INFLUÊNCIA DA UTILIZAÇÃO DE ÁGUA DE PROCESSO NA FLOTAÇÃO EM BANCADA DE ROCHA FOSFÁTICA

Publicado em 18/01/2022 - ISBN: 978-65-5941-529-8

Título do Trabalho
INFLUÊNCIA DA UTILIZAÇÃO DE ÁGUA DE PROCESSO NA FLOTAÇÃO EM BANCADA DE ROCHA FOSFÁTICA
Autores
  • Kayo Nogueira de Castro
  • André Carlos Silva
  • Elenice Maria Schons Silva
  • Jaciany Mayara Batista Soares Cabral
Modalidade
III Seminário Interno de Iniciação à Pesquisa Científica, Tecnológica e em Inovação: Iniciação Científica - Ações Afirmativas (PIBIC-AF / voluntário)
Área temática
Engenharias
Data de Publicação
18/01/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/415011-influencia-da-utilizacao-de-agua-de-processo-na-flotacao-em-bancada-de-rocha-fosfatica
ISBN
978-65-5941-529-8
Palavras-Chave
Apatita. Flotabilidade. Concentração iônica. Tubo de Hallimond.
Resumo
A presença de alguns íons na água empregada na flotação mineral pode interferir nos resultados obtidos, impactando negativamente na recuperação mineral. Dessa forma, é fundamental realizar estudos avaliando a presença desses íons e a forma como se comportam durante o processo. A apatita é um mineral da classe dos fosfatos que está associada a vários minerais, os quais podem levar à solubilização de alguns íons, tais como Ca2+, Mg2+ e PO43-. A fim de analisar a influência desses íons na flotação de apatita, realizou-se ensaios de flotação no tubo de Hallimond, empregando-se mineral puro e soluções iônicas. Analisou-se as concentrações dos íons presentes na água destilda através do auxílio de um fotômetro de bancada. Os resultados obtidos indicaram que os íons Ca2+ e Mg2+ não tem grande interferência na flotabilidade da apatita nas condições testadas, embora os valores tenham sido menores que os obtidos para a água destilada. Contudo, a presença do íon PO43- leva à diminuição da flotabilidade de apatita, reduzindo consideravelmente sua recuperação. Dessa forma, a presença desse íon deve ser analisada nos processos industriais a fim de se definir qual a concentração máxima que não gera interferência significativa na qualidade do concentrado de rocha fosfática. As vantagens do emprego do tubo de Hallimond sobre as demais técnicas são: fácil operação, alto nível de repetibilidade e reprodutibilidade, baixíssimo nível de dependência do operador, rapidez dos testes, excelente controle das variáveis os resultados de flotabilidade mostram boa correlação com testes de bancada e até mesmo com resultados de plantas industriais (COELHO, 1968). Deste modo, esta pesquisa teve como objetivo analisar a influência dos íons cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+) e fosfato (PO43-) na flotação da apatita, analisando o comportamento da flotabilidade deste mineral mediante a variação da concentração iônica no sistema. Para isso, os testes foram realizados em tubo de Hallimond com amostras de apatita de alta pureza e parâmetros de processo padronizados.
Título do Evento
2º CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Cidade do Evento
Catalão
Título dos Anais do Evento
Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

CASTRO, Kayo Nogueira de et al.. INFLUÊNCIA DA UTILIZAÇÃO DE ÁGUA DE PROCESSO NA FLOTAÇÃO EM BANCADA DE ROCHA FOSFÁTICA.. In: Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão. Anais...Catalão(GO) UFCAT, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/415011-INFLUENCIA-DA-UTILIZACAO-DE-AGUA-DE-PROCESSO-NA-FLOTACAO-EM-BANCADA-DE-ROCHA-FOSFATICA. Acesso em: 21/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes