PEQUENAS PLANTAS, GRANDES PROTEÇÕES: ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM FRULLANIA BRASILIENSIS RADDI (FRULLANIACEAE)

Publicado em 04/07/2022 - ISBN: 978-65-5941-740-7

Título do Trabalho
PEQUENAS PLANTAS, GRANDES PROTEÇÕES: ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM FRULLANIA BRASILIENSIS RADDI (FRULLANIACEAE)
Autores
  • Pablo Oliveira Santos
  • Mateus Fernandes de Oliveira
  • Thamara Ferreira Silva Ávila
  • Luzia Valentina Modolo
  • Adaíses Simone Maciel da Silva
Modalidade
Resumos simples
Área temática
Fitoquímica
Data de Publicação
04/07/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/41erbot/413438-pequenas-plantas-grandes-protecoes--atividade-antioxidante-em-frullania-brasiliensis-raddi-(frullaniaceae)
ISBN
978-65-5941-740-7
Palavras-Chave
Briófita, Fotoprotetor, Atividade Antioxidante
Resumo
A poluição antrópica vem conduzindo a um aumento da radiação ultravioleta (UV) na superfície terrestre. O excesso de UV causa danos na pele, levando ao envelhecimento, edema, irritações e até câncer de pele. Dessa forma a sociedade atualmente tem demandado por produtos que tenham filtragem contra os raios UV. Os compostos químicos com capacidade antioxidante são bastante requisitados, pois a radiação UVA e UVB diminuem os sistemas antioxidantes e aumentam os sistemas oxidantes, que podem alterar o balanço redox celular, causando lesões cutâneas e envelhecimento cutâneo acelerado. Desse modo, numerosos trabalhos estão sendo realizados na região mais sensível à depleção do ozônio estratosférico, no continente antártico, em busca de moléculas químicas naturais que são eficazes na filtração de raios UV. Outros ambientes, como os afloramentos rochosos ferruginosos denominados de Cangas, possuem uma abundante brioflora, com espécies apresentando adaptações morfológicas e fisiológicas para lidar com o excesso de radiação solar. Dentre as briófitas, o filo Marchantiophyta, representado pelas hepáticas, possuem um grande potencial fotoprotetor, pois apresentam uma grande diversidade de compostos fenólicos. Portanto, buscamos investigar o potencial de atividade antioxidante na Frullania brasiliensis Raddi uma espécie de hepática que possui sua coloração avermelhada, comum nas Cangas e que tem como característica um alto teor de compostos fenólico. Para isso, foram coletadas 20 colônias da espécie para avaliação da capacidade de sequestro dos radicais de DPPH e de ânion superóxido. Foi possível perceber atividade antioxidante em ambos os testes propostos, assim notamos uma diferença significativa entre cada colônia coletada (ANOVA: F= 3,73 e 8,56, P<0,001, respectivamente). Portanto, a F. brasiliensis Raddi apresenta atividade antioxidante que pode auxiliar no combate ao estresse ambiental gerado pelo excesso de radiação solar, podendo ser um potencial organismo de estudo para a produção de biofotoprotetores.
Título do Evento
41 Encontro Regional de Botânicos
Título dos Anais do Evento
Anais do 41º Encontro Regional de Botânicos - Regional MG, BA, ES
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

SANTOS, Pablo Oliveira et al.. PEQUENAS PLANTAS, GRANDES PROTEÇÕES: ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM FRULLANIA BRASILIENSIS RADDI (FRULLANIACEAE).. In: Anais do 41º Encontro Regional de Botânicos - Regional MG, BA, ES. Anais...Itabuna(BA) UFSB, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/41erbot/413438-PEQUENAS-PLANTAS-GRANDES-PROTECOES--ATIVIDADE-ANTIOXIDANTE-EM-FRULLANIA-BRASILIENSIS-RADDI-(FRULLANIACEAE). Acesso em: 20/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes