LESÕES PENETRANTES NA ARTÉRIA VERTEBRAL: INTERVENÇÕES E DESFECHOS DOS CENTROS DE TRAUMA DOS ESTADOS UNIDOS

Publicado em 10/03/2023 - ISBN: 978-85-5722-648-7

Título do Trabalho
LESÕES PENETRANTES NA ARTÉRIA VERTEBRAL: INTERVENÇÕES E DESFECHOS DOS CENTROS DE TRAUMA DOS ESTADOS UNIDOS
Autores
  • Danrley Francelino Santos Lima
Modalidade
Resumo simples
Área temática
Emergências cardiovasculares
Data de Publicação
10/03/2023
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/ii-congresso-nacional-de-trauma-e-medicina-de-emergencia-293952/610333-lesoes-penetrantes-na-arteria-vertebral--intervencoes-e-desfechos-dos-centros-de-trauma-dos-estados-unidos
ISBN
978-85-5722-648-7
Palavras-Chave
Emergência, Angioembolização, Violência
Resumo
Introdução: Lesões de artéria vertebral são incomuns, mas podem ser muito desafiadoras para uma exposição cirúrgica. A evolução do tratamento de angioembolização tem contribuído para que muitos casos possam ser manejados sem necessidade desse tipo de intervenção. Antigamente, essa técnica não era uma maneira segura para o controle de hemorragias por lesões de artéria vertebral, com sucesso de apenas 60% dos casos. Contudo, com seu uso e familiarização, os casos de sucesso aumentaram para 90%; Objetivo: Analisar epidemiologia, lesões associadas, intervenções e resultados de pacientes com lesões na artéria vertebral por trauma penetrante nos Estados Unidos; Metodologia: Trata-se de um estudo observacional retrospectivo. Para sua realização, foram coletados dados do National Trauma Data Bank. Todos os pacientes que sofreram lesão de artéria vertebral de janeiro de 2016 a dezembro de 2017 foram incluídos. Como critério de exclusão, foram considerados pacientes transferidos para hospitais estrangeiros. As variáveis analisadas foram: demografia do paciente, comorbidades, características da lesão e desfecho; Resultados: Durante o período estabelecido para o estudo, pacientes com lesões de artéria vertebral compreenderam menos de 1% dos casos do National Trauma Data Bank e apenas 9% desses tiveram lesão por trauma penetrante. A mediana de idade encontrada dos pacientes foi 28 anos e 81% foram do gênero masculino. A violência interpessoal foi o mecanismo de lesão mais comum. 86% dos pacientes foram manejados sem intervenção cirúrgica e dentre esses os lesionados por tiros foram 84% dos casos. Dos que necessitaram de intervenção cirúrgica, 62% foram lesionados por faca; Conclusões: Casos de lesão de artéria vertebral por trauma penetrante mostraram-se raros nos Estados Unidos e a maioria dos pacientes pode ser manejada sem que haja necessidade de intervenção cirúrgica. Fundos poderiam ser direcionados para a prevenção da violência interpessoal e controle da hemorragia pré-hospitalar.
Título do Evento
II Congresso Nacional de Trauma e Medicina de Emergência
Título dos Anais do Evento
Anais do II Congresso Nacional de Trauma e Medicina de Emergência
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

LIMA, Danrley Francelino Santos. LESÕES PENETRANTES NA ARTÉRIA VERTEBRAL: INTERVENÇÕES E DESFECHOS DOS CENTROS DE TRAUMA DOS ESTADOS UNIDOS.. In: Anais do II Congresso Nacional de Trauma e Medicina de Emergência. Anais...Manaus(AM) Manaus, 2023. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/ii-congresso-nacional-de-trauma-e-medicina-de-emergencia-293952/610333-LESOES-PENETRANTES-NA-ARTERIA-VERTEBRAL--INTERVENCOES-E-DESFECHOS-DOS-CENTROS-DE-TRAUMA-DOS-ESTADOS-UNIDOS. Acesso em: 25/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes