MORTE SÚBITA EM BEZERRO CAUSADA POR BABESIOSE E ANAPLASMOSE CONGÊNITA ASSOCIADA A INTOXICAÇÃO TRANSPLACENTÁRIA POR TIMBÓ

Publicado em 18/04/2023 - ISBN: 978-85-5722-715-6

Título do Trabalho
MORTE SÚBITA EM BEZERRO CAUSADA POR BABESIOSE E ANAPLASMOSE CONGÊNITA ASSOCIADA A INTOXICAÇÃO TRANSPLACENTÁRIA POR TIMBÓ
Autores
  • William De Oliveira Ariotti
  • Paula Borelli Taborda
Modalidade
Resumo
Área temática
Resultados de campo
Data de Publicação
18/04/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/simposio-sul-de-reproducao-animal-aplicada-em-bovinos-305277/613743-morte-subita-em-bezerro-causada-por-babesiose-e-anaplasmose-congenita-associada-a-intoxicacao-transplacentaria-po
ISBN
978-85-5722-715-6
Palavras-Chave
Tristeza parasitária bovina congênita, Ateleia glazioviana, mortalidade neonatal.
Resumo
A tristeza parasitária bovina (TPB) é uma das enfermidades mais frequentes em bovinos de corte e de leite no Rio grande do Sul. A doença é causada pelos agentes intraeritrocitários Babesia spp. e Anaplasma spp. Recentemente foi descoberto que estes agentes apresentam alto potencial de infecção transplacentária, e quando isso ocorre há abortamentos, natimortalidade e/ou morte neonatal devido a apresentação clínico-patológica da TPB. A Ateleia glazioviana, conhecida popularmente como Timbó, é uma planta que causa intoxicação em bovinos no Sul do Brasil. A intoxicação pode cursar com sinais clínicos nervosos, fibrose cardíaca, insuficiência cardíaca congestiva e morte súbita. A ingestão da planta também é associada à casos de abortamentos, natimortalidade e/ou morte neonatal, com os neonatos apresentando danos nervosos, cardíacos ou hepáticos. O objetivo deste trabalho é relatar pela primeira vez um caso de babesiose e anaplasmose congênita associada a intoxicação transplacentária por timbó em um bezerro. O caso ocorreu no verão de 2021, em um rebanho bovino, raça Red Angus, composto por 45 matrizes, entre elas fêmeas prenhes e fêmeas com bezerros neonatos. Ao Laboratório de Patologia Animal do Curso de Medicina Veterinária da UPF foram encaminhadas amostras refrigeradas de vários órgãos. As amostras eram provenientes da necropsia de um bezerro com 4 dias de vida e pesando 38kg, o qual estava bem e, posteriormente, foi encontrado morto. Durante o inquérito epidemiológico foi relatado que a propriedade já havia apresentado problemas com carrapatos e TPB. Além disso, mediante questionário sobre plantas tóxicas, o proprietário mencionou a presença de árvores de timbó nos piquetes. Além do bezerro necropsiado foram relatadas outras três mortes neonatais e cinco casos de abortamento. Na necropsia foi verificada substância cinzenta do cérebro e do cerebelo com coloração rosada; bexiga com urina hemoglobinúrica; rins com superfície capsular e de corte congestas; fígado com congestão do parênquima; além de coração com focos brancacentos no miocárdio. Como as amostras foram enviadas refrigeradas foram realizadas impressões (“imprints”) de cérebro, rins e fígado, com posterior coloração com Panótico rápido e pesquisa de hemoparasitas, onde observaram-se numerosas estruturas intraeritrocitárias compatíveis com Babesia bovis e Anaplasma marginale. As amostras teciduais foram fixadas em formalina 10%, processada por métodos convencionais e coradas com hematoxilina e eosina. No exame histopatológico as principais alterações foram fígado com degeneração e necrose centro lobular, além de discreta hiperplasia de ductos biliares; cérebro e cerebelo apresentando congestão moderada com maior acentuação na substancia cinzenta, além de espongiose multifocal; coração exibindo miocardiócitos tumefeitos, congestão, além de focos de necrose associada a inflamação crónica e fibrose; baço apresentando congestão difusa acentuada, hemossiderose e moderada depleção da polpa branca. Cortes histológicos de cérebro, cerebelo, rins e fígado foram submetidos a coloração especial de Azul de Toluidina para pesquisa de hemoparasitas, nos quais também foram visualizadas estruturas intraeritrocitárias compatíveis com B. bovis e A. marginale. Assim, mediante aos achados citológicos e anatomopatológicos associados ao histórico clínico da propriedade e dados epidemiológicos conclui-se que este trata-se do primeiro caso de babesiose e anaplasmose congênitas associadas a intoxicação transplacentária por timbó.
Título do Evento
SIMPÓSIO SUL DE REPRODUÇÃO APLICADA EM BOVINOS
Cidade do Evento
Concórdia
Título dos Anais do Evento
Anais do Simpósio Sul de Reprodução Aplicada em Bovinos
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

ARIOTTI, William De Oliveira; TABORDA, Paula Borelli. MORTE SÚBITA EM BEZERRO CAUSADA POR BABESIOSE E ANAPLASMOSE CONGÊNITA ASSOCIADA A INTOXICAÇÃO TRANSPLACENTÁRIA POR TIMBÓ.. In: Anais do Simpósio Sul de Reprodução Aplicada em Bovinos. Anais...Concórdia(SC) Instituto Federal Catarinense, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/simposio-sul-de-reproducao-animal-aplicada-em-bovinos-305277/613743-MORTE-SUBITA-EM-BEZERRO-CAUSADA-POR-BABESIOSE-E-ANAPLASMOSE-CONGENITA-ASSOCIADA-A-INTOXICACAO-TRANSPLACENTARIA-PO. Acesso em: 14/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes