DESPESAS DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO CARBONÍFERA NO ESTADO DE SANTA CATARINA

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
DESPESAS DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO CARBONÍFERA NO ESTADO DE SANTA CATARINA
Autores
  • Geraldo Bittencourt Bergler Filho
  • Thiago Rocha Fabris
  • Melissa Watanabe
Modalidade
Ensino - Resumo em Andamento
Área temática
Ciências Sociais Aplicadas - Ciências Econômicas
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/414393-despesas-dos-municipios-da-regiao-carbonifera-no-estado-de-santa-catarina
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Finanças Públicas, Despesas Pagas, AMREC.
Resumo
Introdução: Os trabalhos clássicos de Ram (1986), Barro (1990), Aschauer (1989) e Cashin (1995) apresentam a discussão acerca dos efeitos dos gastos públicos e os reflexos que podem trazer para a economia. A literatura é muito dividida sobre quais as áreas que o governo deveria atuar e até mesmo se esses gastos são produtivos. Os autores Srinivasan (1985), Buchanan (1980) e Bhagwati (1982) argumentam que os gastos públicos são improdutivos e assim não trazem produção adicional. Para Kneller et al. (1999) existem gastos produtivos, sendo eles defesa, educação, saúde, transporte e comunicação. No Brasil, existem poucos trabalhos que exploram o tema dos gastos públicos e o crescimento econômico Degenhart et al. (2016), Firme e Filho (2014) e Bogoni et al. (2011) são exemplos de trabalhos na área, no entanto não existe nenhum trabalho que analise os municípios de Santa Catarina ou até mesmo a mesorregião do Extremo Sul. Com esse intuito, o presente trabalho busca compreender a evolução dos gastos públicos para os municípios da região da AMREC. Metodologia: Os dados foram extraídos do sítio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) e sistematizados através do software Excel. No subsequente foram estimadas as taxas de crescimento dos gastos no período entre 2019 e 2020. Resultados: Observa-se que o município de Criciúma, o maior da região, apresentou um crescimento no valor de suas despesas efetivamente pagas, em torno de R$ 771 milhões e R$ 851 milhões para os anos de 2019 e 2020 respectivamente. O segundo maior gasto registrado foi realizado pelo município de Içara, com valores na casa dos R$ 181 milhões para 2019 e R$ 202 milhões para 2020. Por outro lado, o menor valor observado nos municípios da região carbonífera, em termos de despesas efetivamente pagas, foi Treviso cujo valor nominal para os anos de 2019 e 2020 foram cerca de R$ 23 milhões R$ 28 milhões respectivamente. No que diz respeito a taxa de crescimento nas despesas pagas, o município de Siderópolis apresentou a maior taxa, um aumento de 32% em 2020 quando comparado ao ano de 2019. Os únicos municípios que apresentaram quedas nas despesas efetivamente pagas, em termos de taxa de crescimento, foram Morro da Fumaça (-7%) e Urussanga (-3%). Conclusão: Os gastos públicos da região cresceram em média 12% no período analisado. Esse crescimento pode ser influenciado por alguns setores, vale destacar que o setor da Saúde pode ter elevado seus gastos, por conta da pandemia de Covid-19. A sugestão para pesquisas futuras está relacionada a estrutura produtiva de cada um desses municípios, estudos que entendam a importância e relevância de cada setor, parece ser o caminho natural para a continuidade do tema.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

FILHO, Geraldo Bittencourt Bergler; FABRIS, Thiago Rocha; WATANABE, Melissa. DESPESAS DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO CARBONÍFERA NO ESTADO DE SANTA CATARINA.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/414393-DESPESAS-DOS-MUNICIPIOS-DA-REGIAO-CARBONIFERA-NO-ESTADO-DE-SANTA-CATARINA. Acesso em: 24/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes