MORFOANATOMIA FOLIAR DE LOPHANTERA LACTESCENS DUCKE (MALPIGHIACEAE)

Publicado em 04/07/2022 - ISBN: 978-65-5941-740-7

Título do Trabalho
MORFOANATOMIA FOLIAR DE LOPHANTERA LACTESCENS DUCKE (MALPIGHIACEAE)
Autores
  • Gislaine Serafim de Jesus
  • Ana Larissa Coffler Cavedo
  • Elisa Mitsuko Aoyama
Modalidade
Resumos simples
Área temática
Anatomia Vegetal
Data de Publicação
04/07/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/41erbot/413434-morfoanatomia-foliar-de-lophantera-lactescens-ducke-(malpighiaceae)
ISBN
978-65-5941-740-7
Palavras-Chave
anatomia foliar, folha, morfologia
Resumo
Lophantera lactescens Ducke é uma planta endêmica da Amazônia brasileira pertencente à família Malpighiaceae. O trabalho teve como objetivo realizar a morfoanatomia foliar de L. Lactescens, afim de ampliar o conhecimento das espécies que compõe o Jardim Botânico Palmarum, do Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus-ES. A análise morfológica foi realizada conforme bibliografia especializada. Para a análise anatômica, as folhas foram fixadas em FAA e posteriormente transferidas para etanol 70%. Porções medianas das folhas em secções transversais e paradérmicas, de ambas as faces, foram cortadas à mão livre com o auxílio de lâmina de aço inoxidável e isopor, corados com Safranina 1% e azul de Alcian 0,5% e posteriormente montadas lâminas temporárias. Os resultados morfológicos mostram que as folhas da L. lactescens são simples, incompletas pecioladas, peninérveas, coriáceas, glabras, lisas, com forma elítica, bordo inteiro, ápice mucrado, base acunheada e filotaxia oposta cruzada. Quanto à anatomia foliar, em vista frontal, as células epidérmicas da face adaxial e abaxial apresentam formato irregular com paredes celulares sinuosas, e na face abaxial apresentam estômatos anomocíticos distribuídos aleatoriamente. A nervura central é biconvexa, com epiderme uniestratificada, com colênquima angular constituído por 6 camadas, o parênquima fundamental não possui cristais, o feixe vascular é bicolateral. O mesofilo é dorsiventral disposto em um único estrato de parênquima paliçádico e 4 camadas de parênquima lacunoso. O pecíolo é circular, com células epidérmicas quadrangulares com paredes retas. Após as análises morfológicas foi possível observar que alguns caracteres são compartilhados para algumas espécies da família, como folhas simples, margem inteira e hábito arbóreo. Os dados anatômicos reúnem muitas características comuns à família, exceto pela ausência de tricomas e alguns caracteres relacionados a epiderme, como camada uniestratificada. Conclui-se que o trabalho foi essencial para reunir dados morfológicos e anatômicos da espécie que até então não são encontrados facilmente em trabalhos científicos.
Título do Evento
41 Encontro Regional de Botânicos
Título dos Anais do Evento
Anais do 41º Encontro Regional de Botânicos - Regional MG, BA, ES
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

JESUS, Gislaine Serafim de; CAVEDO, Ana Larissa Coffler; AOYAMA, Elisa Mitsuko. MORFOANATOMIA FOLIAR DE LOPHANTERA LACTESCENS DUCKE (MALPIGHIACEAE).. In: Anais do 41º Encontro Regional de Botânicos - Regional MG, BA, ES. Anais...Itabuna(BA) UFSB, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/41erbot/413434-MORFOANATOMIA-FOLIAR-DE-LOPHANTERA-LACTESCENS-DUCKE-(MALPIGHIACEAE). Acesso em: 20/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes