VITROCERÂMICO DO SISTEMA LI2O-ZRO2-SIO2-AL2O3 COM PROPRIEDADES BIOATIVAS: TRATAMENTO TÉRMICO

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
VITROCERÂMICO DO SISTEMA LI2O-ZRO2-SIO2-AL2O3 COM PROPRIEDADES BIOATIVAS: TRATAMENTO TÉRMICO
Autores
  • Renata Bochanoski da Costa
  • Micheli Salvaro
  • Ana Sônia Mattos
  • Sabrina Arcaro
  • OSCAR RUBEM KLEGUES MONTEDO
Modalidade
Pesquisa - Resumo em Andamento
Área temática
Ciências, Engenharias e Tecnologias - Biomateriais
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/414748-vitroceramico-do-sistema-li2o-zro2-sio2-al2o3-com-propriedades-bioativas--tratamento-termico
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Bioatividade, porosidade, drug delivery, área superficial
Resumo
A perda óssea ocorre naturalmente com o envelhecimento da população através dos anos; no geral está associada à perda de hormônios sexuais. Procurando alternativas para contornar as doenças oriundas da perda óssea, como a osteoporose, vários métodos são empregados. Entre as táticas mais recentes, compostos bioativos são estudados a fim de entregar medicamentos ao tecido ósseo debilitado. O fármaco é incorporado no material e inserido no osso defeituoso para, assim, auxiliar na sua regeneração. Os vidros bioativos tornam-se boas opções dentre os materiais com bioatividade, por possuírem características fundamentais para que atuem como Drug delivery, tais como osteocondução, biocompatibilidade, formação de hidroxiapatita e elevada resistência mecânica. A porosidade do material vítreo também precisa ser adequada, já que o fármaco será introduzido nestes poros. Todavia, a porosidade depende da temperatura e patamar de cristalização. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar a microestrutura do vitrocerâmico LZSA (Li2O-ZrO2-SiO2-Al2O3) tratado termicamente para cristalização do material, com análises BET e BJH, a fim de analisar a área superficial e o volume de poros, contribuindo para a formação de scaffolds para entrega de medicamentos. O material utilizado foi o proposto por MONTEDO (2005). A preparação da frita foi feita triturando o material com almofariz e pistilo, seguido de moagem por impacto até atingir granulometria passante em malha de 212 mm e retido em malha de 38 mm. O pó obtido foi compactado em prensa hidráulica com 10% de água deionizada. Após a compactação o material, foi posto para secagem em estufa (100 °C). A seguir o corpo de prova foi dividido em 9 partes iguais para tratamento térmico, cada amostra com uma condição, seja nas temperaturas de 700, 725 e 750 °C e o tempo de 2 h, 4 h e 2+2h, sendo o último retirado após 2h, resfriado, e posto novamente no forno para mais 2 h. Resultando em 9 amostras distintas. Após o tratamento, as amostras foram trituradas com almofariz e pistilo, entre malha 500 mm e 212 mm; esses pós foram encaminhados para análise BET e BJH com o intuito de se observar o volume de poros e a área superficial das amostras, e qualificar se são ou não aceitáveis para o objetivo proposto. Os testes mostraram uma tendência à diminuição da área superficial com o aumento do tempo de tratamento térmico em uma dada temperatura: a 700 °C, diminuiu de 0,396 m2/g em 2 h para 0,202 m2/g em 2+2 h e 0,160 m2/g em 4 h. O aumento da temperatura de cristalização de 700 para 750 °C elevou a área superficial, sendo a amostra com 700 °C e 2 h de 0,396 m2/g e a amostra com 750 °C e 2 h de 0,715 m2/g. O raio de poros permaneceu semelhante, variando de 21,070 a 31,175 Å; de modo equivalente, o volume de poros também obteve mudança mínima. Portanto, a amostra com o melhor resultado obtido foi a 750 °C e 2 h, apresentando maior área superficial em comparação com as demais temperaturas e tempos, 0,715 m2/g e raio de poros de 21,439 Å.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

COSTA, Renata Bochanoski da et al.. VITROCERÂMICO DO SISTEMA LI2O-ZRO2-SIO2-AL2O3 COM PROPRIEDADES BIOATIVAS: TRATAMENTO TÉRMICO.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/414748-VITROCERAMICO-DO-SISTEMA-LI2O-ZRO2-SIO2-AL2O3-COM-PROPRIEDADES-BIOATIVAS--TRATAMENTO-TERMICO. Acesso em: 17/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes