CONSTELAÇÕES FORMATIVAS E CONDIÇÕES (DES)HUMANAS: SENTIDOS DO EDUCATIVO NA CONTEMPORANEIDADE

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
CONSTELAÇÕES FORMATIVAS E CONDIÇÕES (DES)HUMANAS: SENTIDOS DO EDUCATIVO NA CONTEMPORANEIDADE
Autores
  • Guilherme Orestes Canarim
  • Alex Sander da Silva
  • Natalia Mafioletti Fernandes
  • Diego Quadras de Bem
Modalidade
Pesquisa - Resumo em Andamento
Área temática
Humanidades, Ciências e Educação - Educação
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/415034-constelacoes-formativas-e-condicoes-(des)humanas--sentidos-do-educativo-na-contemporaneidade
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
educação, pandemia, constelações formativas, condição humana.
Resumo
INTRODUÇÃO: este resumo se constitui como um desdobramento de uma pesquisa de iniciação científica em andamento intitulada: EDUCAÇÃO E A ‘NOVA’ CONDIÇÃO HUMANA: DECOMPOSIÇÕES IMAGÉTICAS E CONSTELAÇÕES FORMATIVAS” . Esta pesquisa aborda o papel da educação, suas potencialidades e implicações no contexto contemporâneo da pandemia do COVID-19. Se situa no âmbito das discussões atuais sobre os rumos e desafios da educação contemporânea num contexto de sociedades cada vez mais plurais e complexas. METODOLOGIA: trata-se de uma pesquisa qualitativa bibliográfica de cunho descritivo-exploratória. Nesses termos, colocamos a seguinte problemática de pesquisa: Qual sentido e a potencialidade da educação naquilo que estamos chamando “nova” condição humana na perspectiva das decomposições imagéticas da formação subjetiva e objetiva para tencionar novos processos educativos na contemporaneidade? O objetivo central da pesquisa é: analisar sentido e a potencialidade da educação na chamada “nova” condição humana na perspectiva das decomposições imagéticas da formação subjetiva e objetiva e, para tencionar as formas educativas na contemporaneidade. RESULTADOS: esse é um projeto em andamento, deste modo, já podemos destacar algumas descobertas, embora ainda não sejam propriamente conclusivas. No contexto desta pesquisa, durante esse primeiro ano, procuramos compatibilizar as leituras teóricas com os contextos contemporâneos, especialmente o brasileiro. Desta maneira, já podemos observar processos de fragilização, desmonte e sucateamento da educação, bem como ações de negligência planejada no campo da saúde pública e saúde coletiva, além das práticas insalubres no campo político que vem agravando a erosão e a degradação da paisagem institucional brasileira. CONCLUSÃO: como ressaltamos anteriormente esta é uma investigação em andamento, ou seja, embora as elaborações teóricas já estejam sendo mobilizadas tendo em vista nossos objetivos e a questão central de pesquisa, ainda é muito cedo para estabelecermos um diagnóstico conclusivo sobre as transformações nas condições (des)humanas. Além disso, a própria complexidade das interrelações entre essas condições, o contexto social contemporâneo e o papel da educação nesse ínterim, nos impede de estabelecermos uma resposta final. Assim, muito embora possamos perceber vários elementos do que os autores chamaram, de mundo administrado, vida danificada e necropolítica, ainda é necessário compreendermos os desafios e as potencialidades da educação nesse novo contexto ainda em devir.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

CANARIM, Guilherme Orestes et al.. CONSTELAÇÕES FORMATIVAS E CONDIÇÕES (DES)HUMANAS: SENTIDOS DO EDUCATIVO NA CONTEMPORANEIDADE.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/415034-CONSTELACOES-FORMATIVAS-E-CONDICOES-(DES)HUMANAS--SENTIDOS-DO-EDUCATIVO-NA-CONTEMPORANEIDADE. Acesso em: 20/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes