USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO INDEPENDÊNCIA, NO MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL-ES, BRASIL

Publicado em 14/09/2020 - ISBN: 978-65-88243-28-2

Título do Trabalho
USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO INDEPENDÊNCIA, NO MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL-ES, BRASIL
Autores
  • Caio Henrique Ungarato Fiorese
Modalidade
Artigo Original Completo
Área temática
Ciência Agrárias: Diversos
Data de Publicação
14/09/2020
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/divciagro2020/266706-uso-e-ocupacao-do-solo-na-sub-bacia-hidrografica-do-corrego-independencia-no-municipio-de-mimoso-do-sul-es-bras
ISBN
978-65-88243-28-2
Palavras-Chave
Atividades rurais, Impactos ambientais, Mitigação, Planejamento do território, Sistemas de informação geográfica.
Resumo
Estudos de uso e ocupação são muito importantes no planejamento ambiental de bacias hidrográficas. Assim, o objetivo foi verificar o uso e ocupação do solo na sub-bacia do Córrego Independência, em Mimoso do Sul, Espírito Santo, a fim de subsidiar melhorias em termos de conservação ambiental e planejamento territorial. Os procedimentos foram executados em um Sistema de Informações Geográficas, no programa ArcGIS®. Foi delimitada a sub-bacia para, em seguida, serem adquiridas feições de uso e ocupação do solo para o Estado do Espírito Santo referentes a dois mapeamentos: o primeiro, nos anos 2007-2008; e o segundo, de 2012 a 2015. Através das ferramentas de edição, foram delimitadas as classes de uso e ocupação somente para a sub-bacia. As classes foram identificadas, quantificadas e mapeadas. Houve maior predominância da pecuária, seguida pela cafeicultura. Juntas, tais áreas somaram 64,39% e 62,51%, com a pastagem abrangendo mais da metade da sub-bacia. Tais áreas, caso não manejadas corretamente, podem acarretar graves prejuízos ambientais e econômicos. A vegetação nativa, apesar do aumento de 1,99%, apresentou percentuais baixos e esteve parcialmente fragmentada, o que compromete os serviços ecossistêmicos. As áreas de macega estiveram expressivas e dispostas muito próximas à vegetação nativa. As mesmas poderiam ser ocupadas por classes que trariam maiores retornos, como a vegetação nativa e as agroflorestas. A sub-bacia possui problemas quanto ao planejamento e à ocupação das atividades antrópicas. A atuação de gestores públicos com produtores rurais da região em prol de um melhor planejamento atrelado a conservação ambiental é de extrema necessidade.
Título do Evento
DIVCIAGRO - Evento de Divulgação de Trabalhos Científicos em Ciências Agrárias
Título dos Anais do Evento
Anais do DIVCIAGRO - Evento de Divulgação de Trabalhos Científicos em Ciências Agrárias
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

FIORESE, Caio Henrique Ungarato. USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO INDEPENDÊNCIA, NO MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL-ES, BRASIL.. In: Anais do DIVCIAGRO - Evento de Divulgação de Trabalhos Científicos em Ciências Agrárias. Anais...Botucatu(SP) DIVCIAGRO, 2020. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/divciagro2020/266706-USO-E-OCUPACAO-DO-SOLO-NA-SUB-BACIA-HIDROGRAFICA-DO-CORREGO-INDEPENDENCIA-NO-MUNICIPIO-DE-MIMOSO-DO-SUL-ES-BRAS. Acesso em: 25/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes