ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO ESTEREÓTIPO DAS PRINCESAS DISNEY: A RESSIGNIFICAÇÃO DO PAPEL SOCIAL DA MULHER

Publicado em 22/05/2023 - ISBN: 978-85-5722-767-5

DOI
10.29327/xiv-forum-de-pesquisa-e-extensao-da-escola-de-aplicacao-da-ufpa-295677.609978  
Título do Trabalho
ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO ESTEREÓTIPO DAS PRINCESAS DISNEY: A RESSIGNIFICAÇÃO DO PAPEL SOCIAL DA MULHER
Autores
  • Larissa Carolina Brito De Andrade
  • Vergas Vitoria Andrade da Silva
Modalidade
Comunicação Oral - com envio de resumo (conforme Modelo Anexo I) e do artigo completo (conforme modelo Anexo II) para ser publicado no e-book do evento nos eixos temáticos.
Área temática
03. Questões de gênero e étnico-raciais.
Data de Publicação
22/05/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/xiv-forum-de-pesquisa-e-extensao-da-escola-de-aplicacao-da-ufpa-295677/609978-analise-da-evolucao-do-estereotipo-das-princesas-disney--a-ressignificacao-do-papel-social-da-mulher
ISBN
978-85-5722-767-5
Palavras-Chave
Animações Disney. Bases Histórico-Sociais. Relações de Gênero.
Resumo
Esta pesquisa realiza um estudo analítico das personagens femininas nas animações Disney, voltando-se, precisamente, a observação do longa-metragem das Princesas, a representação da figura da mulher e as bases histórico-sociais ao qual essas animações encontram-se inseridas. Neste sentido, o objetivo do trabalho é compreender a representação feminina, o papel e função social da mulher e as relações de gênero. Para tanto, as animações analisadas por essa pesquisa foram “Branca de Neve e os Sete Anões” (1937) e “A Princesa e o Sapo” (2009). Utilizou-se como metodologia, a análise dos discursos ocultos nas falas das personagens e o estudo bibliográfico, somando-se a isso, a busca pela compreensão do feminismo para o entendimento das questões relativas ao gênero. Nossos resultados apontam para uma evidente e qualitativa ressignificação da figura da mulher. Antes a personagem feminina dedicava-se alegremente aos cuidados do lar (Branca de Neve), enquanto, a personagem Tiana, da segunda animação supracitada, sonha e luta diariamente para ter qualidade de vida e abrir seu próprio negócio (seu restaurante). O artigo conclui que, a mídia é uma ferramenta capaz não apenas de difundir informações, mas de influenciar e formar indivíduos, assim sendo, tanto as mídias digitais como televisivas, são instrumentos “formadores” de opinião, capazes de propagar discursos e “ditar” padrões de comportamento, que passam por processos de mudanças ao longo do tempo, essas mudanças são fruto de modificações oriundas do seio da sociedade e de sua cultura no decorrer da história.
Título do Evento
XIV Fórum de Pesquisa e Extensão da Escola de Aplicação da UFPA
Cidade do Evento
Belém
Título dos Anais do Evento
Anais do XIV Fórum de Pesquisa e Extensão da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI

Como citar

ANDRADE, Larissa Carolina Brito De; SILVA, Vergas Vitoria Andrade da. ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO ESTEREÓTIPO DAS PRINCESAS DISNEY: A RESSIGNIFICAÇÃO DO PAPEL SOCIAL DA MULHER.. In: Anais do XIV Fórum de Pesquisa e Extensão da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará. Anais...Belém(PA) EA-UFPA, 2022. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/xiv-forum-de-pesquisa-e-extensao-da-escola-de-aplicacao-da-ufpa-295677/609978-ANALISE-DA-EVOLUCAO-DO-ESTEREOTIPO-DAS-PRINCESAS-DISNEY--A-RESSIGNIFICACAO-DO-PAPEL-SOCIAL-DA-MULHER. Acesso em: 12/07/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes