USO DO METOTREXATO NOS QUADROS REACIONAIS DA HANSENÍASE: EXPERIÊNCIA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO NORDESTE DO BRASIL.

Publicado em 24/02/2023 - ISBN: 978-85-5722-627-2

Título do Trabalho
USO DO METOTREXATO NOS QUADROS REACIONAIS DA HANSENÍASE: EXPERIÊNCIA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO NORDESTE DO BRASIL.
Autores
  • Emmanuelle Yasmin Brandão da Silva
  • Marcia Helena De Oliveira
  • Maria de Fatima de Medeiros Brito
Modalidade
Pôster
Área temática
Saúde do adulto e do idoso
Data de Publicação
24/02/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/jornada_residencias_hcufpe/609134-uso-do-metotrexato-nos-quadros-reacionais-da-hanseniase--experiencia-de-um-hospital-universitario-do-nordeste-do-
ISBN
978-85-5722-627-2
Palavras-Chave
Reação hansênica, Metotrexato, Corticoide
Resumo
Introdução: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada pelo Mycobacterium leprae e cerca de 30% desses pacientes podem desenvolver uma resposta imunológica intensa ao bacilo resultando nos quadros reacionais tipo I ou tipo II. Ambos implicando em importante morbidade desde lesões cutâneas a quadros sistêmicos. A corticoterapia é o tratamento de primeira linha, mas seu uso prolongado pode ocasionar efeitos colaterais diversos. Trabalhos recentes vêm apontando o metotrexato como opção terapêutica nesses casos. Objetivos: Observar as respostas apresentadas pelos pacientes que utilizaram o metotrexato para o controle de quadros reacionais. Metodologia: Estudo descritivo, observacional, tipo série de casos, desenvolvida através da análise de registros médicos dos prontuários. Foram acompanhados 8 pacientes que fizeram uso de metotrexato para quadros reacionais hansênicos sendo avaliado o papel desta droga como poupadora de corticoide. Como medida de avaliação comparamos a dose inicial do corticoide no dia da introdução do metotrexato com a dose final na última avaliação registrada. Resultados: Observamos que a maioria dos pacientes (62,5%) conseguiu reduzir a prednisona após o uso do metotrexato. E 40% destes pacientes chegaram a suspender o corticoide. Além disso, foi observada redução de 56,59% na dose média total de prednisona. Não foram relatados eventos adversos graves neste período. Conclusões: O metotrexato pode ser uma droga promissora para os quadros reacionais hansênicos com indicação nos quadros refratários e com dificuldade no desmame do corticoide. Entretanto esta evidência é baseada apenas em relatos ou séries de casos curtos, necessitando de novos estudos que possam concluir o real papel do metotrexato nos quadros reacionais hansênicos.
Título do Evento
VI Jornada das Residências em Saúde - "Carreira profissional em saúde : oportunidades e desafios"
Cidade do Evento
Recife
Título dos Anais do Evento
Anais da Jornada das Residências em Saúde do Hospital das Clínicas da UFPE
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

SILVA, Emmanuelle Yasmin Brandão da; OLIVEIRA, Marcia Helena De; BRITO, Maria de Fatima de Medeiros. USO DO METOTREXATO NOS QUADROS REACIONAIS DA HANSENÍASE: EXPERIÊNCIA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO NORDESTE DO BRASIL... In: Anais da Jornada das Residências em Saúde do Hospital das Clínicas da UFPE. Anais...Recife(PE) Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/jornada_residencias_hcufpe/609134-USO-DO-METOTREXATO-NOS-QUADROS-REACIONAIS-DA-HANSENIASE--EXPERIENCIA-DE-UM-HOSPITAL-UNIVERSITARIO-DO-NORDESTE-DO-. Acesso em: 19/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes