A CURADORIA DE SEMENTES CRIOULAS ASSOCIADA AOS SABERES TRADICIONAIS DA COMUNIDADE SÃO ROQUE

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
A CURADORIA DE SEMENTES CRIOULAS ASSOCIADA AOS SABERES TRADICIONAIS DA COMUNIDADE SÃO ROQUE
Autores
  • Maria Laura Miranda Darella Lorenzin Dias
  • Andréia Gimenes Amaro
  • Tainá Candido
  • Viviane Kraieski de Assunção
Modalidade
Pesquisa - Resumo em Andamento
Área temática
Humanidades, Ciências e Educação - Ciências Biológicas
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/415044-a-curadoria-de-sementes-crioulas-associada-aos-saberes-tradicionais-da-comunidade-sao-roque
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Quilombola, Autonomia, Política cultural
Resumo
A comunidade quilombola São Roque está localizada entre os municípios de Praia Grande, no Estado de Santa Catarina, e Mampituba, no Rio Grande do Sul, desde o século XIX, tendo a agricultura familiar como modo de subsistência. Alguns membros da comunidade vem desenvolvendo a curadoria das “sementes crioulas’’, cultivadas e preservadas pela figura denominada “guardião das sementes’’. Trata-se de sementes nativas, repassadas de geração a geração. O presente trabalho visa analisar se esta prática constitui uma política cultural da comunidade e contribui para sua autonomia. A concepção de política cultural compreende que os significados e as práticas culturais podem acionar processos com dimensões políticas, gerando novas compreensões e usos da natureza (ESCOBAR; PARDO, 2005). Já a autonomia é definida como “a criação das condições que permitem alterar as regras de um mundo de dentro” (ESCOBAR, 2015, p. 98). A pesquisa faz parte do projeto em andamento intitulado “Enfrentamento dos impactos socioambientais de projetos de desenvolvimento a partir dos agenciamentos locais”, que visa estudar as contribuições dos saberes e fazeres tradicionais da comunidade em sua constante luta pela (re)produção de seu modo de vida. Utiliza, como referencial teórico, concepções desenvolvidas por Escobar e outros autores na perspectiva do pós-desenvolvimento. Como método, foi realizada uma pesquisa documental, com a análise de materiais audiovisuais disponibilizados em mídias digitais, tais como Instagram e Youtube. Os resultados preliminares apontam que a curadoria de sementes vai além da subsistência da comunidade, configurando um modo de manutenção dos saberes tradicionais, importantes na reprodução da vida e no fortalecimento da tradição da comunidade.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

DIAS, Maria Laura Miranda Darella Lorenzin et al.. A CURADORIA DE SEMENTES CRIOULAS ASSOCIADA AOS SABERES TRADICIONAIS DA COMUNIDADE SÃO ROQUE.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/415044-A-CURADORIA-DE-SEMENTES-CRIOULAS-ASSOCIADA-AOS-SABERES-TRADICIONAIS-DA-COMUNIDADE-SAO-ROQUE. Acesso em: 19/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes