AVALIAÇÃO DA VULNERABILIDADE AO COMPORTAMENTO MANÍACO EM ANIMAIS SUBMETIDOS AO MODELO DE DIABETES MELLITUS

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
AVALIAÇÃO DA VULNERABILIDADE AO COMPORTAMENTO MANÍACO EM ANIMAIS SUBMETIDOS AO MODELO DE DIABETES MELLITUS
Autores
  • Júlia Panato da Rosa
  • Isadora Gava Sandrini
  • Beatriz Galatto Nesi
  • Jhoanne Merlyn Luiz
  • SAMIRA MENEGAS PEREIRA SALAZAR
  • Jorge Machado de Aguiar Geraldo
  • Taise Possamai Della
  • João Luciano de Quevedo
  • Samira da Silva Valvassori
Modalidade
Pesquisa - Resumo Concluído
Área temática
Ciências da Saúde - Neurociências
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/415359-avaliacao-da-vulnerabilidade-ao-comportamento-maniaco-em-animais-submetidos-ao-modelo-de-diabetes-mellitus
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Privação do Sono Paradoxal, Aloxano, Comportamento Maníaco, Sono, Diabetes Mellitus.
Resumo
Introdução: O transtorno bipolar (TB) é um transtorno psiquiátrico grave, caracterizado por episódios depressivos, maníacos ou hipomaníacos e mistos. Esse transtorno está relacionado a alterações sistêmicas envolvendo mecanismos que alteram as funções hormonais, as reações inflamatórias e a cognição, semelhante ao que ocorre na Diabetes Mellitus (DM), a qual se caracteriza pela presença de hiperglicemia sistêmica. Além disso, alterações no ciclo sono-vigília estão envolvidas na patogênese de todas as fases do TB. Assim, a privação de sono possui influência sobre o metabolismo corporal e está relacionada com alterações na expressão de genes metabólicos e hormonais. Objetivo: Avaliar a vulnerabilidade ao comportamento maníaco em animais submetidos ao modelo de DM. Metodologia: Foram utilizados 74 camundongos adultos, C57BL/6J, sendo 33 machos e 41 fêmeas. Os animais foram agrupados em 5 por caixa com água e comida ad libitum. O DM foi induzido nos animais, por meio da injeção intraperitoneal de Aloxano (150 mg/Kg) diluído em solução salina. O grupo controle recebeu somente solução salina intraperitoneal. As injeções foram realizadas após 18 horas de jejum. A avaliação da glicemia foi realizada 48 horas e no 10º dia após a administração de Aloxano. Além disso, no 10º dia foi realizado a indução do protocolo privação do sono paradoxal (PSP) por 36h. Os animais foram separados em 4 grupos: 1) PSP + Sal, 2) PSP + Aloxano, 3) Controle + Sal, 4) Controle + Aloxano. O comportamento do tipo maníaco foi avaliado por meio do teste de campo aberto no monitor de atividade, onde foram analisados os parâmetros: distância percorrida, em pé, velocidade, estereotipia, número de vezes que o animal foi ao centro do monitor, quantidade de bolo fecal e latência. A análise estatística foi realizada por meio do teste de Shapiro-Wilk, teste ANOVA de duas vias, post-hoc de Tukey e teste Kruskal-Wallis. A significância estatística foi considerada quando o valor de p = 0,05. Resultados: Nos grupos PSP + Sal, machos e fêmeas, foi observado um aumento significativo na distância percorrida e na velocidade de deslocamento, indicando que a PSP induziu comportamento do tipo maníaco nos animais. Por outro lado, no grupo PSP + Aloxano não houve diferença significativa quando comparado ao grupo controle, em todos os parâmetros analisados. Também não houve diferenças significativas entre machos e fêmeas. Conclusão: Foi observado um aumento da velocidade de deslocamento e da distância percorrida nos machos e nas fêmeas, o que caracteriza um comportamento do tipo maníaco, demonstrando que a privação de sono paradoxal induziu alterações comportamentais no grupo PSP + Sal. No entanto, no grupo PSP + Aloxano não teve diferença significativa nos parâmetros analisados, comparado ao controle. Dessa forma, são necessários mais estudos para melhor elucidar e caracterizar os mecanismos de interação Diabetes Mellitus e transtorno bipolar.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

ROSA, Júlia Panato da et al.. AVALIAÇÃO DA VULNERABILIDADE AO COMPORTAMENTO MANÍACO EM ANIMAIS SUBMETIDOS AO MODELO DE DIABETES MELLITUS.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/415359-AVALIACAO-DA-VULNERABILIDADE-AO-COMPORTAMENTO-MANIACO-EM-ANIMAIS-SUBMETIDOS-AO-MODELO-DE-DIABETES-MELLITUS. Acesso em: 21/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes