POTENCIAL DO MICROBIOMA ENDOFÍTICO (GLYCINE MAX (L.) MERRILL) PARA BIOCONTROLE DE SCLEROTINIA SCLEROTIORUM (LIB.) DE BARY

Publicado em 09/06/2023 - ISBN: 978-85-5722-785-9

Título do Trabalho
POTENCIAL DO MICROBIOMA ENDOFÍTICO (GLYCINE MAX (L.) MERRILL) PARA BIOCONTROLE DE SCLEROTINIA SCLEROTIORUM (LIB.) DE BARY
Autores
  • Natália Ferraz Bertachini Speltri
  • Derlene Attili de Angelis
Modalidade
Apresentação de Pôster
Área temática
Microbiologia
Data de Publicação
09/06/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Inglês
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/v-gbmeeting/609706-potencial-do-microbioma-endofitico-(glycine-max-(l)-merrill)-para-biocontrole-de-sclerotinia-sclerotiorum-(lib)
ISBN
978-85-5722-785-9
Palavras-Chave
Soybean, Biocontrol, Endophytic fungi
Resumo
A soja é uma das commodities que movimentam a economia mundial e no Brasil é especialmente importante uma vez que somos o maior produtor de soja do mundo, gerando alto índice de empregos para a população. O sistema de produção agrícola envolve a adição de fertilizantes e combate a pragas com uso de agroquímicos, no entanto o investimento em controle sustentável está sendo encorajado. No tocante, o controle biológico busca estimular a produção e minimizar os prejuízos causados por ações bióticas e abióticas através de antagonistas naturais dos fitopatógenos. O objetivo deste trabalho foi investigar os fungos endofíticos cultiváveis provenientes da raiz, pecíolo, grão e folha, tanto sadios como doentes, e testar a ação antagonista frente ao fitopatógeno Sclerotinia sclerotiorum. Para tal, os fungos endofíticos e fitopatógenos foram isolados em Batata-Dextrose-Agar (BDA); Malte 2% (MA 2%) e Ágar-Aveia (AA) suplementados com antibiótico cloranfenicol e estreptomicina 100ug mL-1. No total, foram isolados 826 fungos endofíticos. Um acervo de 55 fitopatógenos foram sequenciados para autenticação da espécie S. sclerotiorum. O teste de antagonismo foi realizado a partir de 240 fungos endofíticos e foi selecionado 10 linhagens com potencial antagonista. O próximo passo, envolve confirmar os endofíticos antagonistas por meio da técnica de cultura pareada e autentica-los. Este trabalho revelará novos fungos endofíticos que poderão compor um bioproduto para o controle de S. sclerotiorum, os quais serão depositados na CBMAI (DRM/CPQBA), fomentando pesquisas futuras na área do controle biológico.
Título do Evento
V GBMeeting
Cidade do Evento
Campinas
Título dos Anais do Evento
Anais do GBMeeting: Encontro Anual da Pós Graduação em Genética e Biologia Molecular da UNICAMP
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

SPELTRI, Natália Ferraz Bertachini; ANGELIS, Derlene Attili de. POTENCIAL DO MICROBIOMA ENDOFÍTICO (GLYCINE MAX (L.) MERRILL) PARA BIOCONTROLE DE SCLEROTINIA SCLEROTIORUM (LIB.) DE BARY.. In: Anais do GBMeeting: Encontro Anual da Pós Graduação em Genética e Biologia Molecular da UNICAMP. Anais...Campinas(SP) Unicamp, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/v-gbmeeting/609706-POTENCIAL-DO-MICROBIOMA-ENDOFITICO-(GLYCINE-MAX-(L)-MERRILL)-PARA-BIOCONTROLE-DE-SCLEROTINIA-SCLEROTIORUM-(LIB). Acesso em: 21/07/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes