FOTOGRAFIA: UMA FERRAMENTA METODOLÓGICA PARA OBSERVAÇÃO DO ESPAÇO URBANO

Publicado em 23/01/2020 - ISSN: 2237-5619

Título do Trabalho
FOTOGRAFIA: UMA FERRAMENTA METODOLÓGICA PARA OBSERVAÇÃO DO ESPAÇO URBANO
Autores
  • Maria Cristina Alves pereira
  • Adriana Gomes do Nascimento
Modalidade
Resumo
Área temática
Eixo temático 2 – Arquitetura e documentação: a pesquisa na área da história da Arquitetura e do Urbanismo
Data de Publicação
23/01/2020
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/seminarioarqedoc2019/215314-fotografia--uma-ferramenta-metodologica-para-observacao-do-espaco-urbano
ISSN
2237-5619
Palavras-Chave
fotografia, metodologia, espaço urbano, população em situação de rua
Resumo
A presente pesquisa investiga a fotografia enquanto técnica e objeto de estudo que pode auxiliar na análise das transformações socioespaciais, ocorridas a partir do uso e apropriação do espaço urbano na Avenida Cristiano Machado em Belo Horizonte nos últimos cinco anos. Trata-se de um estudo observacional retrospectivo de cunho qualitativo. O processo metodológico fundamentou a observação do contexto e do cotidiano, e a análise, por meio das imagens dos registros fotográficos coletados da Av. Cristiano Machado, primeiramente, disponibilizadas pelo Arquivo Público de Belo Horizonte. Destacaram-se a pesquisa iconográfica e documental em jornais, periódicos nos últimos cinco anos e o levantamento de campo realizado entre os anos de 2018 e 2019. Esses registros proporcionam compreender a alteração do espaço urbano que vem sendo ocupado por pessoas, especificamente em situação de rua. Em 2016, os efeitos da crise econômica foram amplamente sentidos pela sociedade, levando o país a um processo de recessão, recuo em investimentos e crise política. Por esses e outros motivos, Belo Horizonte ampliou número da população em situação de rua de 1.827 pessoas (Censo da População de Rua de BH em 2014) para 4,5 mil pessoas (dados da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas da PBH). Inclusive, essa população se deslocou do hipercentro, e atualmente pulverizou-se pela cidade. Portanto, esse estudo buscou construir um ponto de convergência da fundamentação teórica da fotografia e de estudiosos que a utilizam para desenvolver suas pesquisas sobre os espaços urbanos, articulando esse conteúdo com os dados históricos e informações levantadas através de reportagens, dados primários e secundários coletados sobre o tema. As considerações preliminares salientam que as imagens levantadas e os registros fotográficos próprios apontam para as transformações dos usos do espaço urbano na região pesquisada. Ao mesmo tempo, reconhecendo a fotografia como abordagem metodológica importante para favorecer o conhecimento de fenômenos relativos às ocupações socioespaciais nas cidades. Inclusive, permitindo desvelar a população de rua, tratando-a como aquela que deve ser reconhecida no planejamento urbano e regional, articulando com o cumprimento da legislação vigente e numa perspectiva dos direitos humanos, gerando urbanidades inclusivas.
Título do Evento
6º Seminário Ibero-americano Arquitetura e Documentação
Cidade do Evento
Belo Horizonte
Título dos Anais do Evento
Anais do 6º Seminário Ibero-americano Arquitetura e Documentação
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

PEREIRA, Maria Cristina Alves; NASCIMENTO, Adriana Gomes do. FOTOGRAFIA: UMA FERRAMENTA METODOLÓGICA PARA OBSERVAÇÃO DO ESPAÇO URBANO.. In: Anais do 6º Seminário Ibero-americano Arquitetura e Documentação. Anais...Belo Horizonte(MG) UFMG, 2020. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/seminarioarqedoc2019/215314-FOTOGRAFIA--UMA-FERRAMENTA-METODOLOGICA-PARA-OBSERVACAO-DO-ESPACO-URBANO. Acesso em: 22/07/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes