PATRIMÔNIO RELIGIOSO DO PERÍODO COLONIAL EM ITANHAÉM

Publicado em 05/06/2019 - ISBN: 978-85-5722-038-6

Título do Trabalho
PATRIMÔNIO RELIGIOSO DO PERÍODO COLONIAL EM ITANHAÉM
Autores
  • Regina Helena Vieira Santos
Modalidade
Resumo
Área temática
TEMA GERAL: Sub-tema 1: Documentação, conservação e restauração (1.1. Documentação da arquitetura 1.2. Análise e restauração de estruturas do patrimônio arquitetônico 1.3. Arquitetura em terra, em pedra e em madeira 1.4. Arquitetura vernacular 1.5. Fortificações e patrimônio militar 1.6. Patrimônio religioso 1.7. Patrimônio industrial 1.8. Patrimônio arqueológico e arte rupestre 1.9. Patrimônio cultural subaquático 1.10. Pinturas murais)
Data de Publicação
05/06/2019
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/iiisimposioicomosbrasil/149185-patrimonio-religioso-do-periodo-colonial-em-itanhaem
ISBN
978-85-5722-038-6
Palavras-Chave
Itanhaém, construção do período colonial, igrejas barrocas, pedra e cal, restauro e conservação.
Resumo
Estudando sobre a paisagem cultural inédita no litoral sul do Estado de São Paulo, no atual município de Itanhaém, desperta a curiosidade para aprofundar a investigação da origem histórica desta região assim como das edificações coloniais ali existentes. O patrimônio cultural reconhecido desta cidade está situado em um pequeno centro histórico com duas edificações religiosas: Igreja e Convento Nossa Senhora da Conceição no alto do outeiro, e Igreja Matriz Santana na Praça. Uma edificação civil: a Casa de Câmara e Cadeia. O casario no entorno imediato, e as baixas edificações que compõem a ambiência da praça. Os estudos revelam que ambas igrejas, foco deste artigo, foram primeiro edificadas em barro, depois reconstruídas com a técnica construtiva da alvenaria de pedra e cal, assim como a Casa de Câmara e Cadeia, por isso sobrevivem ao tempo. A investigação em andamento busca alicerçar-se em fontes primárias como os desenhos do engenheiro militar José Custódio de Sá e Faria, realizados em 1776, o Diário de Navegação escrito por Pero Lopes de Sousa, manuscritos de Caio Prado Junior e da artista Anita Malfati; da análise crítica da bibliografia existente de Frei Gaspar da Madre de Deus, Benedito Calixto, Serafim Leite, Frei Basílio Rower, Mário de Andrade, Carlos Lemos, Carlos Gutierrez Cerqueira. Explora registros iconográficos como as obras de arte de artistas como Anita Malfati, Alfredo Volpi, José Pancetti, Renè Lefèvre, além dos nascidos nela: Benedito Calixto e Emídio de Souza, ambos, registraram a paisagem cultural. Considera a realização in loco de levantamentos métricos feitos em 2005 e 2018. Cogita os levantamentos digitais com laser scanner 3D e a fotogrametria, realizado em 2017 e 2018 pelo grupo de pesquisa do convênio entre as faculdades de arquitetura da Universidade de São Paulo com a Università degli studi di Firenze. Em visitas recentes deste patrimônio cultural nos aponta que está deteriorado, o propósito desta pesquisa é ser a base para projeto de restauro arquitetônico das edificações, bem como das ruínas, as vezes com reutilização de espaços e principalmente de conservação de modo apropriado, vislumbrando preservar a paisagem cultural, reconhecida como referência da população local e nacional.
Título do Evento
3º Simpósio Científico do ICOMOS Brasil
Cidade do Evento
Belo Horizonte
Título dos Anais do Evento
Anais do 3º Simpósio Científico do ICOMOS Brasil
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

SANTOS, Regina Helena Vieira. PATRIMÔNIO RELIGIOSO DO PERÍODO COLONIAL EM ITANHAÉM.. In: Anais do 3º Simpósio Científico do ICOMOS Brasil. Anais...Belo Horizonte(MG) Centro de Atividades Didáticas 2 - CAD2 | Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG | Av. Pres. Antônio Carlos, 6627 – Pampulha - Belo Horizonte/MG, 2019. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/IIISimposioICOMOSBrasil/149185-PATRIMONIO-RELIGIOSO-DO-PERIODO-COLONIAL-EM-ITANHAEM. Acesso em: 22/07/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes