CUIDANDO DAS FAMÍLIAS POBRES: A ASSISTÊNCIA SOCIAL MATERNO-INFANTIL NA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE (1930-1980) (FASE II)

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
CUIDANDO DAS FAMÍLIAS POBRES: A ASSISTÊNCIA SOCIAL MATERNO-INFANTIL NA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE (1930-1980) (FASE II)
Autores
  • Patrick Dutra
  • Ismael Gonçalves Alves
Modalidade
Pesquisa - Resumo em Andamento
Área temática
Humanidades, Ciências e Educação - História
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/sct2021/414352-cuidando-das-familias-pobres--a-assistencia-social-materno-infantil-na-regiao-carbonifera-catarinense-(1930-1980)
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Santa Catarina, Região Carbonífera Catarinense, Biopoder, Discursos médicos, Sanitarismo
Resumo
No século XX, a descoberta e exploração do carvão catarinense integrou o Estado ao cenário econômico nacional, posição que foi reforçada ao longo das duas guerras mundiais, eventos que forçaram o mercado interno e o Estado brasileiro a se voltarem para a região em busca do carvão. A cidade de Criciúma se destacou tanto pela quantidade como pela qualidade do carvão presente em seu subsolo, desencadeando uma acelerada industrialização e urbanização de seu território. Esta situação levou a crises habitacionais, epidemiológicas e sanitárias, resultando em problemas médico-sanitários de difícil solução. Em 1942, visando o aperfeiçoamento das atividades de extração e a melhoria da qualidade de vida do trabalhador, um distrito do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) foi instalado na cidade e passou desenvolver atividades de cunho técnico e sanitários, estes últimos a partir dos serviços do médico sanitarista Francisco de Paula Boa Nova Junior. O sanitarista intercalou suas práticas médicas com os estudos das condições sócio-sanitárias dos habitantes do município que resultaram no boletim intitulado Problemas médicos-sociais da indústria carbonífera sul catarinense, apresentado ao DNPM em 1953. O documento tinha o intuito de apresentar às autoridades centrais a situação da Região e foi, posteriormente, utilizado como base para a formulação de parte do Plano do Carvão Nacional. Esta pesquisa tem por objetivo analisar o estudo feito pelo referido médico sobre as condições sanitárias dos habitantes do município de Criciúma, buscando identificar os sujeitos envolvidos e as relações de poder que permearam este processo. Nossa pesquisa apresenta uma abordagem qualitativa de natureza básica, constituída a partir de uma pesquisa bibliográfica sobre o tema da região carbonífera catarinense e seus aspectos sócio-sanitários. O citado relatório, fonte desta pesquisa, será analisado a partir do conceito de biopolítica, apresentado por Michel Foucault, para quem este poder se constitui a partir de uma tecnologia massificante e de controle populacional possibilitada pela união entre medicina e Estado, que garantiu aos governantes o poder de controlar a vida e a morte de seus governados, buscando prolongar ao máximo a utilidade dos sujeitos, prolongando sua vida em favor do capital. Como resultados parciais é possível destacar que o boletim do médico Boa Nova Junior, valendo-se de sua autoridade médico-científica, disseminou sobre os trabalhadores, e principalmente sobre as mulheres das camadas populares, um discurso moral, classista e de gênero. Outro ponto relevante são os esforços adotados pelo DNPM no combate a surtos de doenças como o Tifo, a tuberculose e outras moléstias que costumavam acometer os funcionários das mineradoras, ao mesmo tempo que buscava combater às práticas curativas populares, descritas no Boletim como “charlatanismo”.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

DUTRA, Patrick; ALVES, Ismael Gonçalves. CUIDANDO DAS FAMÍLIAS POBRES: A ASSISTÊNCIA SOCIAL MATERNO-INFANTIL NA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE (1930-1980) (FASE II).. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/414352-CUIDANDO-DAS-FAMILIAS-POBRES--A-ASSISTENCIA-SOCIAL-MATERNO-INFANTIL-NA-REGIAO-CARBONIFERA-CATARINENSE-(1930-1980). Acesso em: 25/07/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes