DESENVOLVIMENTO DE UM COLETOR À BASE DO DA POLPA DA MACAÚBA COMO COLETOR DE CARBONATOS NA FLOTAÇÃO REVERSA DE NIÓBIO

Publicado em 18/01/2022 - ISBN: 978-65-5941-529-8

Título do Trabalho
DESENVOLVIMENTO DE UM COLETOR À BASE DO DA POLPA DA MACAÚBA COMO COLETOR DE CARBONATOS NA FLOTAÇÃO REVERSA DE NIÓBIO
Autores
  • Luiz Henrique Pereira Rosa
  • André Carlos Silva
  • Ramon Vinhas Oliveira Lima
  • Elenice Maria Schons Silva
Modalidade
III Seminário Interno de Iniciação à Pesquisa Científica, Tecnológica e em Inovação: Iniciação Científica (PIBIC / voluntário)
Área temática
Engenharias
Data de Publicação
18/01/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/414911-desenvolvimento-de-um-coletor-a-base-do-da-polpa-da--macauba-como-coletor-de-carbonatos-na-flotacao--reversa-de-n
ISBN
978-65-5941-529-8
Palavras-Chave
Flotação reversa, Óleo de macaúba, Carbonato, Minério de nióbio.
Resumo
Os testes de flotação em uma célula mecânica de bancada do tipo Denver (fabricada pela CDC) foram realizados no Laboratório de Modelamento e Pesquisa em Processamento Mineral (LaMPPMin) com minério oriundo depósito alcalino do Complexo Carbonatitico Catalão I, que está localizado na província Ígnea do Alto Paranaíba, no sudoeste do Estado de Goiás, especificamente na cidade de Ouvidor. O material foi doado pelo Grupo CMOC Brasil com o propósito de desenvolver coletores e depressores naturais para os procedimentos mineiros de beneficiamento mineral (flotação), a fim de mitigar os possíveis impactos ao meio ambiente gerados pelos reagentes empregados durante o tratamento mineral por meio de uma química verde com um baixo custo aquisitivo quando comparado aos reagentes industrializados empregados atualmente. Outrossim, o óleo da polpa da Macaúba (Acrocomia aculeata) passou por um procedimento de hidrolise alcalina (saponificação) com o objetivo de ser empregado como coletor do carbonato presente nas amostras nas dosagens de 100, 150 e 200 g/t. Ademais, a farinha de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) da variedade 1G100 da Dow AgroSciences foi gelatinizada à frio, nas dosagens de 200, 500 e 800 g/t. Vale ressaltar, que os reagentes empregados por serem naturais foram preparados em todos os dias de teste para evitar a retrogradação da farinha e decomposição dos óleos. Os resultados obtidos indicam que ambos os parâmetros, dosagem de coletor e de depressor, são significativos para a recuperação mássica na flotação reversa de nióbio (flotação direta de carbonato), no qual pode-se perceber a variedade da recuperação mássica de acordo com aumento ou diminuição nas dosagens dos reagentes, ou seja, com aumento das dosagens de coletor pode-se notar um aumento da recuperação mássica dos carbonatos, todavia com o aumento da dosagem de depressor notou-se também um aumento do material deprimido durante os ensaios laboratoriais atingindo seu máximo nas dosagens de 200 g/t de depressor e coletor.
Título do Evento
2º CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Cidade do Evento
Catalão
Título dos Anais do Evento
Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

ROSA, Luiz Henrique Pereira et al.. DESENVOLVIMENTO DE UM COLETOR À BASE DO DA POLPA DA MACAÚBA COMO COLETOR DE CARBONATOS NA FLOTAÇÃO REVERSA DE NIÓBIO.. In: Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão. Anais...Catalão(GO) UFCAT, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/414911-DESENVOLVIMENTO-DE-UM-COLETOR-A-BASE-DO-DA-POLPA-DA--MACAUBA-COMO-COLETOR-DE-CARBONATOS-NA-FLOTACAO--REVERSA-DE-N. Acesso em: 16/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes