INVESTIGAÇÃO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS E DE ALTERAÇÕES NOS RITMOS BIOLÓGICOS EM SUJEITOS POSITIVOS PARA COVID-19

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
INVESTIGAÇÃO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS E DE ALTERAÇÕES NOS RITMOS BIOLÓGICOS EM SUJEITOS POSITIVOS PARA COVID-19
Autores
  • Nicoly Serafim Martinello
  • Amanda Luiz Maciel
  • Ritele Hernandez da Silva
  • Jéssica da Luz Fernandes
  • Airam Barbosa de Moura
  • Taiane de Azevedo Cardoso
  • Luciane BISOGNIN Ceretta
  • Gislaine Zilli Réus
  • João Luciano de Quevedo
Modalidade
Pesquisa - Resumo Concluído
Área temática
Ciências da Saúde - Neurociências
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/415025-investigacao-de-sintomas-depressivos-e-de-alteracoes-nos-ritmos-biologicos-em-sujeitos-positivos-para-covid-19
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Transtorno depressivo maior, sono, coronavírus, SARS-CoV-2, pandemia.
Resumo
O transtorno depressivo maior (TDM) é a mais prevalente forma de doença mental, acometendo cerca de 300 milhões de pessoas de todas as idades no mundo. O TDM é caracterizado por uma combinação de humor deprimido e/ou anedonia combinado com outros sintomas emocionais, como tristeza profunda e pensamentos suicidas, e sintomas físicos, como alterações no apetite e no sono, ou seja, causando uma alteração nos ritmos biológicos. Em contextos sociais, como o da pandemia COVID-19, que naturalmente promove aumento da ansiedade e do estresse, o sono pode ser afetado e, com isso, contribuir para a desregulação das respostas inflamatórias e antivirais. Assim, o objetivo desse estudo foi investigar se alterações nos ritmos biológicos se correlacionam com o desenvolvimento da depressão em indivíduos sujeitos a pandemia causada pela COVID-19. No estudo foram convidados a participar da pesquisa indivíduos que tenham vivenciado a pandemia ocasionada pela COVID-19, sendo esses positivos ou não para COVID-19, que tenham ou não manifestado os sintomas. Os mesmos foram contatados e convidados a participar da pesquisa a partir de um banco de dados da vigilância epidemiológica da secretaria de saúde de Criciúma. Os controles foram indivíduos sem diagnóstico de COVID-19, comprovados por teste. Para isso foram coletadas informações sobre o perfil sociodemográfico, aplicadas as escalas M.I.N.I Plus para avaliar TDM, HAM-D - Escala de Hamilton para Depressão e BRIAN para ritmo biológico. Foram incluídos no estudo 314 indivíduos, divididos em grupos controle (n = 197) e positivo para COVID-19 (n = 117). A média de idade foi de 36,11 (±13,51) anos e de estudo foi de 15,19 (±5,08) anos para o grupo controle. Já para os casos, a média de idade foi de 39,89 (±14,75) anos e de estudo é foi 14,65 (±6,32) anos. O número de indivíduos com episódio de TDM atual e/ou passado não diferiu entre os grupos controle e positivo para COVID-19. O escore para HAM-D também não diferiu entre os grupos. Além disso, o risco de suicídio também foi similar entre os grupos. Em relação aos ritmos biológicos, não se observou diferença estatística no escore total da escala BRIAN. Ademais, nenhuma diferença foi evidenciada em relação aos aspectos de sono, atividade, social e no padrão de alimentação entre indivíduos positivos para COVID-19 e controles. Os resultados deste estudo demonstram que a curto prazo não houveram diferenças entre indivíduos com diagnóstico para COVID-19 ou não, sob os parâmetros de características clínicas para TDM, e domínios relacionados ao ritmo biológico. Isso pode estar relacionado ao efeito agudo que a pandemia tem causado na população em geral. Alterações neuropsiquiátricas a longo prazo podem ser evidenciadas em indivíduos positivos para COVID-19. Para melhor entendimento sobre o envolvimento do COVID-19 no TDM são necessários estudos de coorte para o acompanhamento da população infectada pelo coronavírus.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

MARTINELLO, Nicoly Serafim et al.. INVESTIGAÇÃO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS E DE ALTERAÇÕES NOS RITMOS BIOLÓGICOS EM SUJEITOS POSITIVOS PARA COVID-19.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/415025-INVESTIGACAO-DE-SINTOMAS-DEPRESSIVOS-E-DE-ALTERACOES-NOS-RITMOS-BIOLOGICOS-EM-SUJEITOS-POSITIVOS-PARA-COVID-19. Acesso em: 21/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes