FREQUÊNCIA DE ALTERAÇÕES DO ESTADO NUTRICIONAL E COMORBIDADES EM PACIENTES INTERNADOS NA ENFERMARIA DE CIRURGIA VASCULAR

Publicado em 24/02/2023 - ISBN: 978-85-5722-627-2

Título do Trabalho
FREQUÊNCIA DE ALTERAÇÕES DO ESTADO NUTRICIONAL E COMORBIDADES EM PACIENTES INTERNADOS NA ENFERMARIA DE CIRURGIA VASCULAR
Autores
  • Fernanda Késsia Rodrigues de Souza Escoteiro
  • Laiana Brito
  • Maria Daniely Dos Santos Silva
  • Laura Alexia Ramos Da Silva
Modalidade
Pôster
Área temática
Saúde do adulto e do idoso
Data de Publicação
24/02/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/jornada_residencias_hcufpe/609121-frequencia-de-alteracoes-do-estado-nutricional-e-comorbidades-em-pacientes-internados-na-enfermaria-de-cirurgia-v
ISBN
978-85-5722-627-2
Palavras-Chave
Baixo peso. Obesidade. Diabetes mellitus. Hipertensão arterial sistêmica. Cirurgia vascular.
Resumo
Introdução: O ambiente hospitalar é conhecido por favorecer o aumento do risco nutricional dos pacientes, este fator por sua vez, está relacionado à condição global do paciente (física, social e psicológica) associada à condição patológica e ao tratamento estabelecido. O mapeamento adequado das alterações do estado nutricional de pacientes cirúrgicos e comorbidades é fundamental para fornecer a terapia nutricional adequada visando a redução de complicações e do tempo de internação. Objetivo: Avaliar a frequência de alterações do estado nutricional e comorbidades em pacientes internados na enfermaria de cirurgia vascular. Metodologia: Estudo transversal, realizado no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na cidade de Recife – PE, com pacientes admitidos de janeiro/2022 a maio/2022, para realização de cirurgia vascular. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa da UFPE sob o número de CAAE 45682921.8.0000.8807. Foram utilizados dados da NRS-2022 para coleta das variáveis de sexo, idade, antropometria, comorbidades e diagnóstico clínico. Utilizou-se o programa Excel para análise de médias, desvios-padrão e tratamento de dados. Resultados: Foram analisados 109 pacientes no total, sendo destes 57 mulheres (52,3%) e 52 homens (47,7%), 84 eram idosos (77%), a média de idade foi de 66,0 13,0 anos. A média de peso atual foi de 67,24 kg (17,22) e IMC médio de 25,13 kg/m² (5,72). Em 68 pacientes (62,3%) foi evidenciado alteração do estado nutricional, 41 deles (37,6%) apresentavam excesso de peso, dos quais 22 eram obesos, e 27 indivíduos (24,7%) exibiram baixo peso. Nessa amostra foram evidenciadas como principais comorbidades associadas: diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. O motivo de internamento principal foi a doença arterial obstrutiva periférica representando 67% (73 pacientes), seguida de complicações em fístulas arteriovenosas (9,17%) e aneurismas (8,25%). Conclusões: Constatou-se que a maioria dos pacientes analisados apresentaram alteração do estado nutricional no momento da admissão hospitalar e comorbidades sendo as mais frequentes o diabetes mellitus e a hipertensão arterial sistêmica.
Título do Evento
VI Jornada das Residências em Saúde - "Carreira profissional em saúde : oportunidades e desafios"
Cidade do Evento
Recife
Título dos Anais do Evento
Anais da Jornada das Residências em Saúde do Hospital das Clínicas da UFPE
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

ESCOTEIRO, Fernanda Késsia Rodrigues de Souza et al.. FREQUÊNCIA DE ALTERAÇÕES DO ESTADO NUTRICIONAL E COMORBIDADES EM PACIENTES INTERNADOS NA ENFERMARIA DE CIRURGIA VASCULAR.. In: Anais da Jornada das Residências em Saúde do Hospital das Clínicas da UFPE. Anais...Recife(PE) Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/jornada_residencias_hcufpe/609121-FREQUENCIA-DE-ALTERACOES-DO-ESTADO-NUTRICIONAL-E-COMORBIDADES-EM-PACIENTES-INTERNADOS-NA-ENFERMARIA-DE-CIRURGIA-V. Acesso em: 12/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes