REDES SOCIAIS, FAKE NEWS E INICIATIVAS DE CONTROLE DAS (DES)INFORMAÇÕES

Publicado em 23/09/2022 - ISSN: 2237-8073

Título do Trabalho
REDES SOCIAIS, FAKE NEWS E INICIATIVAS DE CONTROLE DAS (DES)INFORMAÇÕES
Autores
  • Maria Laura Vieira Alves
  • Gustavo Silveira Borges
Modalidade
Pesquisa - Resumo Concluído
Área temática
Ciências Sociais Aplicadas - Direito
Data de Publicação
23/09/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
www.even3.com.br/Anais/sct2021/410333-REDES-SOCIAIS-FAKE-NEWS-E-INICIATIVAS-DE-CONTROLE-DAS-(DES)INFORMACOES
ISSN
2237-8073
Palavras-Chave
Redes sociais, Fake news, controle informacional, sociedade da informação
Resumo
O presente trabalho objetiva analisar o processo social que a sociedade está transitando desde a década de 70 com a revolução digital, e seus desdobramentos, bem como os impactos das tecnologias da informação e comunicação (TICs) na sociedade. Em virtude do proposto, foi utilizado pesquisa bibliográfica e o método hipotético-dedutivo. O advento das novas tecnologias da informação e comunicação (TICs) culminou na sociedade da informação ou em rede e transformou paradigmas sociais historicamente postos, integrando a vida humana de uma forma onipresente, modificando a própria existência e condição humana. Esta revolução digital trouxe consigo um caráter disruptivo, e um entrave para a sociedade acerca de como agir referente as adversidades trazidas por ela. Assim, o estudo buscou analisar um dos problemáticos fenômenos atrelados às redes sociais: as Fake News. A intenção da pesquisa foi traçar um histórico das TICs, e buscar conceitos para compreender seus impactos e suas problemáticas na sociedade, bem como as violações de direitos humanos permitidas por essa. As fake news em diversos casos se apresentou como objeto de estratégia para violação de direitos humanos e de evasão da democracia. Diante dos casos estudados, percebeu-se que as mídias sociais buscaram um controle informacional privado, mas resistem à necessidade de marcos regulatórios estatais. Assim, a importância da pesquisa foi averiguar se o controle informacional das próprias mídias sociais são o suficiente para conter as fake news, e consequentemente seus danos. Concluiu-se, com base em casos que as empresas de tecnologias agiram de forma negligente quanto ao controle, que há de ser refletido acerca da necessidade de políticas para o controle baseado nos direitos humanos.
Título do Evento
XII Semana de Ciência e Tecnologia
Título dos Anais do Evento
Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense)
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital

Como citar

ALVES, Maria Laura Vieira; BORGES, Gustavo Silveira. REDES SOCIAIS, FAKE NEWS E INICIATIVAS DE CONTROLE DAS (DES)INFORMAÇÕES.. In: Anais da Semana de Ciência e Tecnologia (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Anais...Criciúma(SC) UNESC, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/sct2021/410333-REDES-SOCIAIS-FAKE-NEWS-E-INICIATIVAS-DE-CONTROLE-DAS-(DES)INFORMACOES. Acesso em: 22/04/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes