{{viewModel.configuracaoAnais.tituloAnais}}

{{viewModel.configuracaoAnais.localAnais}}








Aguardando geração dos anais

- Nenhum trabalho disponível -
{{item.tituloProjeto}} {{casearNomePessoal(item.autores)}}


{{viewModel.configuracaoAnais.tituloAnais}}


Apresentação

Os parâmetros temporais e espaciais que tradicionalmente serviram para demarcar a área de atuação do arquivista encontram-se hoje associados a um vertiginoso processo de virtualização do mundo. Até que ponto esse fenômeno, responsável pelo aparecimento de ambientes em que convivem diferentes suportes, linguagens, técnicas de registro, meios de transmissão e formatos, permite a sustentação dos princípios e conceitos que têm sido aplicados ao tratamento dos documentos de arquivo? A questão, que pode ser abordada em seu sentido mais geral, afeta com idêntica intensidade cada um dos eixos temáticos em torno dos quais a comunidade de profissionais da área, do Brasil e de outros países, tem produzido reflexões teóricas e experimentado soluções práticas, contribuindo para o entendimento desse novo cenário.

Sob a temática central “Arquivo, documento e informação em cenários híbridos”, o Simpósio Internacional de Arquivos, promovido pela Associação de Arquivistas de São Paulo, ofereceu, por meio de Diálogos e Seminários, um painel abrangente e multifacetado da Arquivologia nos dias de hoje.

Pensado inicialmente como um encontro presencial de três dias, com o advento da COVID-19, o evento sofreu uma grande reformulação, transformando-se em um simpósio internacional totalmente on-line e ao vivo, realizado no período de 5 a 13 de dezembro de 2020.

O evento contou com uma gama diversificada de atividades: uma conferência de abertura, nove mesas-redondas, oito seminários temáticos nos quais foram distribuídos os trabalhos submetidos e aprovados, uma mostra virtual de áudio-pôsteres e uma conferência de encerramento, num total de 80 horas de atividades, além de oferecer um leque com vinte opções de minicursos, com carga horária individual de 6 horas.

Se, por um lado, a pandemia causou o isolamento social e a “digitalização” de nossas vidas,  por outro, e graças à tecnologia, possibilitou a democratização do conhecimento e a aproximação de estudantes de graduação, de cursos técnicos e de pós-graduação, de professores, especialistas e profissionais da área que se encontravam em lugares distantes e em fusos horários distintos.

Com a publicação dos textos completos das conferências, palestras e dos trabalhos apresentados durante o evento, a ARQ-SP encerra oficialmente o I Simpósio Internacional de Arquivos, desejando que sua leitura suscite novos desafios, novas pesquisas e a difusão de novos conhecimentos.

 

São Paulo, junho de 2021.

 

Ana Célia Navarro de Andrade

Presidente da ARQ-SP

Coordenadora-geral do SIA 2020




Periodicidade da publicação
{{viewModel.denominacaoPeriodicidade}}
Idioma(s)
Português
Editor
Even3 - R. Sen. José Henrique, 231 - Sala 509 - Ilha do Leite, Recife - PE



Periodicidade da publicação
{{viewModel.denominacaoPeriodicidade}}
Idioma(s)
Português
Editor
Even3 - R. Sen. José Henrique, 231 - Sala 509 - Ilha do Leite, Recife - PE
{{item.denominacao}}

Responsável


Não existem edições anteriores