REPRESENTAÇÃO SOCIOECONÔMICA DA PESCA DO CARANGUEJO-UÇÁ (UCIDES CORDATUS -LINNAEUS, 1763) NA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA (RESEX-MAR) DE SOURE, PARÁ, BRASIL

Publicado em 03/05/2023 - ISBN: 978-85-5722-738-5

Título do Trabalho
REPRESENTAÇÃO SOCIOECONÔMICA DA PESCA DO CARANGUEJO-UÇÁ (UCIDES CORDATUS -LINNAEUS, 1763) NA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA (RESEX-MAR) DE SOURE, PARÁ, BRASIL
Autores
  • woshington luis silva aranha
Modalidade
Comunicações Orais - Resumo Simples
Área temática
GT 5 - Saberes, ambiente, relações e práticas produtivas na Amazônia
Data de Publicação
03/05/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/iii-silssa/613799-representacao-socioeconomica-da-pesca-do-caranguejo-uca-(ucides-cordatus--linnaeus-1763)-na-reserva-extrativista
ISBN
978-85-5722-738-5
Palavras-Chave
Saberes tradicionais. Caranguejo-uçá. Manguezal. Socioeconomia.
Resumo
O presente estudo propôs-se a examinar a representação socioeconômica da pesca artesanal do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) à luz dos saberes tradicionais, relacionado ao extrativismo e à afinidade direta dos pescadores com o ecossistema manguezal, inserido na Reserva Extrativista Marinha (RESEX-Mar) de Soure, no estado do Pará. Objetiva-se estudar a representação socioeconômica da pesca artesanal do caranguejo-uçá na RESEX-Mar de Soure, a partir dos saberes ecológicos locais dos pescadores e suas práticas produtivas na apropriação e uso dos recursos naturais do manguezal. A principal abordagem metodológica de pesquisa foi a quali-quantitativa, enfatizando-se técnicas e instrumentos, como questionário com perguntas semiestruturadas, entrevista por meio de um roteiro com perguntas diretivas, observação de campo com as impressões de pertença e afeições das pessoas e, complementarmente, estudo documental e registro fotográfico. A amostragem foi constituída por 21 pescadores de caranguejo que utilizam os manguezais da aludida reserva para realizarem suas práticas produtivas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo, com as falas expressivas transcritas parcial ou totalmente, para aferir elementos discursivos; e os dados quantitativos, tratados à luz da estatística descritiva e dispostos em tabelas e gráficos. Os principais resultados e conclusões indicam que a representação socioeconômica sobre os pescadores de caranguejo é preocupante, uma vez que a extração deste recurso tem sido diária/anual e em demasia, podendo levar o sistema manguezal a um colapso gerado pelo esforço pesqueiro ali praticado. Outrossim, esse esforço ocorre pela ausência de emprego aliada ao crescimento populacional, o qual não é acompanhado pelo desenvolvimento social e econômico no município de Soure, restando, portanto, o manguezal, especialmente o recurso caranguejo, para a sobrevivência de inúmeras famílias.
Título do Evento
III SILSSA - Seminário Internacional Linguagens Saberes e Sociobiodiversidade na Amazônia
Cidade do Evento
Bragança
Título dos Anais do Evento
Anais do III Silssa - Seminário Internacional de Linguagens, Saberes e Sociobiodiversidade na Amazônia
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

ARANHA, woshington luis silva. REPRESENTAÇÃO SOCIOECONÔMICA DA PESCA DO CARANGUEJO-UÇÁ (UCIDES CORDATUS -LINNAEUS, 1763) NA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA (RESEX-MAR) DE SOURE, PARÁ, BRASIL.. In: Anais do III Silssa - Seminário Internacional de Linguagens, Saberes e Sociobiodiversidade na Amazônia. Anais...Bragança(PA) UFPA, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/iii-silssa/613799-REPRESENTACAO-SOCIOECONOMICA-DA-PESCA-DO-CARANGUEJO-UCA-(UCIDES-CORDATUS--LINNAEUS-1763)-NA-RESERVA-EXTRATIVISTA. Acesso em: 20/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes