CALÇADA CIDADÃ: ACESSIBILIDADE E ARTE DE RUA PARA TODOS NO TERRITÓRIO PAULO FREIRE

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
CALÇADA CIDADÃ: ACESSIBILIDADE E ARTE DE RUA PARA TODOS NO TERRITÓRIO PAULO FREIRE
Autores
  • Gisele Adriano Luciano
  • Laura Dieke Moreira
  • Danielle Cardoso Rozeng
  • Salete Cristina Pacheco Rocha
  • André Boeign Carboni
  • silemar maria de medeiros da silva
  • Rubia Carminatti Peterson
  • GUSTAVO ROGERIO DE LUCCA
  • ALINE EYNG SAVI
Modalidade
Extensão - Resumo em Andamento
Área temática
Ciências, Engenharias e Tecnologias - Arquitetura e Urbanismo
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
www.even3.com.br/Anais/sct2021/411671-CALCADA-CIDADA--ACESSIBILIDADE-E-ARTE-DE-RUA-PARA-TODOS-NO-TERRITORIO-PAULO-FREIRE
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Extensão Universitária, Acessibilidade Espacial, Arte Pública, Calçadas, Pessoas com Deficiência
Resumo
As calçadas públicas são o segmento das vias urbanas reservadas ao fluxo de pedestres, ao suporte na sinalização de trânsito e, quando possível, à implantação de mobiliário e vegetação. Nas cidades, especialmente em curtas distâncias, o meio de deslocamento mais comum é a caminhada, sobretudo, nas calçadas. Essa condição de cidadania permeia o objetivo do projeto de extensão Calçada Cidadã, iniciado em 2021 e cujo objetivo principal é: promover a socialização do conhecimento por meio de atividades relacionadas ao diálogo sobre a inclusão social, especialmente das pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida nas esferas ambiental (acessibilidade das calçadas) e cultural/social (arte de rua) com vistas de encaminhar alternativas de soluções aos problemas sociais, contribuindo para a melhoria da qualidade do ambiente de vida da comunidade. O público alvo é toda a comunidade que compõe o recorte territorial Território Paulo Freire II, com uma população de mais de 17 mil pessoas e com índice de desenvolvimento humano baixo, especialmente as pessoas com mobilidade reduzida e deficiência acabam se tornando protagonista por ocasião das dificuldades que possuem para transitar pelas calçadas. A metodologia conta com a análise e classificação do grau de acessibilidade das calçadas (com o uso de mapas e critérios de avaliação da acessibilidade arquitetônica das calçadas). Essa etapa metodológica encontra-se em andamento e posteriormente, resultará na confecção de material técnico (cartilha digital) com indicações de como adequar a calçada para que a mesma seja acessível e inclusiva. Concomitantemente, é etapa metodológica as rodas de conversa que trazem ações de arte urbana para discutir a acessibilidade e sua importância para a cidadania. As etapas iniciais foram de oficinas para despertar maior aproximação com tema e com o recorte, e as próximas incluem a confecção de lambe-lambe (estratégia acessível e efetiva de arte urbana) para estimular a reflexão quanto às condições encontradas nas calçadas dos bairros. Os resultados preliminares reforçam a reflexão de que a arte urbana se apresenta como propositora na sensibilização para o olhar inclusivo. Por outro lado, a avaliação espacial das vias pressupõe apresentar de forma concreta, soluções para os espaços livres de construção, nos quais a proposição de cenários possíveis torna-se um instrumento de tomada de consciência.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

LUCIANO, Gisele Adriano et al.. CALÇADA CIDADÃ: ACESSIBILIDADE E ARTE DE RUA PARA TODOS NO TERRITÓRIO PAULO FREIRE.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/411671-CALCADA-CIDADA--ACESSIBILIDADE-E-ARTE-DE-RUA-PARA-TODOS-NO-TERRITORIO-PAULO-FREIRE. Acesso em: 24/04/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes