online Este é um evento online

O evento já encerrou

Separamos alguns eventos que você irá gostar

Hollo Afteverse

Domingo, 23 de Junho

São Paulo, SP

1º Congresso Multidisciplinar de Saúde e Bem-Estar

Quarta-Feira, 28 de Agosto

São Luís, MA

Congresso Nursing

Quarta-Feira, 28 de Agosto

Fortaleza, CE

57th Congress of The International Society for Applied Ethology

Segunda-Feira, 22 de Julho

Curitiba, PR

{{'Receba_os_melhores_eventos_da_sua_area' | translate}}

{{'Receber_eventos' | translate}}

DIREÇÃO GERAL



#Descrição da imagem: card com a Direção Geral do evento 1ª Mostra Gaúcha de Dança para a Tela. Sobre o fundo em tons de amarelo, azul, vermelho e rosa, localizada no canto superior esquerdo uma fotografia em preto e branco de uma mulher magra de frente e enquadrada de corpo inteiro. O cabelo da mulher está preso em um coque e veste colant claro. Os braços estão erguidos ao lado do corpo, na altura dos ombros, com os dedos alongados. A perna esquerda está cruzada por cima da perna direita formando um leve ângulo. Ela olha acima da mão direita. No rodapé da foto, em letras brancas "Dicléa Ferreira de Souza" e abaixo da foto o mini currículo de Dicléa - Proprietária e Diretora da Escola de Ballet Dicléa Ferreira de Souza e Grupo de Ballet de Pelotas; Bailarina clássica formada pela escola de Theatro Municipal do Rio de Janeiro, bailarina profissional, maitre de Ballet, Proprietária e Diretora da Escola de Ballet Dicléa Ferreira de Souza há 61 anos e do Grupo Ballet de Pelotas há 49 anos.


Localizada no canto inferior direito a segunda fotografia em preto e branco de uma mulher magra em perfil e enquadrada da linha do peito para cima. O cabelo da mulher está preso em um coque e veste colant preto de mangas longas. Os braços estão erguidos e sua mão direita segura um pente que desliza sobre o cabelo, enquanto sua mão esquerda acompanha o movimento acertando o penteado. Ela olha para frente. Sobre a foto, em letras brancas "Daniela Souza" abaixo do nome um mini currículo de Daniela - Proprietária, Professora e Coreógrafa da Escola de Ballet Dicléa Ferreira de Souza. Diretora artística do Grupo Ballet de Pelotas, formada em ballet clássico com aperfeiçoamento no Uruguai e em Nova York, Bailarina profissional na Escola Dicléa Ferreira de Souza, na Fundação Teatro Guaíra e na CIA Nacional de Bailado (Portugal). Dançou em tournées nacionais e internacionais (França, Japão, Portugal e Bélgica). Graduanda em Dança (UFPel).

Sobre o evento

A 1° Mostra Gaúcha de Dança para Tela: diversidades em tempos de pandemia no sul do Sul tem como objetivo contemplar produções de videodança produzidas por artistas ou grupos residentes em uma das 23 cidades da RF5, ou seja Pelotas, Rio Grande, Piratini, São Lourenço, Canguçu, Santa Vitória do Palmar, Herval, Pedras Altas, Pinheiro Machado, Capão do Leão, Santana da Boa Vista, Arroio Grande, Jaguarão, Cerrito, Pedro Osório, Chuí, São José do Norte, Morro Redondo, São Lourenço, Arroio do Padre, Turuçu, Tavares e Amaral Ferrador.

 

O regulamento para seleção de vídeos contemplados oportunizará inscrição em duas categorias temáticas:

1 - VIDEODANÇA EM TEMPOS DE PANDEMIA (com previsão de seleção/prêmios para 10 produções)

2 - DIVERSIDADE NA VIDEODANÇA (com previsão de seleção/prêmios para 20 produções)

A avaliação dos trabalhos será realizada pela equipe de curadoria para selecionar 30 (trinta) videodanças, que serão contempladas em R$ 400,00 (quatrocentos reais) cada uma. Em contrapartida, os artistas selecionados deverão compartilhar o direito de reprodução de sua obra para a 1° Mostra Gaúcha de Dança para Tela, bem como participar do evento.

OBS: CADA PARTICIPANTE PODERÁ SE INSCREVER EM APENAS 1 CATEGORIA

Paralelamente à Mostra, ocorrerão Rodas de Conversas e Oficinas por meio de videoconferências que serão gratuitas e abertas ao público em geral, mediante inscrição prévia na plataforma do evento. Ao final da 1ª Mostra Gaúcha de Dança para Tela, acontecerá uma live de lançamento do e-book com informações teóricas e práticas relativas ao evento e às temáticas discutidas, a partir das considerações dos profissionais envolvidos.

O evento é uma iniciativa do Grupo Ballet de Pelotas que visa valorizar, promover e democratizar o acesso a expressões artísticas no âmbito da videodança.

O Grupo Ballet de Pelotas foi criado em 1972 e desde então mantém-se em atividade constante. É responsável pela formação de várias gerações de bailarinos, alguns em atividade no Brasil e exterior, contribuindo em muito para a cultura de Pelotas e Zona sul. Hoje é reconhecido como um dos melhores do Estado, destacando-se em numerosas apresentações e festivais por todo o Brasil. Participou ao longo da sua trajetória de vários concursos, conquistando diversas premiações.


Projeto executado através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc no 14.017/20.

DESCRIÇÃO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

Dia: 09/06

Horário: 19:00

Atividades:

- Abertura Dicléa Ferreira de Souza

- Espetáculo Cia Bageense de Arte - CiBAD.

- Videodança Seres do Meio - Moov.art - Projeto Videodança RS

- Divulgação da Lista dos Contemplados


Dia: 10/06

Horário: 19:00

Atividades:

- Vídeo de Abertura da Mostra de Vídeos Contemplados

- Bate-Papo Curadoria e Representantes dos Vídeos da Noite


Dia: 11/06

Horário: 16:00

Atividade:

- Roda de Conversa: Corpos Expandidos e a Diversidade em Tempos de Videodança"]

Convidadas(os): Mônica Borba, Cristian Sehnen e Fernando Muniz

Mediação Me. Daniel Ayres


Horário: 19:00

Atividades:

- Vídeo de Abertura e Mostra de Vídeos Contemplados

- Bate-Papo: Curadoria e Representantes dos Vídeos da Noite


Dia: 12/06

Horário: 10:00

Atividade:

- Oficina: “Descrevendo Imagens da Dança

Ministrantes: Mônica Borba, Beth Rocha, Fernanda Taschetto e Cristian Sehnen


Horário: 16:00

Atividade:

- Oficina: Gambiarras Poéticas na Criação de Videodança

Ministrante: Luana Arrieche


Horário: 19:00

Atividades:

- Vídeo de Abertura e amostra de Vídeos Contemplados

- Bate-papo: Curadoria e Representantes dos Vídeos da Noite


Dia: 13/06

Horário: 16:00

Atividade:

- Oficina: Construindo Histórias Através de Imagens e Movimentos

Ministrante: Fernando Muniz


Horário: 18:00

Atividade:

- Conversa: Memórias do Evento, Diversidade na Pandemia

Convidadas: Rosângela Fachel e Rebeca Recuero


Horário: 19:00

Atividade: Espetáculo de Encerramento: Grupo Ballet de Pelotas


Caso você utilize recurso de acessibilidade faça a sua inscrição clicando na palavra INSCRIÇÃO


OBSERVAÇÃO: Role a página para baixo e saiba mais sobre nosso evento

Atividades

Área destinada a pessoas que não utilizam recurso de acessibilidade

{{item.titulo}}
{{item.horaInicio}}-{{item.horaFim}}
Calendar

Convidadas (os)

Luana Arrieche  (Curadoria)

Mestre em Artes Visuais (UFPEL); Participou da organização do 1º Festival Internacional de Videodança do RS- FIVRS e do 1° Festival Internacional de Videoarte - SPMAV (UFPEL); Artista pesquisadora de videodança tem três videodanças selecionadas por festivais e mostras artísticas: “Catarse” (2’33’’, 2019) “O tempo” (3’40’’2020) “A mulher de azul” (7’57’’2020).

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida do rosto de uma mulher sorridente. Ela tem cabelos e olhos escuros escuros e faz pose com as duas mãos juntas ao rosto e apoiando o queixo. Sua vestimenta é de cor roxa.



Rebeca Recuero   (Curadoria)

Professora dos cursos de Cinema, de Dança e do PPGAVI (UFPel). Graduada em Comunicação Social (UCPel), com mestrado e doutorado em Ciências da Comunicação (UNISINOS) e pós-doutorado em Letras (UFPel). Formada em ballet clássico pela Escola de Ballet Dicléa Ferreira de Souza. É integrante da Associação Nacional de Pesquisadores em Dança (ANDA) e coordena o grupo de pesquisa PRACIBER (Produções Audiovisuais na Cibercultura), desenvolvendo produções artísticas e pesquisas em torno de temas relacionados à cibercultura, à videodança, à mediadance e suas relações com a sociedade tecnologizada.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de uma mulher. É branca, tem cabelos escuros lisos e longos, seus lábios estão unidos e expressam um leve sorriso.



Rosângela Fachel (Curadoria)

Doutora em Literatura Comparada (UFRGS/CAPES) e professora voluntária do Mestrado em Artes Visuais (UFPel). Integra a Red de Investigadores sobre Cinema Latinoamericano - RICila, e a Red Iberoamericana de Investigación en Narrativas Audiovisuales - RedINAV. Idealizadora e codiretora do Festival Internacional de Videoarte SPMAV (UFPel), e Coidealizadora e codiretora da Mostra de Cinema Latino-americano de Rio Grande (IFRS) e do Festival Internacional de Videodança do RS – FIVRS (UFPel/ECARTA).

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de uma mulher em ambiente de fundo branco. É branca, tem cabelos lisos e louro na altura do tórax. Utiliza óculos com armação em uma cor marrom, está de batom vermelho e sorri, enquadrada do peito para cima. Usa blusa colorida com desenhos florais com decote até a altura do busto.



Beth Rocha

Acadêmica do Curso de Dança-Licenciatura da UFSM. Pesquisadora no NÓS! Grupo de Estudos e Pesquisas em Formação de professores(as) de Dança.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de uma mulher em ambiente arborizado. É branca, tem cabelos lisos e louro acima do ombro, rosto em perfil. Sorri enquanto olha para o céu, usa óculos de armação escura, enquadrada do peito para cima. Usa blusa justa de manga longa na cor preta.



Cristian Evandro Sehnem

Licenciado em Pedagogia pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2010). É Servidor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) onde atuou no cargo de assistente em administração, desenvolvendo atividades no Núcleo de Acessibilidade desta Instituição desde o ano de 2014 até 2019. Coordenou as atividades da extinta Comissão de Audiodescrição da UFSM. Possui diversas capacitações no campo Audiodescrição e em outros temas relacionados à Inclusão.

#Descrição da Imagem: Fotografia vertical e colorida de um homem de 44 anos, magro, pele branca, rosto oval, cabelo escuro, curto e bastante calvo. Está enquadrado de frente e da cintura para cima, sentado e com os braços cruzados sobre uma mesa. Veste camisa azul de gola pólo e mangas compridas e óculos de sol escuro. Ao fundo, uma parede branca.



Daniel Aires

Artista-pesquisador de danças e visualidades. Doutorando e Mestre (PPGAC-UFRGS); Especialista em Dança (UFRGS); Bacharel em Artes Visuais (UFSM); Licenciando em Dança (UFRGS). Artista na Cubo1 Cia de Arte (PoA-RS); Eduardo Severino Cia. de Dança (Poa-RS); GEDA Cia. de Dança (PoA-RS); Diretor de obras e projetos audiovisuais e incursões de Dança e Tecnologia.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de um homem em ambiente de fundo preto. É branco, tem cabelos lisos e castanho escuros acima, utiliza barba e seu rosto está de perfil. Enquadrado da cintura para cima. Usa uma camisa vermelha com alguns botões abertos próximo ao pescoço.



Fernanda Taschetto

Técnica administrativa na Universidade Federal de Santa Maria, especialista em Gestão de Recursos Humanos,  consultora em audioddescrição e colaboradora em projetos relacionados à inclusão e acessibilidade.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de uma mulher em ambiente de fundo verde. É branca, tem cabelos lisos e castanho escuros acima do ombro, seu rosto está de perfil. Está de batom vermelho e sorri timidamente, enquadrada do peito para cima. Usa jaleco branco e uma blusa de frio na cor rosa claro.



Fernando Muniz

Formado em produção audiovisual pela Ulbra/Canoas e bailarino com formação em jazz. Diretor da produtora de videodança MOOV.art. Já produziu trabalhos de vídeo para diversos festivais, grupos e escolas de dança do Rio Grande do Sul. Já recebeu por duas vezes o Prêmio Açorianos de Dança. É o criador e diretor do projeto "Videodança RS" e diretor de vídeo de "Um Mar de Danças", ambos aprovados pela Lei Aldir Blanc.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de um homem que possui um fundo neutro na cor marrom. É pardo, tem cabelos lisos e castanho escuros, utiliza barba. Seu rosto está perfilado e sorri, enquadrada do pescoço para cima.



Mônica Borba

Artista da Dança, professora Adjunta na Universidade Federal de Santa Maria. Atua nos cursos de Licenciatura em Dança e Educação Física. É Pedagoga e Licenciada em Dança pela UFPel. Especialista em Psicopedagogia, Mestra e Doutora em Educação (UFPel). Possui formação em Dança Clássica pela Escola de Ballet Diclea Ferreira de Souza. Atuou em diferentes grupos de Dança da cidade de Pelotas. É líder do "NÓS! Grupo de Estudos e Pesquisas em formação de professoras de Dança". Atua nos campos de Dança, Acessibilidade e Inclusão, Formação Docente e Pedagogia Universitária. Coordenou os Projetos de Extensão “Danças as coisas do pago” e “Encontros para dançar”, ambos voltados à grupos mistos com artistas com e sem deficiências. Foi membro da extinta Comissão de Audiodescrição da UFSM, durante o ano de 2018.

#Descrição da imagem: fotografia vertical e colorida de uma mulher em ambiente arborizado. É negra de pele parda, tem cabelos crespos e castanho escuros acima do ombro e rosto oval. Está de batom marrom e sorri, enquadrada do peito para cima. Usa blusa justa de manga longa na cor verde musgo e echarpe volumosa em torno do pescoço, nos tons de roxo, verde e branco.

Obras de Abertura

Grupos Convidado - Cia Bageense de Arte e Dança - CiBAD e Rua em Cena Companhia de Dança, de Pelotas



Este trabalho enaltece e representa a força, a alegria e a garra de um povo sofrido guerreiro e lutador. Através do candomblé, capoeira, do samba deixou suas raízes gravadas na história, onde a cultura viva de um povo preto se faz resistência hoje e sempre!

Trabalho assinado pelo diretor e coreógrafo: Dii Santos

Na modalidade Danças populares

Grupo adulto.

FICHA TÉCNICA:

Direção artística, figurino e coreografia: Dii Santos

Bailarinos: Maxuel Vaz, lorrana Diogo, Érica Simões, Tainá Simões, Amanda Alves, Luana Santana, Luisa Sagaz,Bruna Balin, Kainã de Paula, Luis Renato Santos, Pedro Santos, Carlos Barbieri.


#Descrição da imagem: card de divulgação do espetáculo de encerramento da 1ª Mostra Gaúcha de Dança para a Tela. Sobre o fundo em tons de amarelo, azul, vermelho e rosa, o título do evento em letras brancas, na parte superior esquerda. Abaixo, uma fotografia vertical em preto e branco de um grupo de artistas em cena. Os homens negros, mais à frente,  estão sem camisa com roupas diferentes como saias e shorts e panos soltos. Mais atrás, outros homens e algumas mulheres com os braços cruzados acima da cabeça, vestindo saia e blusa justa. Do lado direto, em letras brancas "Obra Convidada: Cia Bageense de Arte e Dança CiBAD. Este trabalho enaltece e representa a força, a alegria e a garra de um povo sofrido guerreiro e lutador. Através do candomblé, capoeira, do samba deixou suas raízes gravadas na história, onde a cultura viva de um povo preto se faz resistência hoje e sempre!

Trabalho assinado pelo diretor e coreógrafo: Dii Santos

Na modalidade Danças populares - Grupo adulto.

Coreografia: Raízes Direção artística, figurino e coreografia: Dii Santos". Na barra inferior, faixa horizontal branca onde estão as logomarcas de apoiadores, promotores do evento e leis de incentivo.


EM SEGUIDA....



Videodança "Seres do Meio" da Rua em Cena Companhia de Dança, de Pelotas (RS), realizado para o projeto Videodança RS.

SINOPSE: Do vazio primordial, nascem as diversas realidades e os mais ocultos seres do Universo. Entre o visível e o invisível sete é o número da perfeição, aquele que integra o mundo, representa a transformação, a busca do elo por aquilo que não se vê.  Sete são os níveis de densidade da matéria que nos envolve, a cada sete anos todas as células humanas mudam, e não por acaso, sete são os Seres do Meio.

Chamados de diferentes formas, não estão à frente nem atrás do tempo. Emissários e guias de bons pensamentos. Os seres do meio são as vozes da sua consciência, a luz que te guia entre as trilhas, a direção que te faz seguir em meio ao caos.

FICHA TÉCNICA

Direção de vídeo: Fernando Muniz

Direção artística:: Taison Furtado

Bailarinos: Bruno de Quadros Porciuncula, Deivid Garcia Viegas, Lucas Falcão, Marlon

Ramos da Costa, Renan Vaz Severo, Tauana Oxley Pereira e Taison Furtado.

Coreógrafo: Taison Furtado

Direção De Fotografia: Marcus Vinícius Mesquita Godoy

Assistente De Fotografia: Daniela Muttoni

Trilha Sonora Original: Driko Oliveira | Sustain Produções

Edição: Daniela Muttoni e Fernando Muniz

Finalização: Fernando Muniz

Direção De Produção: Luka Ibarra | Lucida Desenvolvimento Cultural

Produção local: Carol Portela | Produções Culturais

Assessoria De Imprensa: Carlinhos Santos

Design Gráfico: La Negra Ana Medeiros

Figurino: Milla Lima por Ludmila Coutinho

Confecção de Figurino: Marta Possapp

Acessórios: Ana Paula Almeida - Ruan Gill Beauty

Apoio: Cachoeira do Arco Iris e Arteria Espaço Arte

Realização: MOOV.art

 

VIDEODANÇA RS, projeto contemplado no Edital de Concurso Produções Culturais – SEDAC-RS nº 09/2020, da Lei nº 14.017/2020, a Lei Aldir Blanc.


#Descrição da imagem: card de divulgação do espetáculo de encerramento da 1ª Mostra Gaúcha de Dança para a Tela. Sobre o fundo em tons de amarelo, azul, vermelho e rosa, o título do evento em letras brancas, na parte superior esquerda. Abaixo, foto vertical em preto e branco de seis homens negros e uma mulher, todos em pose, sobre pedras de uma cachoeira. Do lado direto, em letras brancas "Obra Convidada: Videodança Seres do Meio  Moov.art - Projeto Videodança RS.  Do vazio primordial, nascem as diversas realidades e os mais ocultos seres do Universo. Entre o visível e o invisível sete é o número da perfeição, aquele que integra o mundo, representa a transformação, a busca do elo por aquilo que não se vê.  Sete são os níveis de densidade da matéria que nos envolve, a cada sete anos todas as células humanas mudam, e não por acaso, sete são os Seres do Meio. Chamado de diferentes formas, não estão à frente nem atrás do tempo. Emissários e guias de bons pensamentos. Os seres do meio são as vozes da sua consciência, a luz que te guia entre as trilhas, a direção que te faz seguir em meio ao caos. Direção de vídeo: Fernando Muniz.

Direção artística: Taison Furtado". 

Obra de Encerramento - CONCERTO PARA PELOTAS

Grupo Ballet de Pelotas


O Grupo Ballet de Pelotas foi criado em 1972 e desde então mantém-se em atividade constante. É responsável pela formação de várias gerações de bailarinos, alguns em atividade no Brasil e exterior, contribuindo em muito para a cultura de Pelotas e Zona sul. Hoje é reconhecido como um dos melhores do Estado, destacando-se em numerosas apresentações e festivais por todo o Brasil. Participou ao longo da sua trajetória de vários concursos, conquistando diversas premiações.



#Descrição da imagem: card de divulgação do espetáculo de encerramento da 1ª Mostra Gaúcha de Dança para a Tela. Sobre o fundo em tons de amarelo, azul, vermelho e rosa, o título do evento em letras brancas, na parte superior esquerda. Abaixo, foto vertical em preto e branco de dois casais em uma praia. Os homens erguem as bailarinas que estão em poses de Balé. Na paisagem, o céu com nuvens o mar ao fundo e mais a frente a areia onde estão os casais. Do lado direto, em letras brancas "Espetáculo de Encerramento: Grupo Ballet de Pelotas. Criado em 1972 e desde então mantém-se em atividade constante. É responsável pela formação de várias gerações de bailarinos, alguns em atividade no Brasil e exterior, contribuindo em muito para a cultura de Pelotas e Zona sul. Hoje é reconhecido como um dos melhores do Estado, destacando-se em numerosas apresentações e festivais por todo o Brasil. Participou ao longo da sua trajetória de vários concursos, conquistando diversas premiações.Bailarina clássica formada pela escola do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, bailarina Profissional, maitre de Ballet,Proprietária e Diretora da Escola de Ballet Dicléa Ferreira de Souza há 61 anos e do Grupo Ballet de Pelotas há 49 anos.". 

Na barra inferior, faixa horizontal branca onde estão as logomarcas de apoiadores, promotores do evento e leis de incentivo.

Mapeamento da Dança no Rio Grande do Sul

Venha fazer parte dessa rede conosco!



Car@s Dançantes


O Mapeamento da Dança do RS completou um ano de seu início em 29 de abril, Dia Internacional da Dança. Esse levantamento é fruto do trabalho de 19 instituições representativas do setor da dança no Rio Grande do Sul e pretende reunir dados para análise desta cadeia produtiva no estado e traçar um perfil do setor, possibilitando a implementação de políticas públicas e mais investimentos no segmento.

A Mostra Gaúcha de Dança para Tela, com o propósito de incentivar a participação dos profissionais da dança no Mapeamento, criou a estratégia de inserir o link do formulário desta pesquisa como anexo de sua inscrição, sendo uma forma de colaborar com esta ação importantíssima para a área. Se tu és trabalhador(a) da dança e ainda não respondeste, te convidamos para preencher a pesquisa no link CLIQUE AQUI


O prazo para concluir o levantamento de dados é de 100 dias. O questionário ficará aberto até dia 22 de agosto, dia do folclore. Então corre lá e responde! Avisa também teus conhecidos que trabalham com a dança para termos dados representativos de todas as regiões do estado.

Participa!


Saiba mais sobre o mapeamento e os resultados parciais da pesquisa no site CLIQUE AQUI


#Descrição da imagem: card de divulgação para profissionais da dança preencherem o formulário de inscrição do Mapeamento da Dança no Rio Grande do Sul.  Sobre o fundo preto, uma árvore branca localizada no canto superior esquerdo, as folhas da árvore possuem formato de bolas, ao lado da árvore o título "Mapeamento da Dança no RS" no qual as palavras "Mapeamento" e "Dança" são de cor verde e o restante das palavras na cor branca. Uma faixa horizontal vermelha está localizada  um pouco abaixo do centro do card  e está posta sobre os pés da árvore, contém as frases "FASE INICIAL" escritas em destaques de branco e abaixo a frase escrita na cor preta "últimos período para os profissionais da dança preencherem o formulário". Na barra inferior, faixa horizontal preta onde está ao endereço da rede social "facebook.com/mapeamentodancars

{{viewModel.evento.titulo}}

{{viewModel.evento.responsavelEvento}}