POÉTICA DE INSTABILIDADE NA VIDEODANÇA TUDO É CHÃO

Publicado em 30/06/2023 - ISSN: 2358-6877

Título do Trabalho
POÉTICA DE INSTABILIDADE NA VIDEODANÇA TUDO É CHÃO
Autores
  • Clara Faria Trigo
Modalidade
Vídeos
Área temática
Dança
Data de Publicação
30/06/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/xijornadaiicoloquio/538764-poetica-de-instabilidade-na-videodanca-tudo-e-chao
ISSN
2358-6877
Palavras-Chave
Poética de Instabilidade; Videodança; Surrealismo
Resumo
Videodança é a dança criada para a câmera (Cubas, 2007). Essa definição ajuda a diferenciar registros audiovisuais feitos a partir de espetáculos cênicos, de obras de videodança, feitas com uma “lógica de dança”, que resumo aqui como uma lógica exploratória de movimento, capaz de “fazer o mundo dançar” (Deren apud Cubas, 2007). Diferentemente da ideia de previsibilidade total, existente em outras categorias videográficas, esta videodança foi feita através da improvisação sobre o equipamento 4GetGravity. Tal estrutura rolante, desenvolvida especificamente para a pesquisa de doutorado em andamento, permite o efeito mágico de subversão da gravidade. A percepção do giro desaparece pelo fato da câmera girar junto à estrutura. A ideia é oferecer ao público a visão de um universo onírico no qual a gravidade não atende a uma única direção, mas permite variações, deslizamentos e alcances impossíveis ao nosso estado de vigília, realizáveis apenas em nossa imaginação. Assim como o Barão de Munchausen consegue, no seu mundo de fantasia literária, erguer-se da queda puxando-se pelo próprio cabelo, nesta videodança, cria-se a possibilidade de sonhar com um universo no qual a gravidade obedece aos desígnios daquela personagem, totalmente adaptada à sua variação, apta ao trânsito pelas quatro paredes, não aprisionada ao chão. No espaço recortado de uma caixa preta retangular, é possível ver a personagem transitando pelo espaço, como se a força gravitacional variasse, oras “puxando” o corpo para cima, oras para baixo, oras para um lado, oras para o outro. Caixa preta é uma expressão cheia de significados que remetem a segredos bem guardados. Para a dança e o teatro, caixa preta é sinônimo de palco em formato italiano, no qual a magia é possível. Nesta videodança, a caixa preta é literalmente o espaço mágico, onde impossibilidades físicas se realizam. Esta videodança entra no conjunto de obras e expressões artísticas, pertencentes ao que venho caracterizando como Poética de Instabilidade, meu objeto de estudo, cujos aspectos principais envolvem: - Inversão concreta e simbólica de posições, equilíbrios e sentidos; - Jogo com a percepção; - Subversão de leis físicas (gravidade; impenetrabilidade); - Mudanças de bases de apoio (retirada dos pés do chão, novos apoios no espaço e no corpo, outros “chãos”); - Impossibilidades que se realizam (como ela pode estar sentada na parede?); - Dissolução de fronteiras; - Questionamento sobre certo e errado, dentre outras. O impacto esperado é de surpresa, perplexidade, graça e curiosidade. Espera-se que as pessoas sejam surpreendidas pela impossibilidade que se realiza diante de seus olhos; que sorriam e passem a se perguntar: “como é possível?”. Espera-se que a audiência sinta curiosidade, queira repetir a experiência e passe a levantar hipóteses sobre o que seria “truque de vídeo”; o que seria “possível”; “real” ou efeito do mundo digital. Espera-se ainda que a videodança acenda a vontade de sonhar com o que ainda não existe e de realizar o que se sonha.
Título do Evento
XI Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas e II Colóquio de Pesquisa em Artes nas Escolas
Cidade do Evento
João Pessoa
Título dos Anais do Evento
Anais da Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

TRIGO, Clara Faria. POÉTICA DE INSTABILIDADE NA VIDEODANÇA TUDO É CHÃO.. In: Anais da Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas. Anais...João Pessoa(PB) UFPB- CCTA, 2022. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/XIJornadaIIColoquio/538764-POETICA-DE-INSTABILIDADE-NA-VIDEODANCA-TUDO-E-CHAO. Acesso em: 18/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes