deve ser conciso, tratando unicamente do conteúdo do trabalho, contendo: breve introdução, objetivos, metodologia, resultados exitosos e conclusões ou considerações finais. O relator não deve colocar essas palavras no texto.

3.4  Indicar no mínimo 3 e no máximo 5 palavras-chave, separadas por ponto e vírgula.

3.5  Gráficos, figuras, tabelas e afins não serão permitidos, sendo o resumo desclassificado automaticamente.

3.6  É obrigatório informar a categoria temática e a modalidade de apresentação para a qual o trabalho está sendo submetido. Também não serão aceitos anexos, apêndices ou arquivos suplementares.

 

4.  DA SUBMISSÃO

4.1  Os trabalhos deverão ser submetidos até às 23h59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos), horário de Brasília, da data limite de envio dos trabalhos, conforme cronograma estabelecido neste edital.

4.2  O resumo deve ser enviado em formato Portable Document Format (PDF) através do e-mail da Comissão Científica do evento: comissaocientificamostracariri@gmail.com, informando no campo “assunto” o texto SUBMISSÃO seguido do número de inscrição do autor responsável.

4.3  O envio de trabalhos deve ser realizado por apenas 01 (um) dos autores, e todos os autores devem estar inscritos no evento.

4.4  Será permitido a cada participante submeter, na condição de relator, até 02 (dois) trabalhos completos. Não há limite para coautoria.

4.5  Cada resumo deverá ser submetido apenas uma vez e deve estar organizado de acordo com uma das categorias estabelecidas no item 5.3 deste regulamento.

4.6  Serão aceitos até 06 (seis) autores por trabalho, incluindo o relator e os demais coautores.

4.7  Os trabalhos recebidos fora do prazo estabelecido e/ou que não se enquadrarem nas normas especificadas, não serão encaminhados para avaliação, sendo automaticamente desclassificados, não cabendo recurso.

4.8  O resultado da avaliação dos trabalhos será disponibilizado na página do evento conforme cronograma estabelecido.

4.9  O modelo para submissão de trabalho encontra-se disponível no apêndice I deste edital.

4.10  No ato da inscrição, o autor se declara ciente e de acordo com o inteiro teor deste regulamento, bem como se responsabiliza pela veracidade das informações ali inseridas.

4.11  Os autores declaram ser os titulares, ou terem a autorização dos titulares dos seus direitos de imagem e voz incluídas na apresentação a ser realizada na 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”, assumindo inteira responsabilidade com relação ao uso das mesmas e isentando a organização do evento de toda e qualquer responsabilidade por quaisquer danos e/ou litígios decorrentes de tal uso;

4.12  Ao submeter o trabalho, os autores autorizam a organização do evento, através da Superintendência da Região de Saúde do Cariri, a publicar e/ou divulgar os trabalhos apresentados na 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”, em âmbito nacional e/ou internacional, integralmente ou em parte, incluindo as imagens ou mídias relacionadas ao trabalho e, também, o e-mail de contato indicado no ato da inscrição, com citação da autoria, pelos meios de reprodução, divulgação e formato que julgar necessário.

 

5.   DA SELEÇÃO DOS TRABALHOS

5.1  A seleção dos trabalhos para apresentação na 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS” será realizada pela Comissão Cientifica do evento, em conformidade com o presente regulamento.

5.2  O trabalho submetido poderá ser classificado como:

·         Aceito;

·         Recusado;

5.3  Serão considerados aptos para realização de inscrição os trabalhos que se enquadrem em uma das seguintes categorias temáticas, que deve ser indicada no momento da submissão:

·      Categoria I - Rede de Atenção Materna e Infantil;

·      Categoria II – Rede de Cuidado à Pessoa com Deficiência;

·      Categoria III - Rede de Atenção às Doenças e Condições Crônicas e/ou Rede de Atenção às Urgência e Emergências;

·      Categoria IV – Rede de Atenção Psicosocial.

5.4  Para a seleção dos trabalhos da 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”; serão observados pelos avaliadores os seguintes critérios:

a.  Conteúdo: desenvolvimento do tema com fundamentação científica adequada e que se relaciona à modalidade temática escolhida (0 a 10 pontos);

b.  Coerência teórica e metodológica: uso de conceitos adequados, pertinência dos objetivos, metodologia e resultados (0 a 10 pontos);

c.   Consistência: encadeamento lógico entre as partes do resumo, tornando a totalidade do texto consistente e compreensível para o leitor (0 a 10 pontos);

d.  Abrangência: atualidade, originalidade, relevância e inovação, considerando a categoria temática (0 a 10 pontos);

e.  Forma: escrita clara, coerente e concisa, respeitando a ortografia e gramática vigentes, acentuação e pontuação (0 a 10 pontos).

5.5  Será estabelecida a média de pontos entre os cinco quesitos avaliados. Somente os resumos com média superior a 7 (sete) pontos serão selecionados para apresentação.

5.6  Os trabalhos não poderão ser substituídos depois de submetidos no site do evento.

5.7  As experiências submetidas ao evento não necessitam ser inéditas, mas devem ter sido efetivamente implementadas e consideradas bem-sucedidas, no sentido de estar contribuindo para a gestão do SUS e para a garantia do direito à saúde da população, não sendo possível, portanto, a submissão de experiência que ainda não tenha sido colocada em prática (projeto) ou que não esteja vigente.

5.8  As experiências submetidas à seleção não podem ter sido premiadas em outros eventos.

5.9  O resultado da avaliação dos trabalhos será disponibilizado de acordo com o cronograma do evento.

 

6.  DA APRESENTAÇÃO

6.1  Os trabalhos submetidos a 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS” serão apresentados exclusivamente em uma seção de comunicação oral ou pôster em formato presencial, em local e data a ser divulgado junto com a publicação do resultado dos trabalhos aceitos.

6.2  No horário estipulado para as apresentações de pôsteres, faz-se obrigatória a presença constante de, no mínimo, um dos autores para responder a possíveis questionamentos.

6.3  A exposição de posteres ocorrerá por categoria temática, de acordo com a programação divulgada na página do evento.

6.4  O pôster deverá, obrigatoriamente, ser confeccionado nas dimensões de 120 cm de altura por 90 cm de largura (sentido vertical) e com acessório que suporte sua fixação nos suportes que serão disponibilizados para tal – verificar template.

6.5  As apresentações orais acontecerão conforme programação divulgada no site do evento, em salas definidas pela Comissão Organizadora, equipadas com computador e datashow.

6.6  O autor responsável pela apresentação oral deverá levar consigo a apresentação, de acordo com o template do evento, em pen drive nos formatos powerpoint ou PDF.

6.7  Os trabalhos apresentados na forma oral terão até 10 (dez) minutos para apresentação, mais 5 (cinco) minutos para a realização de debate.

6.8  Será possível alterar o autor responsável pela apresentação, desde que formalizado pelo e-mail da comissão científica (comissaocientificamostracariri@gmail.com).

6.9  A responsabilidade pela elaboração do material necessário à apresentação do trabalho é dos autores e deverá seguir template disponibilizado pela Comissão Científica do evento.

6.10   Independente da modalidade, é proibida a apresentação por terceiros (não autores ou não inscritos no evento).

6.11   Na impossibilidade de os autores estarem presentes no momento da visita do avaliador, não poderão fazê-lo em outro momento e não receberão certificado de apresentação.

 

7.  DA AVALIAÇÃO DURANTE AS APRESENTAÇÕES

7.1  Apenas os trabalhos apresentados na modalidade oral concorrerão à premiação.  

7.2  A avaliação das apresentações na modalidade oral será realizada por uma banca formada por três avaliadores, observando os critérios de pontuação a seguir:

·         Relevância e alinhamento aos princípios do SUS (0 a 20 pontos);

·         Resultados alcançados (0 a 20 pontos);

·         Caráter inovador e possibilidade de replicação (0 a 20 pontos);

·         Clareza e organização da apresentação (0 a 20 pontos);

·         Domínio do conteúdo e utilização adequada do tempo (0 a 20)

7.3  A nota final será estabelecida pela soma da nota em cada critério utilizado.

7.4  Em caso de empate, serão utilizados como critério de desempate sucessivamente:

                I.   A maior nota no item resultados alcançados;

               II.    A maior nota no item relevância;

             III.   A maior nota no item caráter inovador e possibilidade de replicação;

             IV.   A maior nota no item clareza e organização da apresentação;

              V.   A maior nota no item domínio do conteúdo e utilização adequada do tempo;

             VI.   O trabalho com submissão mais antiga.

 

8.  DA PREMIAÇÃO

8.1 Serão premiados três trabalhos em cada categoria temática, conforme critérios de avaliação e pontuação.

8.2  Haverá distinção dos trabalhos premiados entre 1º, 2º e 3º lugar para cada categoria temática, que receberão certificado de honra 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”, com nome de todos os autores participantes do trabalho.

8.3  O relator de cada trabalho premiado receberá medalha de reconhecimento.

 

9.  DO CRONOGRAMA

ETAPA DO EDITAL

DATA

Lançamento do edital

20 de outubro de 2023

Inscrição no evento

20 de outubro a 01 de dezembro de 2023

Prazo para submissão de experiências

20 de outubro a 01 de dezembro de 2023

Divulgação das submissões aceitas

08 de dezembro de 2023

Período da realização do evento

12 e 13 de dezembro de 2023

Divulgação dos trabalhos premiados e premiação

13 de dezembro de 2023


10.      OUTRAS DISPOSIÇÕES

10.1  A qualquer tempo, o presente Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, seja por decisão dos organizadores, seja por motivo de interesse público, exigência legal ou contingenciamento de recursos, sem que isso implique em direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza. Possíveis alterações serão comunicadas através da página do evento na internet.

10.2  Os trabalhos apresentados são de inteira responsabilidade dos seus autores, não expressando as ideias dos membros da Comissão Organizadora da I Mostra “Cariri, aqui tem SUS”.

10.3  À Comissão Científica da I Mostra “Cariri, aqui tem SUS” reserva-se o direito de resolver casos omissos e situações não previstas no presente edital.

 

 

 

Tereza Cristina Mota de Souza Alves

Presidente da Comissão Científica e Organizadora

da 1ª Mostra “Cariri, aqui tem SUS”

 

 

COMISSÃO CIENTÍFICA E ORGANIZADORA DA 1ª MOSTRA “CARIRI, AQUI TEM SUS”

Ana Bruna Macedo

Ana Paula Agostinho Alencar

Cynthia Aguiar Frota Neves

Damião Maroto Gomes Junior

Hermes Melo Teixeira Batista

Josué Barros Junior

Luciana Sobreira de Matos

Maria de Fátima Vasques

Rondinelle Alves do Carmo

Tereza Cristina Mota de Souza Alves

Local do Evento

Atividades

{{item.titulo}}
{{item.horaInicio}}-{{item.horaFim}}
Calendar

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}