HISTÓRIA, LITERATURA E O “FAROESTE BRASILEIRO” CONFLITOS DA MODERNIZAÇÃO EM CATALÃO NO ALVORECER DA REPÚBLICA

Publicado em 18/01/2022 - ISBN: 978-65-5941-529-8

Título do Trabalho
HISTÓRIA, LITERATURA E O “FAROESTE BRASILEIRO” CONFLITOS DA MODERNIZAÇÃO EM CATALÃO NO ALVORECER DA REPÚBLICA
Autores
  • Erick Luciano Ferreira
  • Radamés Viera Nunes
Modalidade
III Seminário Interno de Iniciação à Pesquisa Científica, Tecnológica e em Inovação: Iniciação Científica (PIBIC / voluntário)
Área temática
Ciências Humanas
Data de Publicação
18/01/2022
País da Publicação
Brasil
Idioma da Publicação
Português
Página do Trabalho
https://www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/414408-historia-literatura-e-o-faroeste-brasileiro-conflitos-da-modernizacao-em-catalao-no-alvorecer-da-republica
ISBN
978-65-5941-529-8
Palavras-Chave
Herança de Sangue, Faroeste, Catalão, Conflitos.
Resumo
A partir do esgotamento das minas de ouro no sec. XVIII – “encontradas”, “achadas”, pelos bandeirantes no século XVII –, trabalhadores rurais e donos de grandes propriedades migraram-se para a Província de Goiás. A ausência de poderio econômico na região goiana e o crescimento da atividade pecuarista – visto que o gado permite se locomover –, aliada a falta de poderes públicos estatuais no local, propiciou o que mais tarde nomeamos por coronelismo: senhores de vastas terras que mandavam e desmandavam o que bem entendiam por aquelas bandas, estabelecendo uma espécie de “vassalagem” para com os trabalhadores rurais, os quais prestavam serviços variados: manutenção do solo, ordenamento do gado, e até assassinato dos inimigos do patrão – eis a figura dos jagunços. O livro de Ivan Sant’anna, Herança de Sangue (2012), escrito num formato jornalístico, traz relatos orais, textos historiográficos, memorialísticos, romancescos, publicações dos jornais e fotografias da época, formando uma narrativa em torno do tema: a violência catalanesca (termo de autoria própria, remetendo a cultura e região da cidade de Catalão); questão explorada em diferentes momentos e formas em torno do que se compreende como sertão. Ivan não é historiador, é escritor, roteirista, ensaísta, e formado em mercado de capitais pela Universidade de Nova York. É autor de obras como, Caixa-Preta (2000), Plano de Ataque (2006), Perda Total (2011), Terceiro Templo (2015) etc. O curioso na vida de Ivan – e que vamos abordar logo mais –, é seu passado e contato com as estórias de jagunços e coronéis severos da região; nas palavras dele: “Desde criança esses fatos já me interessavam. Pois, embora nascido no Rio de Janeiro, morei algum tempo em Catalão, com meus avós, no início da década de 1950”. Outra questão curiosa, é o pai de Ivan, Sebastião Sant’anna, “passou a maior parte da infância naquela cidade, tendo lá chegado em 1920, com apenas cinco anos”, ou seja, um contemporâneo do polêmico caso do linchamento de Antero (1936). E por último, os avós paternos de Ivan, Hermógenes e Iaiá, vinham de Vila Boa; “pertenciam à depauperada classe média que restara nas antigas regiões de garimpo, após o esgotamento das riquezas”. Isso sintetiza, parcialmente, as raízes econômicas e simbólicas na formação do ego na infância do autor. O relatório a seguir expõe resultados parciais do PIVIC 2020/2021, do projeto: Formas e tramas da modernidade em Goiás: Caminhos para o Ensino de História, sob orientação do Prof. Dr. Radamés Viera Nunes. O que nos aquieta neste artigo – o dito comichão atrás do ouvido –, é ampliar o conhecimento histórico a respeito dos famosos conflitos catalanos nos primórdios da República, explorando as possiblidades do uso da literatura como fonte documental para a história (“cocha de retalhos”). Aproveitando o embalo desta confecção textual, tratamos de refletir historicamente sobre os usos políticos e a produção de memória catalanesca – seja ela romanesca, memorialística, e jornalística –, e como tal imaginário tem permeado na atualidade.
Título do Evento
2º CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Cidade do Evento
Catalão
Título dos Anais do Evento
Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão
Nome da Editora
Even3
Meio de Divulgação
Meio Digital
DOI
LinkObter o DOI

Como citar

FERREIRA, Erick Luciano; NUNES, Radamés Viera. HISTÓRIA, LITERATURA E O “FAROESTE BRASILEIRO” CONFLITOS DA MODERNIZAÇÃO EM CATALÃO NO ALVORECER DA REPÚBLICA.. In: Anais do CEPEx-UFCAT Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Catalão. Anais...Catalão(GO) UFCAT, 2021. Disponível em: https//www.even3.com.br/anais/2cepexufcat/414408-HISTORIA-LITERATURA-E-O-FAROESTE-BRASILEIRO-CONFLITOS-DA-MODERNIZACAO-EM-CATALAO-NO-ALVORECER-DA-REPUBLICA. Acesso em: 15/06/2024

Trabalho

Even3 Publicacoes